quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

NA VIDA SOMOS TODOS DESFILANTES - - (REAPRESENTAÇÃO) - - Autoria: Neo Cirne

“Na Vida Somos Todos Desfilantes”


 
A vida é uma explosão de emoções coloridas, onde a intensidade da luz nos orienta por diversos caminhos. Ao nascermos, após permanecermos imersos por, aproximadamente, nove meses no ventre de nossas mães, o que mais ansiamos é sair do confinamento escuro e úmido mas que nos protege e nutre. Não imaginamos o que nos aguarda. Como será o despertar? Ver a luz? Temos medo. Iremos arriscar uma caminhada de dificuldades, prazeres, contatos com pessoas legais, outras nos decepcionarão. Assim, iremos fazendo nossas descobertas buscando a luz.
 
Após o período inicial onde construímos os nossos corpos, finalmente desembarcamos nesse lindo mundo. Ao chegar, choramos agradecidos e assustados. Tudo é novo. Abriram-se as cortinas para o show da vida, um grande desfile de emoções está começando. Algumas emoções serão maravilhosas e outras nem tanto. Parecerão difíceis, duras, indesejáveis, quase intransponíveis.

 Realmente, a vida de um ser humano é uma construção maravilhosa. É a exaltação do amor, fruto do contato aprofundado de dois seres encantados que, abençoados por Deus, são capazes de dar vida a um sonho de amor, fortalecendo os laços da família com a construção de um novo ser, o filho.

 A vida apresenta suas etapas de desenvolvimento e todos nós, sem exceção, passaremos por elas. Tudo passa muito rápido, tal qual um desfile.


Nascimento, desenvolvimento e término.

Não seria incorreto comparar o ciclo da vida já que o carnaval se aproxima, ao desfile de uma escola de samba. Onde tudo começa com a escolha do samba enredo, a seleção das fantasias, a construção dos adereços e a escolha do samba enredo. Estes momentos poderiam ser comparados a fase que antecede a construção da vida. Seria um período equivalente ao “namoro de um casal". A história encantada do amor avança...

O “Casamento e a Lua de Mel” seriam comparados ao “Ensaio Geral da Escola” e ao “Deslocamento da agremiação para o grande palco onde irão desfilar, a "Passarela da Vida”. Com a união do casal, a possibilidade da chegada de uma vida nova, cresce bastante.


FAÇA-SE A VIDA
Com autorização divina faz-se a vida. Numa explosão de luz, espermatozoide e óvulo buscam a fecundação, o que finalmente acontece.

- A Escola Concentra na Avenida -

Os integrantes começam a se agrupar. Os desfilantes em suas alas, os destaques nos carros alegóricos, e assim fazem, o elegante mestre sala e bela porta bandeira evoluem orgulhosos mostrando ao povo o lindo estandarte. Os componentes da bateria e a linda comissão de frente formam as primeiras filas da 'Escola da Vida'. Agora, todos estão posicionados. Os intérpretes e músicos aquecem a garganta e os instrumentos no carro de som. 

Todos estes setores da escola podem ser comparados ao "corpinho do bebê" ainda em vida intra-uterina, prestes a nascer. Uma fração da bateria faz a marcação, é o pulsar do coração à espera da ordem para o início do desfile principal já na vida extra-uterina. O organismo se prepara... A Festa vai começar!


 O NASCIMENTO 

A HORA É ESTA!!! Grita o intérprete do samba enredo, aquele que junto aos compositores, músicos e cantores, terá a missão de garantir o canto, incentivando todos a cantarem com garra, força e alma. A bateria acelera o ritmo e, com qualidade, marca o compasso da música. Diretores garantem que a harmonia seja perfeita durante todo o percurso. Outros, garantem a evolução. 

Agora, todos cantam o samba, é hora de nascer, ou seja, é hora do grande desfile.

A partir da “bênção” do presidente da escola e do “grito” de A HORA É ESTA!, abre-se o grande portão da avenida e começa o desfile da “Escola de Samba Um Brinde à Vida”, é a chegada ao um novo mundo, mais seco, barulhento e iluminado.


O DESENVOLVIMENTO

Na passarela da vida caminhamos em clima de evolução. Damos os primeiros passos, ainda meio tímidos. Cantamos alto, choramos de emoção, pois a Vida bate firme. Agora, tudo é novidade e atenção! A beleza das luzes, os aplausos, os fogos, os abraços, o cantar permanente e a nova experiência do grande palco, fazem com que nos emocionemos muitas vezes neste doce trajeto. Como é lindo o desfile! Como é linda a Vida! Nossa emoção transborda.

Durante o desfile somos julgados por nossos passos corretos ou errados. Jurados implacáveis pontuam a nossa atuação. Tudo que desejamos é que "a escola da vida" seja a campeã, que o desfile seja perfeito e que na “apuração” conquistemos uma “NOTA 10”, em todos os quesitos. Sabemos da dificuldade imensa em atingir o objetivo, mas o desfile segue em frente. Durante o trajeto tentamos ultrapassar nossos limites, ir além das expectativas para alcançar a desejada nota máxima. No caminho nos alegramos e choramos, a alternância emocional é imensa.


A APOTEOSE - O TÉRMINO

Como tudo que começa finda, agora estamos a poucos passos de transpor o limite do tempo que regula a permanência da escola na avenida. A alegria envolve a todos num grande clima de festa. Na apoteose o povo aplaude a atuação. A emoção toma conta. Até parece que todos os aplausos são especialmente direcionados a você, e são realmente. Estamos quase na dispersão...

A verdade é a seguinte: "se os aplausos vêm do povo, se a voz do Povo é a Voz de Deus, com certeza Ele estará aplaudindo muito a sua atuação". Não importa se você tropeçou na fantasia na primeira parte do percurso, se não decorou direito a letra do samba, se olhou com inveja a fantasia de uma componente da escola, se desejou ser a “rainha da bateria”, se você jogou beijinhos demais pra galera, se perdeu a atenção fazendo suas selfies durante o percurso... Nada disto não importa mais, já passou. 


CHEGOU A HORA DE DIZER ADEUS

Neste momento, dá vontade de voltar e começar tudo outra vez... Mas, valeu! Por isso agradecemos a Deus. Foi um grande desfile, com certeza! Quem sabe um dia a gente retorne... Quem sabe? 



BOM LEMBRAR

 No“Palco da Existência”nossa missão é seguir em frente, pensar no futuro, descansar e sonhar. E quando descansarmos do desfile, já refeitos, iremos encontrar os amigos que desfilaram conosco compartilhando momentos inesquecíveis. Juntos iremos trabalhar com muito amor por por dias melhores, sem tantos enganos ou desacertos para toda humanidade.

Assim, nós sonharemos não só com a realização de um novo desfile, mas, sim, com a construção de um mundo melhor onde a fraternidade, a alegria, a bondade e o amor prevaleçam... Isso é que faz a beleza do desfile.

~~0~~

Neste clima de alegria, liberdade, amor e prazer, continuaremos brindando a vida e convidando você, que está simplesmente aplaudindo o desfile, para que desça dessa arquibancada e venha pra avenida desfilar também. Você é importante na evolução, no desempenho e na continuidade da vida.
Faça sua parte com muito amor e bom desfile!

Lembrem-se:

Na vida somos todos desfilantes!

Feliz Desfile!

Tim-Tim!

Texto: Neo Cirne

FUNDADOR, COORDENADOR 
E COLUNISTA DE UBAV-BRASIL