segunda-feira, 24 de outubro de 2016

"MEMÓRIA CRÔNICA" - - O BONDE DA PRAÇA - - De Walmir Ayala

O BONDE DA PRAÇA

- Walmir Ayala - 

“MEMÓRIA CRÔNICA APRESENTA O BONDE DA PRAÇA, UMA CRÔNICA CHEIA DE ENCANTAMENTO, LIRISMO E LEVEZA QUE NOS ARREMETE AO TEMPO DE CRIANÇA, ONDE COM UM POUCO AREIA E PALITOS DE FÓSFORO CONSTRUÍAMOS CASTELOS. 
^
(JÁ IMAGINARAM QUE FESTA SERIA COM UM BONDE NA PRAÇA?”)




As coisas da praça são: menino, soldado, namorado, cachorro, folha de árvore, gangorra, pardal, grama, anciões e monumentos. Todo mundo sabe disso. Mas todo mundo se espantou quando, num belo dia, surgiu um bonde instalado no meio da praça. Ninguém viu chegar, ninguém sabe como. As crianças, que acreditam no inacreditável, embarcaram e fingiram viajar naquele bonde. O bonde ficou parado e feliz. Não há destino mais justo para um velho bonde, do que ser pintado de novo e ficar numa praça como bicho domesticado que lambe as mãos do dono. O velho bonde só faltava ter mãos para ajudar os meninos a subirem nele.

Um dia a notícia correu na praça como o vento. Tem teatro no bonde! No lugar onde ficava o motorneiro uma moça (ou fada) instalou um palquinho. A criançada sentou nos bancos como se fosse viajar, e a gente grande ficou de fora, espiando. Apareceu um história de princesa e de dragões, de ventos mágicos e florestas de espinhos. Depois veio uma de cangaceiro e de pavão misterioso. Veio a de bichos do Brasil e de outros que nem se imagina, deste e de outros possíveis mundos.

De noite, depois que todo mundo foi embora, o bonde fechou os olhos. Chegaram algumas pessoas sem destino e se abrigaram nos seus corredores. De manhã cedo chegaram os pardais, os mesmos que se assustaram no dia em que o bonde apareceu na praça. Agora os pardais já se acostumaram, já conhecem o bonde e sua utilidade pacífica. De repente passa um menino correndo.

- Vamos brincar de bonde?
- Brincar de quê?
- De viajar.
- Para onde?
- Para qualquer lugar!
- Para a terra do fogo.
- Para a Ilha de Marajó.
- Quero ir para a Ilha dos Tesouros!
- Então vamos.

Como é que o bonde pode ser tão bonito! Os meninos sentados em seus bancos, sorrindo, crentes de que adiante vai surgir a ilha do tesouro, com piratas e castelos mal-assombrados. De repente a praça é um quintal mágico. A princesa do teatrinho do dia anterior desce misteriosamente e pousa no ombro do menino que dirige a viagem para a ilha do tesouro. Todos aplaudem a nova passageira. Os pardais revoam em torno, pensando que o bonde é uma grande flor, acolhedora e doméstica. Todos chegam afinal à ilha do tesouro, uma ilha que só as crianças veem. Todos consultam mapas e desembainham espadas para enfrentar os fantasmas dos capitães mortos há muito tempo.

O bonde pensa que é uma grande e invencível caravela, tangida pelo vento generoso do mar aberto. Todos cavam e retiram arcas cheias de moedas de ouro. Tudo é possível naquela aventura. O bonde não se moveu, mas é como se tivesse realmente dado a volta ao mundo.

Até que a tarde cai e tudo se repete. Nossos heróis voltarão para suas casas, para o sono tranquilo. O bonde recolhe as suas velas fantásticas e imaginárias. A noite chega recolhendo os pássaros ao ninho, instalando sombras entre as árvores, esvaziando a praça como quem deixasse cair o pesado ‘pano de boca de um palco’ sem personagens.

Um bonde numa praça é raro como um sonho, e nos permite muitos sonhos. Aliás, é só ter olhos de acreditar e de esperar, para que a ilusão instale em nossa vida a maquininha de alegria. Onde a ilusão é irmã inseparável da realidade, podem crer.

Um bonde numa praça é raro como um sonho, repito. Um sonho que se repete sempre, mas nunca é inteiramente compreendido. Amanhã tem outra viagem, vamos? - Para onde?







Esta linda crônica foi escrita por Walmir Ayala, (1933-1991), escritor gaúcho e de grande produção literária. Recebeu vários prêmios por sua extensa obra.

UBAV-Brasil: - Parabéns aos escritores brasileiros e à cultura nacional. Agradeço o envio da matéria por Luciana-Rio que nos ajudou a compor essa matéria. Aproveito para pedir aos amigos que nos enviem aqueles contos, poesias e matérias que julgarem ser merecedoras de publicação. Vocês podem enviar pelo e-mail do projeto ou pelo nosso what's up de prefixo (71).  Aproveito para informar que nosso telefone de prefixo (48), a partir do dia 06 terá um 9 antes do número normal. 

Um abraço a todos!

Tim-Tim!
Neo Cirne

Colunista de UBAV-Brasil

sábado, 22 de outubro de 2016

FALANDO DE AMOR (XXIV) - - PRECISO APRENDER A SER SÓ - - Por Neo Cirne


PRECISO APRENDER A SER SÓ

- Neo Cirne -

Existem momentos na vida que daríamos o que de mais valioso tivéssemos para que não passar por eles. As perdas materiais não têm tanta importância no contexto da vida, pois podemos recuperá-las com um pouco de paciência, sabedoria e escolhas certas. Já, os assuntos ligados ao sentimento, que chamaremos “coisas do coração”, são difíceis de serem recuperados. Geralmente, ligadas a uma pessoa ou mais, as coisas do coração são mais delicadas. Necessitam de zelo, amizade, carinho, reciprocidade, enfim, de uma série de elementos que nutrem as ‘coisas do coração’.

Se já é difícil administrar as nossas emoções o que diremos da tentativa de administrar a emoção de quem amamos. Amar não é somente administrar a sua emoção e a do seu parceiro. É sim viver a emoção intensamente, desejosos de que o amor continue eternamente. Vamos buscando fatos positivos, ofertando carinho, sorriso e seu abraço e semeando a amizade companheira, mesmo nos momentos mais difíceis.

Porém, nada garante que um relacionamento possa durar eternamente, pois depende do(a) parceiro(a), de que suas convicções estejam afinadas com as suas. Depende do seu comportamento e de sua maneira de enxergar a vida a dois. Muitas vezes, nós conseguimos encontrar alguém assim e nos julgamos prontos para saborear a vida plenamente. Aí começa realmente o prazer de ver nossas esperanças caminhando juntas.

Plenos de esperança, os amantes repousam seus pensamentos nos campos nutridos de amor e paz. Com esse cenário de amor, o casal blinda o relacionamento das interferências externas, inveja, fofocas e tentações. Agora é um pelo outro, como se continuassem ouvindo o padre, nos votos matrimoniais, oficiando o casamento: "Ele pergunta se o casal se aceita na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença, até que a morte os separe". Nesse momento, ficamos tão seguros que o nosso amor é imenso, tão grande que temos a convicção que nem a morte separará. Assim, unido e amante, segue o casal de mãos dadas pela estrada da vida.


O casal faz plano, estuda, investe em seus sonhos comuns, cresce, procria, adota novas posturas sociais... Nada abalará a união, pois ela está alicerçada na verdade e no prazer de viver uma vida em comunhão com a felicidade. Porém, nem sempre somos capazes de suportar a pressão. A vida em comum também reserva momentos duros, difíceis de serem transpostos. Com eles chegam a reboque uma série de pensamentos ruins, geradores de desconfiança, ciúme, incompreensão, desamor, desarmonia... Do silêncio fez-se o pranto... A dor que machuca tanto... A dor da separação. 

Que pena! Um casal que estava com seus sonhos cada vez mais parecidos. Como pode um casal, que se ama apaixonadamente, com toda essa energia, afastar-se seguir caminhos sozinhos. Cada um com suas atribuições e a parte da saudade que lhe cabe.

Já passei por isso e sei o quanto é difícil. Nunca aprendi a ser só, embora conviva bem comigo. Mesmo assim, ainda sonho encontrar uma pessoa legal, que acredite nas possibilidades, que tenha o coração comprometido com o bem querer e com a paz, para que juntos tentemos começar de novo. Na vida acertamos, erramos, caímos, levantamos, mas, se você ficar dependente de um amor fracassado, você se sentirá como um boxeador nocauteado com um soco na ponta do queixo, o juiz abre contagem, mas ele não levantará mais. Não mais nos permitiremos amar outra vez se ficarmos abalados demais por um amor que não deu certo. Tente outra vez!


Hoje, ouvindo a canção “PRECISO APRENDER A SER SÓ”, dos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle e interpretada por Maria Bethânia, eu observei como é a dura experiência de viver só, querendo estar perto de quem amamos. Eu passo por isso e sei o quanto é difícil.



Pessoas se unem e separam, amam e desamam com facilidade, mas quem ama verdadeiramente jamais se esquece do ser amado.  

Cada dia que passa, eu tenho mais certeza de que estamos sempre nos preparando para o fim do relacionamento amoroso, embora o desejemos tanto. Faltam-nos alguns elementos nobres no amor que hoje em dia são raros. 

Aquele sentimento que Paulo de Tarso escreveu em 1 Coríntios 13 , tais como: O amor é benigno, não é leviano, não é invejoso, tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta, pois, o amor verdadeiro nunca falha!


Falar de amor nos dias de hoje parece cafona e fora de moda. Pra mim, o amor não é modismo, é uma deliciosa realidade que não pode ser desperdiçada.  





Tim-Tim!



Neo Cirne
Colunista de UBAV-Brasil


quinta-feira, 20 de outubro de 2016

BOM DIA TIM-TIM - - O comentário de UBAV-Brasil

Bom Dia, amigos. Hoje faremos alguns comentários importantes para todos nós, pois são alertas e notícias que sempre mexem com a nossa saúde ou com a nossa esperança. Comentaremos sobre assuntos ligados ao meio ambiente, à política, ao esporte e ao nosso projeto social.


Meio Ambiente


Há muitos anos a comunidade científica e apicultores do Brasil e do mundo, vem observando o desaparecimento das abelhas. Você pode não dar muita importância para o fato, mas saiba que elas são responsáveis por 1/3 de todo alimento que chega a nossa mesa. Essas pequenas criaturas conservam o meio ambiente, ajudam o equilíbrio do ecossistema e da biodiversidade.
Nos últimos anos tem ocorrido a morte e o desaparecimento maciço das abelhas. E isso, não é um fato insignificante, significa mais fome e limitação na alimentação do homem.
As abelhas, são consideradas as melhores amigas da vida!


Saúde - Alerta

Muitos de nós tem o hábito de dizer: "Saúde é o que importa, do resto a gente corre atrás". Com o passar dos anos temos observado que o estresse, o sedentarismo, o alcoolismo, o tabagismo e a alimentação desregulada tendem a agravar a sensação de manter o organismo em ordem. Por vezes, não observamos os perigos que nos espreitam em todos os lugares, nas águas contaminadas das praias, nos alimentos de bares, restaurantes e barraqueiros que não possuam rigor em fiscalizar a deterioração dos alimentos e etc... Nas nossas residências não é diferente, pois às vezes, não temos a menor noção da água da torneira que consumimos, muitas vezes com altos índices de coliformes (por isso devemos ferver a água que será consumida ou utilizada na confecção dos alimentos. 




Precisamos ter um cuidado redobrado com as nossas crianças. Um índice que tem assustado bastante é o aparecimento de ataques alérgicos que as crianças tem sofrido. Um grande vilão é o bichinho de pelúcia, que acumula pó e ácaros. Esses micro-organismos são os principais deflagradores das crises de asma e bronquite. Eles prejudicam ainda mais as crianças que possuem uma predisposição genética para os quadros alérgicos. É bom ficar de olho e não deixar a criança ficar arrastando o brinquedo pela casa e depois deixá-los passar em seus rostinhos. Mal comparando, é como se você deixasse seu filho passar o pano de chão no rosto... 

Você não precisa dar adeus ao bichinho de pelúcia! Basta submetê-lo a um passo a passo de higiene periodicamente.

1) Lave-o na máquina - Dê um banho no brinquedo uma vez por semana com sabão neutro. Pendure-o em lugar arejado.

2) Bote-o no congelador - Uma boa maneira de eliminar os ácaros é colocar o brinquedo envolto em uma sacola plástica e resfriá-lo por 4 horas.

3) Exponha-o ao sol - O sol mata os ácaros. Mas atenção: as suas carapaças que também causam ataques alérgicos permanecem ali. Por isso é bom lavar antes.

4) Se a quantidade de bichinhos de pelúcia for grande: Faça os procedimentos e acondicione-os em sacos plásticos, após a secagem ao sol. 

ESTAS SÃO MEDIDAS PREVENTIVAS... COM ELAS SEUS FILHOS GANHARÃO SAÚDE!



Esporte - 

Mudança de hábito

Há muito tempo que abandonei o uso da TV para ver noticiários, novelas com enredos violentos, muitas vezes absurdos. Deixei de ver filmes violentos, aqueles que mancham a sala de sangue. Parei de ver comerciais e propagandas políticas, tudo que me estressa eu tirei da minha vida. Para ocupar esse vazio, passei a estudar, retomei as aulas de música, passei a olhar a alimentação com mais carinho. 

O que eu mais gosto de fazer, vendo TV, é assistir uma boa partida de futebol... Confesso que estou simplesmente atônito com os erros grosseiros da arbitragem no Brasil. E assustado com uma tendência, que mais parece um complô, de facilitar a vida do Palmeiras para que ele seja campeão.

Aqui em Santa Catarina, a arbitragem facilitou a vida do Palmeiras, no jogo contra o Figueirense. Fui ao estádio, queria assistir um bom jogo de futebol e presenciei um resultado que nada tinha a ver com a realidade, o Palmeiras jogou muito mal. A má arbitragem deu uma 'facilitada' na caminhada do Palmeiras rumo ao título. Parece um campeonato de cartas marcadas... Assim, vamos ficando sem opção. Por isso, daqui pra frente, eu só vejo filmes de romance, de animação, documentários ou filme nacional, pois sempre traz um pouquinho de humor no desempenho dos atores. 


CINEMA


No mês de outubro do ano passado, depois de ver um excelente filme nacional, "QUE HORAS ELA VOLTA?" postei no "NEO-DAY"...HAPPY END uma opinião sobre o filme, no qual dizia que ele merecia ser premiado. (http://www.ubavbrasil.com.br/2015/10/neo-day-happy-end-uma-mensagem-para-um.html)

Para minha satisfação, no início de outubro, vi o filme dirigido por Anna Muylaert ser aclamado o Melhor Filme de 2015, o grande vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Minha pontaria anda boa, sei quando um filme tem qualidade! 



POLÍTICA: 

Esperei muito tempo para dar essa notícia: 

Eduardo Cunha é preso em Brasília por decisão de Sérgio Morovocês poderão saborear essa matéria 'clicando' na manchete de O Globo, postada em azul. 

Ainda falta muita gente, mas, aos poucos, a "LAVA A JATO", vai fazendo justiça. Pena que quando chega no supremo, no recurso da sentença, a pena é abrandada e o sem-vergonha é solto, como foi recentemente "perdoado", o ex-Ministro José Dirceu,um dos cabeças do processo mais vergonhoso do país: O MENSALÃO. Mas, ele continua preso, já que foi condenado a 23 anos de prisão pela LAVA A JATO.   

Muito boa essa notícia!



UBAV-Brasil


Este foi um ano difícil para todos nós, já era previsto. Não foi diferente para Um Brinde  À Vida (UBAV), nosso projeto realizou algumas ações sociais, mas resolveu mantê-las no anonimato. Depois de 10 anos de trabalho já alcançamos credibilidade suficiente para expressar nossas opiniões, tomar nossas iniciativas de colaborar com instituições carentes sem a necessidade de ficar publicando fotos dos eventos. 
O importante é a nossa capacidade de administrar honestamente um projeto de trabalho social que não tem finalidade lucrativa e é focado inteiramente no bem que podemos ofertar as pessoas e ao nosso país.

Este ano já ficou perdido. Vamos nos programar para 2017 poder estabelecer novos contatos e formar novos grupos. Desejo que cada estado brasileiro tenha a sua representação em UBAV e que juntos recuperemos a confiança em dias melhores. Há muito para se consertar e reconquistar. Não podemos deixar morrer a esperança que temos em ver as pessoas unidas, dando as mãos aos nossos irmãos que sofrem. 

Vamos juntos mostrar que podemos ser solidários e fazer o bem.

Aos poucos o Brasil está melhorando e contamos com você, querido amigo, para ele melhorar ainda mais!


Neo Cirne 
Colunista de UBAV

sábado, 15 de outubro de 2016

NOSSA HOMENAGEM DO DIA: "15 DE OUTUBRO - DIA DO PROFESSOR BRASILEIRO" - Por Neo Cirne

É sempre um grande prazer poder homenagear o professor brasileiro. A profissão do magistério é uma das mais lindas que existe, talvez a mais importante. Nossos abnegados mestres, seja em qualquer nível que estiverem lecionando, do jardim de infância ao superior, serão sempre os formadores da personalidade da nação.


Um país como o nosso, que possui amplitude continental e abriga tantos padrões culturais, necessita imensamente de um professorado dinâmico, competente, bem remunerado e de uma política séria na condução de uma filosofia educacional permanente, moderna e atual para que possa ampliar o horizonte da educação e estendê-lo a todos os brasileiros.

O Professor é elo de uma corrente que necessita ser fortalecida, para que não haja desinteresse e nem evasões, tanto de alunos quanto de professores, que, por não terem seus salários valorizados muitas vezes abandonam a profissão. O professor não deve ser olhado como um monge ou um mestre que fez voto de pobreza. Precisa sim ter um salário digno para poder sobreviver e educar nossas crianças, adolescentes e adultos. Deve ser lembrado fundamentalmente como um apaixonado pela evolução da vida. Precisamos de bons professores como necessitamos de bons alimentos, pois a educação de qualidade alimenta nosso ser de maneira absoluta.

