quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

DO OUTRO LADO DA VIDA - - Uma reflexão positiva sobre Vida e Morte - - Por Neo Cirne

A vida é um emaranhado de sentimentos igual as ondas de um mar revolto. Nessas ondas levamos nossos corpos frágeis e nossas idéias confusas sobre a finitude da etapa terrena na qual vivemos. Muitos pensadores, religiosos, pessoas ilustradas e bacharéis de todas as ciências tentaram explicar matemática e filosoficamente a vida. Foram muitos os conceitos, regras e padrões apresentados ao cidadão comum para explicar a origem do universo.

Dos nossos questionamentos inexplicáveis surgiram teorias científicas. Surgiram as religiões, todas criadas pelos homens e a maioria com o intuito de dominar, explorar e acalmar as pessoas inquietas. A finalidade das religiões, inicialmente, era dar uma formatação única a espiritualidade humana, criar uma forma de alcançar todas as pessoas e poder subjugá-las. No passado, quem detinha poder sobre a religião era o 'dono do poder'.

Se analisarmos o princípio de tudo, por mais devotos que sejamos a uma ou outra religião, sempre observaremos um certo descaso com a religião dos diferentes. Todos se acham donos da verdade, enganam-se. Eles não respondem a todas as nossas perguntas principais: "De onde viemos?", "Por que existimos se somos finitos?" e "Para onde iremos?".


Seguindo essa linha de pensamento prefiro acreditar que, mesmo sem uma resposta objetiva e comprovada, a resposta da primeira pergunta - "De onde viemos? - Respondo que, em condições normais, somos fruto do Amor de nossos pais e da bondade de Deus que nos permitiu a vida.

Para a segunda pergunta: "Por que existimos se somos finitos?" - Respondo que existimos para aprimorar nossos valores morais e espirituais, e que, para isto, devemos Amar as Pessoas e a Vida, procurando evoluir nossos conceitos fraternais, avançar no desapego, na amorosidade, na verdade, no respeito aos diferentes, na honestidade, na semeadura de bons exemplos para que eles fertilizem  propiciem a continuidade da vida das futuras gerações.


E finalmente, a pergunta que tanto receamos: "Para onde iremos?" - Como somos feitos comprovadamente de corpo e alma, sendo o corpo transitório e a alma eterna, acreditamos que a Vida Continue numa outra dimensão. Não precisamos temer a morte, pois todos os seres vivos morrem também.

Muitas crenças reconhecem na transitoriedade da vida uma oportunidade única de evoluir. Saúdam seus mortos com cânticos de alegria e festejam a 'partida' dos entes queridos. Quando partimos, simplesmente somos desligados de nosso corpo e nossa essência mais pura, a alma ficará por aqui, lembrada vez por outra pelos nossos exemplos. Encantará durante um tempo aqueles que nos conheceram melhor e seguiram na estrada da vida... Depois, seremos esquecidos como a luz de uma estrelinha que se desfez... Plim!


Nós de UBAV-BRASIL acreditamos que o outro lado da vida seja aqui mesmo, nossos espíritos bons tornam-se obreiros de uma causa terrena construtiva. Quando oramos e lembramos Deus, Criador do Céu e da Terra, olhamos naturalmente para o Céu, como se lá nas alturas buscássemos Sua imagem. O céu nos lembra somente a Sua Obra Infinita. Deus não é uma imagem, é uma força justa e magnifica que nos propiciou meios para que após bilhões de anos evoluíssemos e, a partir da condição primária de um ser unicelular, chegássemos a condição de seres classificados como Homo Sapiens, mas que ainda usam muito pouco de suas sabedorias para entenderem algumas verdades universais.



Para nadar, navegar ou surfar nas ondas da vida é necessário estar atento e fortalecido espiritualmente. Entender que Deus existe e a Ele devemos respeito. Isto é o mínimo a fazer.

Quanto mais nos aperfeiçoarmos na arte da navegação vital, mais conseguiremos ultrapassar as ondas mais bravias que tentam constantemente nos sucumbir.



Ao fim da vida terrena, com o corpo cansado de tanto nadar em águas revoltas, partiremos. Iremos embora com a consciência tranquila de que fizemos o nosso melhor possível. Nossos corpos não nadarão mais, mas as nossas almas (ou espíritos) levitarão sob as águas assim como fez Jesus Cristo. Mas isto tudo ocorrerá por aqui mesmo, só que do outro lado da vida, longe da incerteza do mar que tanto nos atormentou.



Tim-Tim!


Neo Cirne
Colunista de UBAV-Brasil













Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger