segunda-feira, 4 de julho de 2016

BATENDO PAPO COM NEO CIRNE - - "A CONTINUIDADE DE UBAV"

Quero direcionar esse primeiro comentário a vocês e colocar um 'pingo no i' como dizia minha mãe, quando queria esclarecer alguma coisa que não estivesse bem compreendida. Hoje abordarei o tema UBAV, que surgiu a partir da impossibilidade momentânea de não poder usar o meu domínio umbrindeavida.com.br. Naquela época o site estava com problema de documentação.

Ansioso, igualmente cansado de trabalhar a obra por e-mail, emitindo mais de 400 e-mails a cada comunicação e pensando em dar maior amplitude ao nosso brinde solidário, vi que era hora de dar uma chance de crescimento ao projeto. Pensamos colocar as iniciais de Um Brinde A Vida num site alternativo, até que pudéssemos efetivamente usar o nosso nome original. Só que, para minha surpresa o projeto, com o nome de UBAV, cresceu muito. Naquela época estabelecemos que quando completássemos 10 anos de existência, adotaríamos o nosso nome original.


Acontece que no meio dessa trajetória muitas coisas aconteceram. Pensei, inúmeras vezes em deixar pra lá e desistir. Mas essa não é minha postura, quando eu amo algo ou alguém não costumo abandonar o barco. Pensava em, simplesmente, continuar a vida sem a energia boa do projeto, isso porque, além da grande despesa que me acarretava, nossos amigos, por diversos motivos, foram se afastando, o que é natural. 

Eu morava num resort em frente a uma praia deliciosa próxima de Salvador, Ipitanga (Lauro de Freitas), dotada de lindas barracas, uma faixa de areia macia, piscinas naturais e águas quentinhas... Um paraíso! 
De uma hora pra outra, por ordem de um juiz federal, em 2011, todas as barracas das praias de Salvador foram destruídas. Um amigo, que era dono de uma barraca, onde eu, vez por outra, almoçava, vendo a chegada das tropas federais e máquinas da prefeitura destruindo todas as barracas e o seu patrimônio, chegou ao extremo de suicidar-se na barraca, bem em frente ao meu aptº, deixando esposa e filho... Meu Deus, foi uma loucura!

Ver um amigo perder a vida por uma atitude insensata, que não tinha nada a ver com a Copa do Mundo de 2014. "A ordem exarada era para DERRUBAR TODAS AS BARRACAS DE SALVADOR E DAS CIDADES SEDES QUE POSSUÍSSEM FAIXA LITORÂNEA COM INTENÇÃO DE EMBELEZAMENTO PAISAGÍSTICO"... Acontece que Lauro de Freitas, não era um município sede da Copa 2014. Mesmo assim, por pura arrogância ou interesse, destruíram as 28 barracas da praia de Ipitanga. Começaram pelas barracas de Salvador e estenderam ao município vizinho, cujas barracas eram lindas e apoiavam a população nos dias de sol.  


Fiquei muito triste e traumatizado com a estupidez com que destruíram a Praia de Ipitanga. Pra culminar, ao lado do resort que eu morava, tinha um terreno grande que a prefeitura de Lauro de Freitas resolveu, para fazer média com os barraqueiros, abrigar os 28 quiosques em tendas e batizou de a 'passarela do caranguejo', evidente que isso não poderia dar certo, devido a grande dimensão da praia.

Meu apartamento, que nunca tinha visto um inseto, começou a ter rato, barata e moscas... Um cheiro de dendê que nem baiano aguenta. O cheiro de fritura invadia o ar, dava enjoo eu não conseguia mais ficar em casa... Tava na hora de sair de lá. 

Uma grande amiga me disse: - Neo, vai para o Sul. Tenho uma amiga que está alugando um aptº. em Florianópolis, é uma cidade linda e com um índice de Qualidade de Vida considerada o melhor do país, será bom pra você. E, eu vim. Com essa saída repentina, afastei-me mais ainda dos amigos e dos grupos que possuíamos em UBAV, que localizavam-se mais na região sudeste e nordeste.

Assim, nós de UBAV, viemos lutando, tal qual um corredor maratonista que, cansado, depois de 42 quilômetros, deseja cruzar a linha de chegada. E, a nossa linha de chegada era completar 10 anos de trabalho social. Se tivéssemos grupos fortes e desejosos de colaborar com a obra seria possível até continuar, pensei. Mas, mesmo aqueles que gostam de acessar nosso brinde, não se manifestam mais. 

Alguns amigos emitem uma opinião ou outra dizendo que sentirão falta de nossa página, mas colaborar com matérias para publicar ou divulgar suas boas ações, eles não fazem mais. 



Sinto-me como aquele 'beija-flor' da história do incêndio na floresta, ele pegava no biquinho algumas gotas d'água para jogar num foco do incêndio, enquanto isso, no alto de uma árvore, uma coruja dizia: 
- Beija-Flor, você não está vendo que com duas gotinhas você não apagará o incêndio? 
Ele contestou: - É verdade, mas se todos os bichos, ao invés de fugirem, ajudarem a jogar água nós apagaremos o fogo! 
Os bichos ouviram o beija-flor, uniram-se e apagaram o incêndio. Este deve ser o princípio das obras sociais, a união de todos em prol de uma condição melhor para todos. É impossível para uma pessoa isoladamente conseguir realizar uma obra solidária, diziam. Mas nós provamos o contrário, que de nossas boas ações e atitudes pudemos motivar outras pessoas e ajudar milhares de pessoas.

Mesmo assim, alguns amigos muito queridos, têm me pedido muito para não encerrar o trabalho de UBAV-Brasil.


Levando em consideração ao pedido desses amigos, que nunca viraram as costas para o projeto e que entendem a dificuldade que possuo em manter atualizada, essa obra, mesmo minimamente, informo que continuarei com UBAV-Brasil no ar, por mais um ciclo. Vamos devagar, não possuímos mais tanta saúde e nem motivos para correr, pensando em ampliação da obra. 
Aqueles amigos que possuírem o nosso telefone de Salvador, saibam que ele é o nosso canal de comunicação do whatsupp (71). Aqueles que não tiverem façam seus contatos por e-mail, deem suas opiniões, ajude-nos a fazer um brinde melhor para todos vocês. Será um prazer manter contato.

Portanto, seguiremos em frente, não iremos mais parar em 20 de julho, quando completaremos 10 anos de solidariedade, cultura e lazer. Faremos tudo maneira de singela, mas com muito amor no coração.


Agradeço a atenção e doce presença de todos, amigos queridos que nos apoiaram e solicitaram a nossa permanência no ar. Dedico a vocês esse nosso 'Batendo Papo' de hoje.


Tim-Tim!

Neo Cirne
Fundador de UBAV-Brasil