É apaixonante ser um professor! Seu exemplo de entrega, desapego e abnegação deveria ser seguido em todas as profissões. Por isso, neste dia 15 de outubro, 'Dia do Professor', Um Brinde À Vida - UBAV - vem com muito carinho abraçar todos os professores do país.

Não basta criar um slogan de "Pátria Educadora" como criou o governo anterior e não cumprir os compromissos mínimos necessários para que todos os filhos desta linda nação possam receber uma educação de qualidade.

A questão salarial dos professores é um eterno problema, que é sempre tratado como uma necessidade secundária, porém todos nós sabemos que o 'magistério' trata-se de uma atividade fundamental, sendo essencial para o crescimento do país. Outras questões são importantes, como a do transporte escolar; da merenda para os alunos e para os mestres; a questão da segurança nas escolas e do ensino profissionalizante que deve ser estendido a todos e não apenas a alguns.

Palavras e slogans políticos, ditos ao léu, apenas mascaram uma grande realidade: a de que estamos longe de possuirmos uma educação de qualidade da qual possamos nos orgulhar. Todos os dias deveriam ser 'Dia do Professor', eles merecem reconhecimento e o país merece avançar e conquistar o "PROGRESSO" que tanto queremos.



Parabéns professores brasileiros pelo seu dia festivo. Mostrem aos seus alunos a voz positiva, doce e formadora que vem dos seus corações. Só assim, poderemos evoluir e nos tornarmos pessoas melhores.

Feliz Dia dos Professores!

Tim-Tim!

UBAV-Brasil

Neo Cirne
Fundador e Coordenador


Se você gostou da homenagem ao professor curta 
e compartilhe com seus amigos.
Este site é seu também. Participe!
Mande sua matéria que publicaremos
com muito prazer. 
Tim-Tim!


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

A MUDANÇA DIÁRIA - - A Mensagem Tim-Tim! - - Por Neo Cirne



Pode ser que as perspectivas atuais não sejam boas para arriscar e realizar grandes mudanças, porém devemos aumentar a determinação e a fé que possuímos. Elas já nos trouxeram vitórias até aqui e se aumentarmos nossa capacidade de acreditar nas possibilidades, mesmo que sejam mínimas, poderemos avançar em nossas conquistas.

 Não é porque o mundo anda materialista que eu vou perder a minha interioridade que acredita e se nutre da espiritualidade. Se pudéssemos comparar o lado material com o espiritual, tendo como referência os metais, chegaríamos à conclusão de que a matéria é de prata e o espírito é de ouro. A prata, tem pouco valor, com o tempo escurece e fica feia. Já o ouro é o mais valioso dos metais, é lindo e tem um brilho inigualável. 


E se tivéssemos que escolher entre aperfeiçoar o lado material ou o lado espiritual, qual deles escolheríamos? 

O lado material pode nos trazer algum conforto, mas será uma opção passageira, certamente acabará. Já o lado espiritual engrandece a nossa visão do mundo trazendo crescimento interior e valorizando a nossa passagem terrena. Grandes mestres e santos, tornaram-se diferentes por terem abandonado o luxo, a fama e o poder material, assim como São Francisco de Assis, entre outros. A Oração de São Francisco é um ícone do desapego.    

 Evidente que uma pessoa acostumada ao luxo e a riqueza sentirá imensamente a mudança de desapegar-se do excesso que ostentam e carregam. Já as pessoas espiritualizadas são desapegadas por natureza. Elas não precisam TER para SER vencedores, simplesmente SÃO. Possuem o reconhecimento de suas qualidades e méritos. Entendem a sua transitoriedade e não reclamam por isso, agradecem pela vida. O aprendizado deles será repartido com sabedoria com aqueles que mais necessitam. 

Da vida, nada levamos do campo material. "Viemos do pó e ao pó voltaremos", diz uma máxima secular. Ninguém escapa do fim de sua jornada terrena. Porém, a nossa alma sábia (espírito), diferente do corpo (matéria), sabe que é necessário continuar evoluindo e que a vida não para. Ela transmuta e continua a servir, até encontrar-se no estágio máximo da sabedoria. Essa mudança interior, esse desapego, é necessário para conseguirmos uma evolução espiritual de qualidade. Assim, quando mudamos a nossa maneira de ver o mundo, ficamos mais conscientes do que é mais importante para nós. 

Ao longo da vida muitas coisas valem 'prata' e outras valem 'ouro', estas são mais difíceis de conseguir. Para conquistar o valor do ouro em suas atitudes é necessário ter determinação e coragem para assumir uma nova postura, benéfica e eficaz para a natureza e para todos. É preciso mudar! 

Para a construção de um mundo melhor é necessário que mudemos diariamente, que fujamos das tentações da mídia, das propagandas diretas ou subliminares que fazem a cabeça da maioria da população. 

Desapegar-se não é viver em estado de penúria, como a história de 'alguns santos' relata. Desapegar-se significa: mudança, exemplo, evolução espiritual e aprendizado constante. 

Durante a vida toda nos apegamos a valores materiais que não terão a menor importância. Uns apegam-se à beleza e quando envelhecem, perdem naturalmente, e passam a viver tristes. Alguns apegam-se a sentimentos que envelhecem, oxidam e perdem a razão. Muitos apegam-se a valores e em nome da ganância fazem todo tipo de barbaridade, quando morrem, nada levam. Seu espírito entristecido nada aprendeu nessa grande escola que chamamos Vida. Uma pena! 

Aproveite o seu momento, exercite o poder de mudar diariamente e compreendendo a vida, pois, os fatos acontecem a cada segundo e muitos mexem com você tirando-o do sério. Quando você consegue, com habilidade, imaginar que tudo é possível, que um novo comportamento pode tirá-lo de uma situação aflitiva, seguramente você está no caminho certo. Tenha fé! 

Faça uma faxina mental nos velhos pensamentos, aqueles que lhe prendem e angustiam. Busque algo novo para continuar a evolução de seu aprendizado. Ajude outras pessoas, sua auto-estima será aumentada, seu benefício moral e espiritual será ampliado.
Fazendo assim, mudando e valorizando cada dia de sua vida você sentirá um bem-estar imenso e será mais feliz.


Os planetas estão em movimento constante em volta do Sol há bilhões de anos. Os elétrons dos átomos de nosso corpo, também. A vida está em constante movimento e mudança, mude também a sua maneira de perceber a sua importância terrena: faça o bem. 

Planeje, construa, oriente, edifique um mundo ideal para todos fazendo a sua parte. Assim, a sua missão estará completada e sua espiritualidade plenamente agradecida. Vamos olhar o mundo e a vida com os olhos cheios de amor.


Tim-Tim!



Neo Cirne
Colunista de UBAV-Brasil     

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Brindar a vida é uma forma sutil de agradecimento e alegria - Por Neo Cirne



É tão bom quando tudo dá certo, ficamos infinitamente felizes. A alegria da vitória é tão grande a ponto de acharmos que sempre tudo dará certo em nossas vidas, consequentemente esquecemos de que amanhã pode ser diferente, nos esquecemos que nem tudo na vida são flores, e às vezes ter fracassos é inevitável. É neste contexto que a dor da derrota invade nossa alma, nos deixando infelizes.

Quando tudo dá errado o que fazer, como agir, para onde ir, com quem contar? Estas são algumas das interrogações que surgem em nossas mentes, nos deixando triste. Nesse momento, pense no amor de Deus, que está guardado em seu coração e crie uma 'blindagem' para a tristeza não o atingir em cheio.

Acredite nas possibilidades, mesmo que sejam mínimas. Acredite em Deus. Valorize a vida com suas atitudes. Seja amigo, gentil, honesto e verdadeiro, agindo assim verá que seu amanhã será bem melhor e as perspectivas mais positivas.


Não se esqueça e agradecer a vida e brindá-la. "Brindar a vida é uma forma sutil de agradecimento e alegria".


Tim-Tim!

Neo Cirne


"Mensagem do Dia"

 "Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional."

(Roger Crawford)

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

VIAJAR POR QUÊ? - Mensagem de Augustine of Hippo -

VIAJAR POR QUÊ?

- Por Augustine of Hippo -



Difícil encontrar alguém que não goste de viajar. Independente da modalidade desde o que só viajam em alguns feriados por ano, até aqueles que adotaram o estilo de vida de viajantes – viajar é definitivamente algo que nos move e que desperta sentimentos únicos.
Por isso, hoje trouxemos uma lista com 20 motivos pelos quais viajar é preciso:

1. Porque sair é, muitas vezes, a melhor forma de nos encontrarmos – por mais irônico que possa parecer.

2. Porque viajar nos faz mais humildes ao nos tirar da bolha e nos mostrar que o mundo é muito maior – e mais complexo – do que insistimos em imaginar.
3. Porque damos muito mais valor quando perdemos, e viajar nos faz realmente agradecer a comida da mãe, os amigos por perto, e a coxinha da padaria da esquina.
4. Porque quando viajamos tudo é novo e, consequemente, referência. É a melhor forma de se inspirar e desenvolver a criatividade enquanto se diverte.
5. Porque viajar nos tira do tédio – um dos grandes causadores da infelicidade (como falamos aqui)
6. Porque viajar nos torna menos preconceituosos. Passamos a entender – e admirar – culturas que antes apenas julgávamos sem conhecer.
7. Porque viajar é bem mais seguro do que imaginamos. Muitas vezes fantasiamos coisas terríveis que podem acontecer em viagens, mas raríssimas delas acontecem. Viajar pode ser mais seguro do que permanecer onde você está
.
8. Porque viagem é a única coisa que compramos e que nos deixa mais ricos.
9. Porque a emoção de estar num lugar que você sempre viu nos livros (e sonhou em estar) nunca vai poder ser descrita em palavras, fotos ou vídeos. Nenhuma tecnologia vai conseguir recriar essa sensação.
10. Porque existem milhões de pessoas interessantes no mundo, e você nunca vai encontrá-las enquanto não sair do seu bairro.
11. Porque não existe delivery de comida para longas distâncias. Da mesma forma que é difícil enviar uma feijoada verdadeira ou um queijo fresco de minas para alguém de outro país provar, as comidas deliciosas do mundo não chegarão na sua porta para você experimentar. Você vai ter que ir até elas.
12. Porque é uma ótima forma de provar que você pode ir muito mais longe do que imagina.
13. Porque não é muito sábio decidir morar a vida inteira em um lugar só sem ter conhecido o resto do mundo.
14. Porque, a cada viagem, é possível criar um novo eu. Naquele lugar, ninguém te conhece, ninguém sabe sua profissão, nem do seu passado. É possível ser quem você quiser, e se reinventar (e melhorar) a cada dia.
15. Porque viajar é uma ótima forma de desenvolver habilidades que nem você sabia que tinha, porque tem que lidar o tempo todo com improviso. Quando estamos na rotina, muitas ações são programadas, nas viagens nunca há como prever o que vai acontecer.
16. Porque você aprende muito mais sobre história do que jamais aprendeu no colégio.
17. Porque viajar faz com que tenhamos várias experiências novas, o que automaticamente desperta curiosidade e a espontaneidade que geralmente bloqueamos no dia-a-dia.
18. Porque viajar nos reconecta com o fluxo do universo, ao nos fazer sentir vivos, vibrantes, curiosos, interessados, surpresos, gratos, humildes, como deveríamos ser em todos os dias de nossas vidas.
19. Porque viajar junto é a melhor forma de conhecer alguém de verdade.
20. “Porque a vida é um livro e quem não viaja lê apenas a primeira página.”


(Augustine of Hippo)




Mensagem transcrita da página do Face de Paulo Roberto Wilken, nosso estimado amigo.

PALAVRAS ILUMINADAS - (QUINTA-06/10) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Espantando o sono, abraçando esse novo amanhecer. A vida é feita de recomeços... Viver é uma decisão de amor! Vamos lá!



“Às vezes precisamos abandonar a vida que havíamos planejado, porque já não somos mais a mesma pessoa que fez aqueles planos.”



A intensidade da vida depende dos sonhos e dos planos. De tempos em tempos, uma revisão dos objetivos é necessária. O ideal continua o mesmo, as circunstâncias nem sempre. É bem normal ter que abandonar alguns planos e redirecionar o foco. Algumas coisas não mudam, mas as pessoas já não são mais as mesmas. A vida vai assimilando outros entendimentos, com o passar dos dias. Os sentimentos também podem sofrer alguns ajustes.

Cada dia vivido é uma oportunidade para aproximar-se da maturidade. Às vezes, de um tempo para outro, a maneira de sentir já não é mais a mesma. Não se trata de mudanças bruscas, mas de acréscimos que implicam em um novo jeito de olhar e de sentir. O sofrimento parece ser mais acentuado àquelas pessoas que trilham a margem da flexibilidade. Alguns internalizam tal rigidez que mais parece teimosia do que qualquer outra coisa. A necessidade de clareza quanto às metas é indiscutível. Porém, com um pouco de humildade, as mudanças podem agregar novos sentimentos e outras alegrias.

Para permanecer o mesmo, são necessárias muitas mudanças. Não há contradição em agir assim, pelo contrário, é condição para agilizar algumas decisões e abrir caminho para a realização. Um dia a mais de vida é o suficiente para não continuar sendo a mesma pessoa. Em cada oportunidade, a vida abraça uma nova maneira de perceber a existência. O ideal é acrescentar serenidade à interioridade para viver sem tanta pressa e com mais leveza. Com um pouco de esforço, a vida pode mudar.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!



Foto da web meramente ilustrativa 
Texto: Reprodução da página do Facebook de Frei Jaime Bettega. 
Visite-a diariamente, há sempre uma palavra iluminada pra você.





Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

UMA LINDA MENSAGEM - - "RENDIÇÃO" - - Por Brahma Kumaris

Meus amigos, hoje começamos a publicar uma série de belas mensagens que tivemos o prazer de ler e gostar imensamente, por isso compartilhamos carinhosamente com vocês.
A mensagem de hoje está publicada no livro "Beleza Interior - livro das Virtudes" editado pela Brahma Kumaris, um movimento espiritualista conhecido como "Universidade Espiritual Mundial Brahma Kumaris", uma instituição que já tive o prazer de frequentar muitas vezes e constatar a positividade de seus caminhos.

O Tema que selecionei foi um que devemos praticar sempre, 'A Rendição'.




RENDIÇÃO

Rendição é nunca olhar pra trás. Ainda que o que ficou pra trás seja conhecido e atraente, mesmo que o está adiante seja, na melhor das hipóteses, apenas um sonho, render-se é caminhar constantemente para a frente. É quando cada passo não é precipitado nem indeciso, mas cuidadosamente escolhido e acertado.


O primeiro passo da rendição é pôr o pé na estrada, é renunciar definitivamente o conforto da encruzilhada e escolher uma direção. Seja ela qual for, o espírito tomou uma decisão: cada passo deixa o rastro para o que vier atrás.

Depois virão as complicações e alegrias da viagem, as dificuldades, a economia, a paciência, o humor e o companheirismo. Render-se é ser sempre criativo. É contribuir a cada segundo com virtudes para a jornada - não apenas extrair o melhor das coisas, mas torná-las belas. Há inimigos, evidentemente, mas é preciso rendê-los também. Veja seus pontos fortes, suas virtudes, e eles morrem. E se não há virtude, render-se é manter-se calmo e seguir em frente.

O estágio final da rendição é o voo. Pensamentos elevados dão suporte aos relacionamentos - pensamentos tão plenos de verdade que elevarão você naturalmente. Quando os pensamentos possuem tal clareza, o meio de transporte muda. Do chacoalhar suave ao lado dos outros, adaptando-se às dificuldades, ajudando, sendo ajudado, à decolagem. Isso é render-se ao novo, uma forma de expressão totalmente diferente, a um ponto de solitude a partir do qual é possível oferecer companhia e assistência mais sutis.

A rendição mais elevada é tornar-se um 'anjo'.




Do Livro Beleza Interior - O livro das Virtudes - Brahma Kumaris

terça-feira, 4 de outubro de 2016

PALAVRAS ILUMINADAS - (TERÇA-04/10) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Um novo dia... As forças se renovam, a paz se aloja, o amor inquieta! Hoje é um dia especial para o Carisma Franciscano: Dia de São Francisco de Assis! O ideal de Francisco nunca envelhecerá! Uma mensagem sempre atual! Um amor maior que o mundo!

“Onde houver ódio, que eu leve o amor; onde houver ofensa, que eu leve o perdão; onde houver tristeza, que eu leve a alegria...”
(S. Francisco de Assis).


O dinamismo do viver passa por atitudes que transformam os ambientes eos próprios sentimentos. Em meio aos desalentos e à velocidade dos compromissos, é urgente tornar-se proativo. Fazer a diferença não é uma imposição, é uma missão.

A realidade não necessita apenas de constatação, mas de reinvenção. Esgotou o tempo, as palavras estão bem próximas do vazio: de nada adianta dizer que o mundo não está bem. Há algo que pode ser feito, há espaços para serem preenchidos, há sonhos que podem alcançar a realidade. Fazer com amor alguma coisa é o suficiente para construir novos cenários. O interessante é dar-se conta de que o amor abre espaços, forja alternativa, provoca milagres.

Pequenos gestos podem inspirar a maior de todas as revoluções: a revolução do amor. Não há consistentes dificuldades quando a convicção se efetua. Quem é convicto do que carrega dentro no coração realiza muitas obras. Pensar somente em si deixou de ser uma alternativa de vida, se o sonho diz respeito ao alcance da felicidade.

Assim como o semeador não cansa de lançar a semente por que sabe que ela vai germinar, que a persistência acompanhe os dias e os passos daqueles que acreditam na força do bem. Mas se o ódio tentar se impor, que sejamos capazes de multiplicar o amor. As ofensas se encolhem diante do brilho ofuscante do perdão.

Nenhuma tristeza será para sempre, se houver um pequeno espaço para a alegria. Em todos os tempos e lugares, algumas pessoas fizeram a diferença. Quem ama não desiste de sonhar e de arquitetar um novo jeito de viver. Que a criatividade não entre em férias nunca.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço franciscano!



 Foto da web meramente ilustrativa 
Texto: Reprodução da página do Facebook de Frei Jaime Bettega. 
Visite-a diariamente, há sempre uma palavra iluminada pra você.





Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!


Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger