segunda-feira, 14 de novembro de 2016

EU NÃO ACREDITAVA EM OVNI - - - O comentário de Neo Cirne

 Olá amigos, começo a semana lembrando de um fato interessante que aconteceu comigo no fim do ano de 1973. Em visita à minha irmã que morava no bairro do Grajaú, na cidade do Rio de Janeiro, após um delicioso jantar, sentamo-nos na sala de visitas para papear um pouco e tomar um cafezinho. Estavam presentes, minha irmã e esposo, um casal de vizinhos amigos, ambos médicos, Isaac e Esther. Eu estava acompanhado de minha saudosa esposa. Eram 22 horas mais ou menos, em determinado momento fui até a janela do apartamento olhar a vista, o apartamento dava para uma formação rochosa imensa, que faz parte do Maciço da Tijuca, quando, de repente, uma bola luminosa pairou bem no alto da montanha rochosa. Surgiu de forma rápida, flutuando no ar, diminuiu a intensidade luminosa e ali ficou. Deu tempo para que eu chamasse a atenção de todos que estavam na sala e todos nós por alguns minutos presenciamos o evento. 

 Aquele objeto desconhecido, depois que diminuiu suas luzes, quase ficou invisível, deixando um leve tom alaranjado no local. Parecia se esconder ao lado da pedreira, ficamos olhando por uns 10 minutos aquele ponto, alguns de nós voltaram ao papo gostoso na sala, diziam que podia ser um balão, mas balão fora dos meses de junho e julho era um acontecimento raríssimo. 

 Eu, que sou teimoso, fiquei ali, conversando com eles, mas de olho no ponto alaranjado, após uns 20 minutos um grande estalo foi ouvido na região. Olhei para o ponto e observei que e a luz foi reacendendo, nesse momento deu para ver o seu formato, parecia um cilindro luminoso. Chamei a atenção de todos, que logo voltaram à janela. A medida que o objeto se iluminava a sua forma ia aparecendo, até parecer somente uma bola de luz. Chegamos a tirar uma foto, mas, estranhamente, não apareceu na foto. Todos viram o objeto luminoso que, segundos depois desapareceu numa rapidez incrível, deixando um rastro de luz que se dissipou quase instantaneamente. Eu não acreditava em OVNI, mas depois dessa experiência, de um simples contato de 1º grau - (aquele em que somente avistamos o OVNI) - creio que não estamos sós no universo. 


Nós todos ficamos atormentados com aquela visão inesperada. O certo é que não era nada que a ciência aeronáutica pudesse conhecer naquela época. No dia seguinte procurei saber se alguém mais tinha visto o OVNI e observei que numa pequena matéria jornalística havia a citação de um avistamento de um objeto luminoso por algumas pessoas nos bairros do Grajaú, Vila Isabel e Tijuca. 



VEJAM UM PEQUENO VÍDEO DE OVNI NO RIO DE JANEIRO:





PERGUNTAMOS A VOCÊS

Por acaso vocês já viram algum OVNI? Tiveram alguma experiência ufológica que possam nos relatar? Você acredita que estamos sozinhos no Universo?

Mande a sua história que publicaremos o seu testemunho para nossos leitores. Nosso e-mail é umbrindeavida@yahoo.com.br. Agradecemos a sua colaboração.




CASIMIRO DE ABREU/RJ
(1980)
 Depois desse avistamento passei a me interessar pelo tema, tanto que comprei um binóculo possante. Em 1980 eu estive numa fazenda em Casimiro de Abreu/RJ na expectativa de um contato imediato do terceiro grau. Uma tentativa frustrante, numa noite fria... Mas essa história fica pra outro dia. Vejam a seguir uma seleção de fotos da imprensa em diversas épocas no Brasil e no Mundo.







Tenham uma linda semana e fiquem de olho no céu, pois logo mais veremos o Fenômeno da LUA GIGANTE. Vamos torcer pro céu ficar claro em sem nuvens!



Tim-Tim!


Neo Cirne
Colunista de UBAV-Brasil
AS FOTOS DESSA MATÉRIA SÃO MERAMENTE ILUSTRATIVAS.