domingo, 12 de junho de 2016

A DOCE PRESENÇA DE UM AMIGO - - O papo de domingo de Neo Cirne

A DOCE PRESENÇA DE UM AMIGO



- O papo de domingo de Neo Cirne -


Resolvi nesse domingo, falar um pouco da minha vida e da importância da amizade. Durante quase toda vida tive como objetivo ser amigo dos meus amigos, às vezes eu chegava a ser chato, meio incomum, pois eu estava sempre em contato com eles, em todas as datas. Mandava torpedos, cartas, cartões festivos, recados, presentes e flores. Nunca os esquecia. Na minha vida profissional tratava com amizade e repeito do praça ao oficial de maior patente. No dia a dia, fazia questão de tratar bem do varredor de rua ao gerente do banco, era um exercício de cidadania que meu pai me ensinou, com isso fiz muitos amigos leais, em todos os círculos sociais. 

Eu era uma pessoa comum, alegre e esforçado. Era apaixonado pela educação, pela postura e amizade oriundas da família militar, que trata com atenção os irmãos de farda. O posicionamento solidário do militar, frente aos momentos mais marcantes da sociedade encantava-me. 
Nas grandes tragédias ou nas Ações Cívico-Sociais a 'Mão Amiga do Exército' sempre chegou rapidamente, ajudando as comunidades atingidas. Esses movimentos sociais do Exército, de certa forma, me encantaram e vi que era possível durante a inatividade continuar ajudando, reunindo pessoas de bem para levar um abraço, um apoio, uma ajuda à população mais necessitada. 

Assim reuni 56 amigos de diversos lugares do país em 2006 para realizarmos pequenos movimentos de ajuda, na esperança que esses gestos se multiplicassem e, se multiplicaram. Os 56 amigos transformaram-se em mais de 1000 e realizamos quase 200 ações sociais, beneficiando mais de 30 mil pessoas. Sendo que nos últimos 3 anos nem comentávamos mais, pelas restrições impostas da publicação de imagem de menores e idosos. Estes gestos de solidariedade fizeram de nós seres mais solidários. Mesmo com as restrições financeiras impostas aos brasileiros continuamos ativos, ajudando a quem precisasse de nossa ajuda. Promovemos também a cultura com farta distribuição de livros, CDs, DVDs e palestras. Sempre levando uma ótica positiva da vida.

Minha vivência nos hospitais em que trabalhei e nos diversos clubes de serviço, tais como no Escotismo, Lions Club e Maçonaria, todos muito bons, são clubes de amigos. Eles aumentaram muito a minha vontade de fazer mais e mais pelas pessoas. Aprendi no Lions Club que o seu lema é muito certo... 


"Quem não vive pra servir não serve pra viver"



Mas, a minha realização solidária ocorreu no momento em que pude, efetivamente, reunir uma legião de amigos para integrar o Projeto UBAV-BRASIL... Grandes solidários! 

Hoje, mesmo estando distante fisicamente da maioria dos amigos e, estando próximo do encerramento da obra ubaviana, recebo dos amigos, diariamente, telefonemas, torpedos e mensagens do 'WhatsApp' recheadas de carinho e apoio, além disso, amigos sempre têm um bom papo pra contar. 


Na solidão dos meus dias, uma vez que optei por ter uma vida mais recolhida, recebo contatos pessoais e virtuais de todo Brasil, são amigos, sempre presentes. Com imenso carinho e cortesia, sempre me emociono com suas notícias. Participo de suas alegrias e aflições, oque me faz sentir integrado com o poder de uma boa amizade. 


Eu sabia que não era um fator da amizade somente que me emocionava, eram vários! O primeiro era o prazer de desejar o melhor para as pessoas e para o meu país. Partindo daí, fui sentindo o prazer de ser amigo dos amigos e grande admirador do país, por isso fiz questão de colocar no nome do projeto UBAV-BRASIL. Ficar, de vez enquanto, recebendo um olá, uma notícia, um gesto de carinho, um abraço amigo enchem meu coração de alegria: - Como é bom fazer amigos!


Tomei atitudes positivas e fiz amigos inesquecíveis, muitos deles já concluíram sua missão terrena. Não estão mais entre nós e nem por isso os esqueci, oro por eles diariamente e recordo-os com saudade. Às vezes, rio sozinho, gargalho com as nossas passagens alegres, tão vivas em meus pensamentos. 

Alguns amigos continuam ativos em suas jornadas de trabalho e outros, assim como eu, aposentados. Nossa! Como o tempo passou rápido! A vida é assim mesmo, uma verdadeira escola de amor. Aqui aprendemos, exercitamos e distribuímos amor, até que nos formamos, não recebemos um diploma formal ao encerrar o nosso curso. Depois, partimos... Tudo isso é natural, o que não é normal é passar pela vida sem sentir o poder do amor. Afinal, dizia um antigo poema, 'Amizade é quase amor'.


A palavra amizade provém da palavra latina amicus - amigo, que possivelmente tenha se originado de amore - amor. Sua definição retrata uma relação afetiva, sem características romântico-sexuais, entre duas ou mais pessoas, que envolve o conhecimento mútuo, a lealdade, a confiança e a fidelidade.


As pessoas que se identificam como amigos, são confidentes, se distinguem e se reconhecem, muitas vezes, mais que os nossos próprios familiares. Costumam ter os mesmos interesses, partilham os mesmos objetivos e gostam de compartilhar momentos juntos.

Na história das civilizações, encontramos vários relatos e exemplos de verdadeiras amizades que atingiram o mais alto grau, quando é oferecido o sacrifício da própria vida por seus amigos e quando o interesse do outro é colocado à frente de todos os nossos. Feliz de quem tem um amigo, não há nem a necessidade de serem muitos amigos, mas um amigo verdadeiro. Todos nós precisamos de um amigo, com a passagem do tempo ficamos mais seletivos.

Naturalmente que existem vários tipos de amizade. Começa com aquela que distinguimos como 'coleguismo' como a do ambiente que citei acima, o da caserna, dos clubes, do trabalho, da escola, da comunidade, enfim, em todos os lugares podemos fazer amigos. O amigo verdadeiro pode passar muitos anos sem vê-lo, mas só em saber que você está bem ele ficará feliz e sente que um dia poderá encontra-lo novamente e reabastecerem-se de boas risadas e doces momentos.


Hoje, pela manhã, recebi um whatsApp de um amigo da Bahia, que não via há cinco anos, isto me deu uma alegria enorme. Durante a semana recebi ligações de Niterói, Rio de Janeiro, Ponta Grossa, Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo, Cruzeiro, Recife, Canoinhas, Brasília e Teresina. Até da Espanha eu recebi contato... Que maravilha! Todos de amigos sensacionais.

É muito doce a presença de um amigo fiel em nossas vidas. Contem sempre comigo. UBAV terminará mês que vem, mas eu continuarei alcançável e sempre que puder irei ligar também, retribuir suas comunicações. Quem sabe eu comece um outro site, sem esta roupagem atual, estou vendo a possibilidade, mas seu nome não será mais UBAV e sim, 'Um Brinde À Vida!', o qual também detenho o domínio.


Falando nisso, o destaque da semana das notícias que recebi, foi dada pelo meu amigo baiano, ele relatou que está todo bobo com um netinho. Sua bela filha, com 17 anos, presenteou-lhe com um lindo menino que trará ainda mais amor para sua vida e de sua esposa. Detalhe: o casal de novos avós ainda não têm 40 anos e já são avós... Sucesso!

É gente, a vida é dinâmica mesmo e nos dias de hoje tudo é muito rápido. Desejo muita felicidade a todos os meus amigos, sou muito grato pelo carinho de vocês.

Especialmente pra todos vocês, meus amigos, o poema 'AMIZADE É QUASE AMOR'



AMIZADE É QUASE AMOR


Para se conservar uma belíssima amizade, é necessário cultivá-la, como se fosse um jardim de rosas raras.

Tem que colocar muitos sentimentos e estar presente a todo momento, é ser amigo de verdade, para ter uma grande amizade.
Ser fiel e realmente verdadeiro, é chegar sempre primeiro, oferecer o mundo inteiro, tudo com muito sentimento, e nunca esperar nenhum pagamento.

Amizade é simples, mas é coisa séria, é como um casamento sem papel, é uma união de amigos que se gostam, é para as horas amargas, e para o mel.

Amizade é sorrir para o amigo e apoiar, quando na verdade o que a gente queria era chorar. Tem que haver entrega. Solidariedade sem cobranças, muito carinho e confiança, um ombro amigo, e muita atenção, incondicionalmente, sem restrição.

Tem que ser o equilíbrio na balança. Ser muito legal é fundamental, dar apoio, participar da vida, dar calor.

Pois, amizade é quase amor!


(Se você conhece a autoria desta reflexão, por favor envie-me por e-mail para que eu possa dar crédito a mesma).



Tim-Tim!


Neo Cirne
Colunista de UBAV












Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger