terça-feira, 14 de junho de 2016

O Perigo está no ar... - - O comentário de terça-feira 14/06 - - Por Neo Cirne

O Perigo está no ar...


O Brasil vive uma situação de emergência em saúde devido ao surto de microcefalia causada pela infecção do vírus da Zika. As proporções dessa epidemia já são iguais ou superiores ao número de vítimas da talidomida. O Zika é um vírus transmitido pela picada do mesmo vetor da dengue. A doença, de origem africana, chegou ao Brasil no último ano e encontrou um ambiente bem propício para se desenvolver. Somos um país tropical, sendo, portanto, quente e úmido. O Zika causa manchas na pele, dores no corpo e febre, mas na maioria dos casos é assintomático... um vírus traiçoeiro.

O médico tem de ficar atento, pois o quadro clínico pode ser confundido com uma reação alérgica. Porém, os sintomas não costumam durar mais de sete dias.

Diante deste cenário, que acarretará numa geração portadora de sequelas neurológicas, com provável comprometimento físico e mental, os médicos, por terem contato direto com a população, têm papel fundamental na conscientização sobre as medidas de combate ao vetor da doença: o mosquito Aedes aegypti.

A única forma de prevenir a contaminação pelo Zika ainda é evitar a proliferação do vetor, pois o perigo está no ar.


Aedes aegypti


Medidas para combater a epidemia

- Tampar as caixas d’água e recipientes que acumulem água.

- Guardar garrafas vazias de boca virada para baixo e pneus sobre abrigo para não acumularem água da chuva.

- Manter lixeiras fechadas.

- Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises.

- Não acumular água em pratos de vasos de plantas, enchê-los com areia.

- Manter as piscinas tratadas o ano inteiro.





COMENTÁRIO FINAL

Essas, meus amigos, são apenas as medidas básicas. Pessoas que gostam de lavar suas calçadas têm de ter cuidado para não deixar a água empossada.
Além do mais, o desperdício de água potável nos dias de hoje pode ser considerado um crime ambiental, pois até bem pouco tempo os reservatórios de quase todo país estavam com água em seus volumes mortos. Com as últimas chuvas, alguns retomaram seus limites normais. Na região nordeste, a seca continua avançando, mais o nordestino é consciente e sabe bem a importância de poupar água. Existem localidades onde se viaja muitas léguas para conseguir pegar um pouco d’água limpa para beber e fazer as refeições.

A conscientização é tudo, meus amigos! Mesmo que você more na região Sul ou Sudeste, continue exercendo o hábito de poupar água e energia, assim, no fim do mês, além de colaborar com a natureza, você sentirá a diferença na conta, vendo que sobrou um dinheirinho para melhorar o orçamento doméstico.

Tenham um lindo dia e lembrem: Todo cuidado é pouco com o Aedes Aegypti, vetor do Zika e da Dengue. Boa sorte!

Hoje é dia mundial da doação de sangue, faça sua parte, procure um hemocentro e faça sua doação. Doar sangue é um gesto de amor à vida!

Tim-Tim!


Neo Cirne
Colunista de UBAV