domingo, 29 de maio de 2016

OS INIMIGOS SILENCIOSOS DA SAÚDE - - Por Neo Cirne

 - INIMIGOS SILENCIOSOS DA SAÚDE -


- Por Neo Cirne -


Olá amigos, bom dia. Durante a vida nos acostumamos a conviver com alguns fatores ou alimentos que nos fazem muito mal, eles são os nossos inimigos silenciosos. Cito alguns exemplos: o consumo excessivo do sal, do flúor e do açúcar. Elementos cujo uso em grande quantidade faz um mal imenso à saúde. Centenas de alimentos e produtos intoxicam o organismo quando usados em excesso.

Minha avó Noélia, grande mestre da família, com seus exemplos e frases populares, dizia aos filhos e netos: “Nessa vida, tudo deve ser dosado, pois, tudo que é demais faz mal!”. Sábia mulher que procurou educar sua família com base em sua vivência. O alcance dessa frase é imenso, ela se adéqua a tudo que possuímos ou atitudes que tomamos na vida.


Poderiam compor essa lista diversos tipos de produtos: aerossóis - desodorantes ambientais ou corporais; cheiros de inseticidas, produtos químicos diversos - todos vendidos no comércio como “inofensivos”. Porém convenhamos, por mais “biológico” que eles sejam rotulados, é evidente que não é natural conviver com os diversos odores. Só por isso, a nossa saúde merece uma diminuição do seu uso. Nossos pobres pulmões saturados de CO² e de outros metais pesados, não resistem por muito tempo a uma saturação tão intensa quanto à proporcionada pelos aerossóis (o mais potente inimigo oculto), além do mais, está cientificamente comprovado que esses gases flutuando pela atmosfera ajudam a destruir o resto da camada de ozônio do planeta, causando forte prejuízo à humanidade.


Segundo informação do www.365saude.com.br, um site feito por excelentes profissionais de saúde, os aerossóis parecem estar em toda parte. Os efeitos negativos do uso de aerossóis são conhecidos há décadas, no entanto, devemos tomar precauções de segurança para proteger quem utiliza os produtos, bem como aqueles que estão em contato com os sprays, prevenindo os efeitos indesejados sobre o meio ambiente.  
História do Aerossol
- Na década de 1920, os aerossóis tiveram seu uso generalizado. Por volta de 1940, uma grande variedade de pesticidas e tintas foi vendida em latas de aerossol. A lesão pulmonar causada por produtos químicos em forma de aerossóis tornou-se mais compreendida.  Leis foram promulgadas para um uso seguro desses sprays. Na década de 1970, cientistas começaram a informar que os propulsores usados em aerossóis, clorofluorcarbonos, eram os grandes causadores da camada de ozônio que protege a Terra dos raios de sol.

Tipos de Aerossol
Você pode encontrar praticamente qualquer produto em aerossol, desde inseticidas para casa e jardim, tintas, solventes, desodorantes corporais, sprays perfumados para a casa e carro. Ainda existem outros usados em produtos de limpeza.
SPRAYS E SAÚDE
Os sprays de aerossol podem causar inúmeros problemas pulmonares. Em primeiro lugar, os produtos químicos que são pulverizados podem causar irritação pulmonar, asma brônquica ou outras doenças pulmonares.
O segundo problema é que as pequenas partículas que são inaladas podem entrar na corrente sanguínea e causar problemas em todo o corpo humano. Por estas razões, o uso de aerossol deve ser limitado tanto quanto o possível... Você pode proteger a sua saúde de seus pulmões quando usar aerossol, procurando usá-lo em ambientes bem ventilados. Se você usá-lo dentro de casa, portas e janelas devem estar abertas e  o uso de uma máscara respiratória é recomendada.




Por que UBAV está fazendo esse alerta? É porque temos observado pessoas amigas, que muito admiramos, sofrendo de sérios problemas de saúde, diversas patologias decorrentes do contato ou uso excessivo de alguns agentes químicos.


Outro exemplo: eu tive muitos clientes (crianças e adolescentes) que sofreram de ‘Fluorose dental’, os pacientes eram encaminhados à minha clínica para realizar restaurações profundas. A Fluorose apresenta uma coloração que vai do branco leitoso à cor cinza escura (quase preta) e a escovação, pura e simples, não interfere na progressão da lesão.

A Fluorose causa muito incômodo ao jovem, que fica com a estética comprometida. A ‘fluorose’ decorre da exposição excessiva ao elemento químico Flúor, que é muito tóxico e a destruição dentária é imensa se não forem tomadas medidas odontológicas imediatas.


O Flúor aplicado em proporções mínimas sobre a superfície dental, quando em idade de crescimento, fortalece a estrutura do esmalte tornando-a mais resistente ao ataque da cárie. Porém, a quantidade aplicada deve ser mínima. O exagero acarreta a Fluorose. Evite escovar os dentes de seus filhos menores de 3 anos com pastas dentais com flúor. A fluorose é uma lesão muito séria e chata de ser tratada.

As águas de algumas redes de distribuição são fluoretadas, porém não existe uma transparência na quantidade de flúor ofertada à população. Aplicações tópicas de Flúor, descontroladas e sucessivas, fazem muito mal ao organismo, especialmente aos ossos e dentes. Nos consultórios, nas escolas do país, existem programações de Higiene Dental acompanhadas de bochechos com fluoretos. O flúor é uma substância que possui o fator acumulativo. Numa grande concentração ela modifica a cor do esmalte dentário, dando um aspecto manchado nos dentes. O Flúor também é um inimigo silencioso.



Outro inimigo silencioso que tem causado muito mal às pessoas é o excesso de CO² na atmosfera terrestre. Concentração que aumenta com a industrialização e com a emanação de CO² da frota automobilística, que aumenta a cada dia.

Dependendo da concentração a que somos expostos poderemos ter doenças brônquicas, pulmonares e alergias diversas. Existem estudos associando o aparecimento dos cânceres de pulmão à exposição em excesso de inúmeros gases e de algumas drogas inaláveis.

Por isso, a fim de preservar uma boa saúde, é importante que procuremos sempre locais que a qualidade do ar seja aceitável. E priorizarmos momentos de lazer ao ar livre, como caminhadas em parques ou ruas em ruas arborizadas.

O contato do ser humano com a natureza, com o ar puro e com atividades recreativas em locais arejados garantem uma proteção adicional à manutenção da saúde.


Essa é a nossa mensagem de hoje, aproveitando que hoje é domingo, digo, que tal programar um passeio no parque ou numa área verde bem gostosa? Um piquenique como nos velhos tempos, um é um programa diferente e delicioso.

Programas familiares ao ar livre mantém todos afastados do perigo dos inimigos silenciosos da nossa saúde. Dê preferência aos alimentos orgânicos e aos sucos naturais... Sua saúde agradecerá!


      Bom domingo e Boa Saúde!


Neo Cirne
Odontólogo e Colunista de UBAV-BRASIL 


Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger