quinta-feira, 31 de março de 2016

PALAVRAS ILUMINADAS - (TERÇA-31/03) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Último dia do mês de março...
Obrigado, Senhor, por tudo o que aconteceu neste terceiro mês do ano!
Vamos que vamos! A vida precisa valer a pena... E como!


“Mais bonito que o canto dos pássaros são seus voos. 
Nem todo canto é de alegria, mas todo voo é de liberdade.”


O cantar dos pássaros alegra a alma. Eles cantam independente do que estão sentindo. Simplesmente e gratuitamente cantam. A natureza não seria tão plena sem o cantar dos pássaros. Talvez eles cantem até quando estão tristes. Os humanos esquecem-se de cantar. Alguns até sabem cantar, mas preferem ficar sérios e recolhidos, numa aparência um tanto próxima da indiferença. Os pássaros cantam e voam. Cada rasante é como um hino à liberdade, cada voo é um convite à superação. Os humanos deveriam voar. Não há necessidade de asas. Basta ter liberdade e os voos serão constantes. Alguns já estão ensaiando, outros já entenderam o lance.

Voar passando logo acima do desânimo, desviando o pessimismo, evitando as fofocas, abstendo-se dos julgamentos. Levantar voo carregando no coração alegria do bem realizado, da paz multiplicada. Expandir-se em voos comemorativos, oferecendo um brinde à fidelidade e ao amor. A alegria de voar, sem asas, está na capacidade de provar a essência da vida, não permitindo apegos materiais, tomando distância da autossuficiência intelectual.

A liberdade é uma das maiores melodias que o humano pode memorizar. Bem distante de fazer o que se quer, a liberdade tem um foco: o bem, a verdade. Só é livre quem é verdadeiro. A obstinação pelo o que é certo faz com que a liberdade seja doce e leve.

A acomodação tem impedido muitos voos. Viver é simples e, ao mesmo tempo, complexo. Até o último instante da existência, o aprendizado será necessário.

Que a liberdade não seja limitada pela falta de serenidade. Quem gosta de viver aprender a voar, mesmo não saindo do lugar em que se encontra.

Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraços!






Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap

quarta-feira, 30 de março de 2016

ESCASSEZ DE FELICIDADE - - - "Mensagem Tim-Tim!" - - - Texto: Neo Cirne

ESCASSEZ DE FELICIDADE



- Todos nós sabemos que os dias por aqui não estão fáceis, em todos os aspectos. Porém, mesmo assim, buscamos a paz e a felicidade. O mais interessante é que não precisamos fazer muita força para nos sentirmos felizes, basta que façamos o bem e estejamos em paz com a nossa consciência que o Universo começará a facilitar a sua vida. Se existe uma grande escassez de felicidade no mundo atual é por que estamos vivendo momentos distanciados de alguns princípios como: o amor, o respeito, a cordialidade, a brandura, a compaixão e a solidariedade. Princípios que nunca foram muito fartos, mas nos dias de hoje ficaram muito raros. Para grande parte da população o objetivo único é sobreviver  à avalanche de acontecimentos ruins que vão desde as doenças, as enchentes, a economia em recessão, falta de segurança e uma política péssima.  Os oportunistas de plantão gostam de poder levar vantagem em tudo. Certo? - A velha Lei de Gerson, tão nociva à sociedade e tão presente. Ainda, hoje, vi a notícia de que um pai, em Contagem/MG, talvez em desespero, tentava vender seu filho através da internet. Um absurdo! 

Quem vive para iludir seus semelhantes, enganando-os, nunca será feliz e nem, tampouco, viverá em paz, pois amealhará muitos inimigos em sua trajetória. Tudo é uma questão de opção. Enganar as pessoas é uma coisa muito feia. O oportunista (para não dizer palavra feia) engana para conseguir poder, recursos ou prestígio, só que, ele nunca terá paz e nem felicidade, pois eles existirão sempre na memória das pessoas que ludibriou. Um dia a sua atitude ruim virá à tona, revelando a sua má qualidade, pondo tudo a perder.



Abrahan Lincoln, 16º presidente dos Estados Unidos, era um grande pensador, um homem íntegro que imortalizou alguns pensamentos, dentre eles eu destaco o seguinte:

“Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas, não se pode enganar a todos por todo o tempo”

Estava certo o nobre presidente americano!


Os dias têm sido difíceis, eu sei. Percebo que existe quase uma necessidade turva de enganar as pessoas para tentar conquistar a paz e a felicidade. As pessoas ficaram mais frias e insensíveis. Você pode até encontrar num livro de autoajuda um caminho orientador para conquistar a felicidade, existem muitos. Cito uma frase que li no livro “Dez Leis para ser Feliz” (Editora SEXTANTE). Escrito pelo grande mestre e nosso amigo, Augusto Cury, dizia ele:


“Seja sempre um apaixonado pela vida e descubra que você é um ser humano especial”


As pessoas que são apaixonadas pela vida não querem a paz e a prosperidade só para elas, querem reparti-las com quem necessita. Este princípio é o verdadeiro caminho da paz e da felicidade. Onde existe avareza, má intenção e ganância não haverá tranquilidade e bem-estar. Ninguém pode ser feliz realmente fazendo as pessoas infelizes. A felicidade não pode ser conseguida numa casa comercial ou explorando outras pessoas. 

Somente o bem, a positividade, a honradez, o desapego solidário e o amor podem nos tornar realizados e plenamente felizes, mesmo que por aí haja tanta escassez de felicidade nós construiremos um mundo melhor.


Pensem nisso e tenham um lindo dia.

Tim-Tim!

Neo Cirne
Colunista de UBAV-BRASIL


terça-feira, 29 de março de 2016

PALAVRAS ILUMINADAS - (TERÇA-29/03) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Recolocando as boas intenções, acomodando alguns sentimentos,
jogando ao vento determinadas lembranças...
Viver, sim, viver! Vamos lá!

“Dá trabalho ser feliz, dá muito trabalho.
Mas quem sobrevive sem trabalhar?”
(Camila Costa)


As facilidades são perseguidas por multidões de pessoas que não compactuam com o esforço e a dedicação. Às vezes é difícil aceitar, mas tudo o que é muito importante à vida, está antecedido de esforço e até de um desgaste significativo de energias.

As melhores vitórias trilharam pelo caminho da exigência. As facilidades podem até ofuscar, mas não garantem aquele sabor que é inerente à celebração da conquista. Num certo sentido, as facilidades desqualificam a capacidade de superação. Ser feliz dá muito trabalho. Convém ficar atento: o que é muito fácil de ser alcançado se torna insipiente e transitório. Se para ser feliz é necessário ser resistente e persistente, perda de tempo ficar pinçando facilidades.

A realização que todos buscam passa pela capacidade de enfrentar as adversidades do cotidiano. Ser feliz é a meta. Os caminhos são construídos a partir da criatividade diante da infinidade de situações. Talvez o ponto de partida consista em clarear o que se entende por felicidade. Há muita gente feliz sem saber que é realmente feliz.

A felicidade não acontece isolada de várias situações que envolvem os dias. A capacidade de sorrir não desaparece quando as lágrimas caem. Da mesma forma, ser feliz é continuar vibrando, mesmo que algumas derrotas façam parte do currículo. Dá muito trabalho ser feliz, mas vale a pena. Afinal, todos precisam se ocupar com alguma coisa. Mas onde está o princípio do caminho que leva à felicidade? A gratidão sempre será o melhor ponto de partida. Um dia, por causa da felicidade, os problemas serão menos salientes e as alegrias mais consistentes. Não há necessidade de exigir que a felicidade transborde por todos os poros.

A quantidade de felicidade não interfere na intensidade da felicidade. Pouco ou muito é uma escala relativa. Ser feliz é o suficiente.


Bênçãos! Paz e bem! Santa Alegria! Abraços!





Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap

segunda-feira, 28 de março de 2016

BOM DIA... TIM-TIM! - - FORA DA ORDEM - - O Comentário semanal de Neo Cirne


Ontem, me peguei com lágrima nos olhos, estava chorando comovido com a notícia de mais um ataque terrorista do famigerado Estado Islâmico que tirou a vida de 72 pessoas no Paquistão, deixando mais de 300 feridos. Num primeiro momento, não quis tirar conclusões e nem perguntar o por quê de tanta violência. Pensei somente nas vítimas, a grande maioria crianças e mulheres. Pensei, também, na dor que o povo paquistanês está sentindo. Dor que reverberou no mundo todo. À imprensa, sempre sensacionalista, não interessa dar somente a notícia, é necessário comover, indignar as pessoas, por isso mostra na TV os detalhes da desgraça, corpos mutilados em 'close' para fechar o domingo.

 Já não bastasse a carga de estresse que vivemos, ainda, nos momentos de folga, somos envolvidos por uma onda de notícias ruins vindas de programas de entretenimento que antes eram fantásticos e que, agora, viraram as gazetas da tristeza, com tanta notícia ruim.


 Tenho como hábito seguir à risca a orientação de meu inesquecível paizinho, que faria 100 anos no próximo dia 04 de abril, dizia ele: - "Meu filho, a vida bate muito na gente, porém, temos de ser fortes. Afinal, um homem não chora!"  Silenciosamente, eu o ouvia, mas, internamente, eu sabia que eu me emociono, que eu amo, que eu choro porque sou um ser pensante e pulsante,como a vida. Não sou uma pedra, inerte e sem sentimento.

 Sei que a maioria dos homens, graças a Deus, é assim como eu. Choramos por dentro. A indignação nos atinge como a qualquer cidadão de bem. E quando vemos crianças e senhoras, sendo sacrificadas em nome de nada, de uma ideologia podre, a nossa indignação é muito maior.


 Não quero crer que as graves situações políticas do mundo fiquem sem a resposta do Grande Arquiteto do Universo, Deus. Ele está observando tudo com a paz divina, com a justiça divina e a certeza de que construiu um mundo perfeito e que o homem, feito a sua imagem e semelhança, é igualmente perfeito, sendo assim, Ele sempre acredita que o homem poderá mudar esta situação de conflito. No mundo atual as pessoas sofrem de desamor e não se entendem mais.


 O "coisa ruim" - sabem de quem estou falando - criou as diferenças abissais, que tantas vezes levaram o homem à destruição. Das diferenças surgem as guerras. Das contendas advém a perda de milhões de vidas. Como na Segunda Guerra Mundial, por exemplo, onde faleceram quase 10 milhões de pessoas e muitos outros milhões ficaram feridos. Uma tristeza!


 Caetano Veloso, cantor e compositor brasileiro, dotado de uma mente brilhante, em 1992, cantava uma canção que me emocionava: 'Fora da ordem', no refrão principal ela falava: - "Alguma coisa tá Fora da Ordem, da nova Ordem Mundial... e passava quase toda a música repetindo essa sentença, sobre o som de um apurado batuque e vozes infantis. A nova ordem, que ele focou, tinha uma emocionante miscelânea crítica. Falava do abandono de menores, muitos envolvidos com o tráfico, delitos e com a repressão policial, demonstrando a fraqueza dos governos. As ideias no estilo tropicalista eram meio difíceis de entender, mas, eram válidas, abriram caminhos para o pensar - (ao final colocamos um vídeo do YouTube para ilustrar a antiga mensagem do Caetano).

 Porém, que há necessidade de fazer mais do que simplesmente pensar, e sim, repensar o futuro dos jovens e a fraternidade entre as pessoas. É necessário parar, o mais rápido possível, a ação violenta e nefasta dos traficantes de drogas e dos grupos terroristas, este é o caminho imediato.


A Organização das Nações Unidas (ONU) precisa ser mais eficaz, eu não tenho a menor dúvida. É necessário exista um movimento internacional, administrado por ela, para juntar a liderança dos países, levando uma proposta positiva. Sendo eficaz no assessoramento, controle e julgamento dos maus governantes, que são responsáveis pela perda de milhões de vidas, e a estes impondo-lhes pesadas penas.



A vida deve ser a nossa bandeira e não a barreira que põe o mundo dividido ao sabor de religiões diversas, das escolas políticas ou de maus comportamentos. As diferenças sempre existirão, entendo isso. Mas, do somatório das boas atitudes de cada povo e com boa vontade, construiremos um mundo melhor e mais justo para toda humanidade.


Quanto ao meu pai, que dizia que um homem não chora, eu devo discordar dele. Acho que se temos sentimento devemos chorar, é natural. Mas que desse pranto indignado surja um novo homem mais atento, sensível e fortalecido para enfrentar as duras batalhas da vida. Felizmente, a valorização da capacidade de se emocionar vem crescendo entre os homens nas últimas décadas, reconhecendo-se, cada vez mais, os aspectos positivos dessa reação emocional.


Tim-Tim!

Neo Cirne
Colunista de UBAV-BRASIL






domingo, 27 de março de 2016

PALAVRAS ILUMINADAS - (DOMINGO DE PÁSCOA) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Domingo de Páscoa! Festa da Ressurreição!
Que bom poder ressuscitar o ânimo, a paz, o amor, a capacidade de perdoar...
Que maravilha ver a paciência bem ressuscitada!
Jesus Ressuscitado, não se afaste do meu coração! Amém!



“Talvez você não saiba, mas Deus demorou muito tempo fazendo a sua história. É injusto só reclamar dela. O peso que está em seus ombros, Ele sabe que você suporta. Siga firme!”
(Yasmin Trajano)



A presença de Deus na história de cada um deixa marcas indeléveis. Nem todos que provam o transbordar da alegria se recordam de agradecer a Deus. A volta para Deus parece se dar mais quando da chegada do sofrimento. A falta de alguma coisa, a dor que se torna insistente, as lágrimas que não cessam: nesses momentos visita-se mais o coração do Senhor.

Nem todos os que rezam são humildes, ao elevar aos céus uma prece. Muitos são exigentes e determinantes, ao ponto de dizer explicitamente o que Deus deve fazer. Só uma minoria entende o que significa fazer mesmo a vontade de Deus. Toda prece supõe humildade. Deus demorou muito para delinear a história pessoal de cada um.

Aos olhos do Criador, a história humana tem um princípio e terá um fim. Nada é por acaso. Há um fio condutor que sustenta, inspira, que desafia e acalma. Pensando bem, as proporções são literalmente equilibradas. O peso da cruz nunca será maior do que a resistência dos ombros. Deus é o único capaz de amar na medida certa. Ele poderia evitar os sofrimentos. Mas Deus aguarda pela maturidade de sua ‘obra-prima’. Se não fosse o sofrimento, a vida não provaria a doçura do equilíbrio. De nada adianta contrapor ou revoltar-se.

O segredo é seguir firme, desbravando sentimentos, reavivando a esperança. Os dias se tornam leves quando é possível intercalar amor e dor. A reclamação diante dos fatos e acontecimentos deve ser muito passageira, caso seja impossível extingui-la. O melhor da vida se dá na gratidão ao Criador. Se Ele demorou muito tempo para compor a história de cada um, cada minuto é precioso e infinito.

Por tudo, Obrigado Senhor! Bênçãos!
Paz e Bem! Santa Alegria! Abraços! Feliz Páscoa!






Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap

sábado, 26 de março de 2016

SÁBADO DE ALELUIA - (religiosidade) - Comentários - republicação


O Sábado Santo também chamado Sábado de Aleluia, é o dia antes da Páscoa no calendário de feriados religiosos do Cristianismo. O Sábado de Aleluia é o último dia da Semana Santa.
Na tradição católica, é costume, os altares serem desnudados, pois, tal como na Sexta-Feira Santa, não se celebra a Eucaristia. As únicas celebrações são as que fazem parte da Liturgia das Horas. Além da Eucaristia, é proibido celebrar qualquer outro sacramento, exceto o da Confissão. São permitidas exéquias, mas sem celebração de missa. A distribuição da comunhão eucarística só é permitida sob a forma de viático, isto é, em caso de morte.
Muitas das igrejas de comunhão anglicana seguem estes mesmos preceitos. Já a Igreja Ortodoxa, bem como os ritos católicos orientais, seguem as suas próprias tradições e possuem terminologia própria para este dia, respectivas tradições e celebrações. Como é de esperar, apesar de a Páscoa e os dias relacionados serem importantes para todas as tradições cristãs, do Mormonismo ao Catolicismo, as celebrações variam grandemente.
Antes de 1970, os católicos romanos deviam praticar um jejum limitado:
Por exemplo, abstinência de carne de gado, mas consumo de quantidades limitadas de peixe, etc. Em alguns lugares, a manhã do Sábado de Aleluia é dedicada à "Celebração das Dores de Maria", onde se recorda a "Hora da Mãe", sem missa.
É no Sábado de Aleluia que se faz a tradicional Malhação de Judas, representando a morte de Judas Iscariotes. O Sábado Santo pode cair entre 21 de março e 24 de abril 
No Sábado Santo, é celebrada somente a Missa de Vigília Pascal depois do anoitecer, as 19h, quase sempre, dando início à Páscoa. No domingo, a Igreja faz a Missa de Páscoa.

"Procure a sua igreja, seja ela qual for. 
Não se afaste de sua fé, reenergize-se na sua fé".

TIM-TIM!

sexta-feira, 25 de março de 2016

PALAVRAS ILUMINADAS - (QUINTA-24/03) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega

Bom Dia!
Sexta-Feira Santa: 
silêncio, remissão, um olhar à cruz, interiorização, constatação, 
desejo de mudança, experiência de perdão!
Dia de jejum e abstinência de carne.



“O Senhor nos amou a um alto preço.
Não podemos amá-Lo a um preço baixo.”
(Pe. Lorenzo).


A Sexta-Feira Santa é carregada de expressões simbólicas. A diversidade de manifestações traz presente uma verdade apresentada pelas ciências humanas: a dimensão espiritual é inerente ao ser humano. Evidente que as ressalvas contrárias devem ser acolhidas num respeito profundo. Pontos de vista diferenciados não excluem o essencial: a fraternidade.

A cruz no elevado Monte das Oliveiras teve um alto preço. O Homem de Nazaré experimentou a maior de todas as dores: ser pregado numa cruz. Receber o mal após ter feito unicamente o bem, é mais do que dolorido, é enlouquecedor. Depois daquela eloquente dor, a humanidade poderia ter assimilado uma certeza: somente um grande amor para suportar tanta dor.

Nem todos entenderam que não foram os ombros que suportaram a pesada cruz, mas um infinito amor. A dor sempre agride e provoca lamento. Continuar vivendo, apesar da dor, é questão de amor, um infinito amor. Por uns instantes, o coração se recolhe, os sentimentos cessam, a alma se expande.

Mais do que voltar no tempo é importante atualizar os fatos. Se alto foi o preço de Jesus na cruz, ao menos que haja equiparação. Impossível não amar com um preço equivalente, isto é, com um grande amor. A dor não se sustenta por si mesma. Um dia a dor cessa. Enquanto ela perdurar, somente o amor será capaz do alívio.

Convém deixar de lado pequenas dores para estender a mão a quem está mais dolorido. Que a compaixão inspire verdadeiros gestos de transformação. O Senhor nos amou a um alto preço. Não podemos amá-Lo a um preço baixo. Por isso, convém continuar carregando a cruz, na certeza da luz.

Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraços!






Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap

quarta-feira, 23 de março de 2016

A LONGEVIDADE E O ESTRESSE - - O comentário de Neo Cirne

“A LONGEVIDADE E O ESTRESSE”



É certo que a relação entre a longevidade e o estresse é muito grande. Uma vida sem a carga excessiva de adrenalina proveniente do estresse será sempre mais longa do que uma vida estressada. Saber viver é uma verdadeira arte e viver sem estresse é a glória.  

Passamos boa parte de nossas vidas ouvindo velhos conceitos sobre como devemos viver, o que podemos comer, sobre o que dançar, que ritmo possuímos: se um compasso lento, bem romântico ou um compasso agitado, eletrônico que nos põe ‘a mil por hora’.

Muitos de nós, talvez a maioria, põem a culpa de nosso mau humor na necessidade de acompanharmos o ritmo intenso do dia a dia. Fico imaginando uma mulher que trabalhe fora, vivendo a loucura competitiva do comércio, cumprindo uma jornada intensa, seja dando aulas nas escolas ou com a responsabilidade de trabalhar em instituições financeiras. 

A cobrança permanente do chefe, exigindo produção e lucro. Associada à cobrança familiar - marido/filhos/pais... (todos querendo atenção, carinho, casa arrumada e comida gostosa quase leva a mulher à loucura). Estressada, ela observa que necessita de mais tempo para si própria. Precisa se cuidar e realizar seus desejos, mas o dia só tem 24 horas. Ufa! É muita coisa.  

Além de administrar todas as tarefas inerentes ao trabalho, ter de supervisionar as situações pessoais, o desempenho dos filhos na escola e no lar, cuidando de sua educação, parece coisa impossível... Ela tem de ser além de malabarista, uma heroína. Só assim, o seu objetivo de agradar a todos tornar-se-á  alcançável. Eu só não entendo por que as mulheres vivem mais do que os homens. Talvez seja pelo maneira prática que organizam a vida e pelo amor que possuem. Viva as mulheres!

A vida estressada diz: - Você tem de fazer isso! Não podemos comer carne vermelha! Nada de ovo! Cuidado com o colesterol!... A cobrança vem de todos os lados e, muitas vezes, são impostas durante anos, de maneira equivocada. É como o caso do colesterol contido nos ovos e da própria carne vermelha. Eles sempre foram os grandes vilões das doenças cardíacas, segundo eméritos pesquisadores. 

(foto da web)
Tudo é relativo, já vi gente fumante, celebrando 100 anos de idade. E outras, com pouca idade e que nunca fumaram padecerem com câncer de pulmão... É, realmente, tudo é relativo. 


Vejam este trecho que selecionei, escrito pelo Dr. J.J. Camargo, em seu livro ‘Do que você precisa para ser feliz?’, da ‘Editora L&PM’. O nobre escritor é médico e professor da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e faz uma análise bem-humorada dos 'vilões da saúde'.

Diz o médico:

Estabelecido que a nossa chance de longevidade depende de como vivemos e, em muito, do que comemos, deparamos com uma ciranda de culpados num infindável revezamento. Assim, o pobre ovo que já foi considerado execrável fomentador de infarto, anos depois foi transferido para uma prisão-albergue e, há pouco, completamente inocentado.

Agora, a gema já pode escorrer outra vez entre os grãos do arroz sem sentimento de culpa. Mas a controvérsia não termina por aí. As demonstrações consideradas inequívocas do dano da carne vermelha, por exemplo, nunca explicaram porque a incidência de coronariopatias não é maior na Argentina, o país com o mais alto índice de consumo de churrasco por milhão de habitantes do planeta.

No colesterol, todo mundo bateu muito - ele só não foi acusado de formação de quadrilha. Depois houve certo constrangimento entre os médicos que impunham restrições alimentares aos pacientes para que mantivessem o colesterol abaixo de 200mg/dl, quando se descobriu que os esquimós (que vivem muito), se alimentam de dieta riquíssima em gordura animal, desfilam frajolas com um índice médio de 1000 mg/dl.

“A propósito, ficou CLARO que o colesterol alto, desacompanhado de estresse é quase inofensivo...”

 (Conclui o Dr. J.J.Camargo, no capítulo - A LARGURA DA VIDA).




Bem, concluindo o nosso tema de hoje, quero enfatizar a necessidade de resgatarmos uma vida com menos estresse. Não se deixe contaminar pelas notícias ruins e pelo excesso de ‘obrigatoriedade’ do tempo atual. Lembrem-se que nem tudo que é obrigatório faz tão bem assim, como, por exemplo, o ‘HORÁRIO DE PROPAGANDA ELEITORAL OBRIGATÓRIO’ ou o "VOTO OBRIGATÓRIO", temos certeza de que se você desligar a TV ou rádio, não perderá absolutamente nada e ganhará saúde por não acumular estresse em ver tanta 'cara de pau'. Quanto ao voto, bem, países que  tornam os votos obrigatórios tem uma tendência anti-democrática, pois eu posso ter o desejo de  não votar , e daí? O voto, assim como  como todos os cidadãos, deve ser livre. 



Vá devagar, reduza um pouquinho a sua velocidade diária, só a aumente para realizar exercícios físicos moderados. Faça Ioga, alongue-se tal qual um gato, namore a vida e durma bem. Assim, você ganhará mais alguns anos de vida e isso é muito bom!


Tim-Tim! Um Brinde À Vida!


Texto: Neo Cirne

Colunista de UBAV
FOTOS ILUSTRATIVAS DA WEB

terça-feira, 22 de março de 2016

PALAVRAS ILUMINADAS - (TERÇA-22/03) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Terça-feira da Semana Santa!
Que a espiritualidade inspire novas posturas,
outros pensamentos ou um novo amor!

“Como assim desistir?
Já cheguei até aqui, eu vou é seguir em frente.”


 É próprio da vida, ir avançando, sem pressa, mas sempre com persistência. Em alguns momentos, pequenas indecisões, insistentes exigências, algumas decepções, muitas alegrias. O que torna a vida fascinante são as alternâncias. Entre altos e baixos, o aprendizado acontece, a paz se restabelece. Porém, há uma facilidade e até uma inclinação à desistência. Na primeira dificuldade, largamos tudo.

 É uma falha de percepção e de entendimento existencial achar que tudo deveria dar sempre certo. Chegou a hora de fazer as pazes com as dificuldades. Não existe caminho sem pedras. Quantas ideias e projetos fantásticos são abandonados no primeiro obstáculo. Tire do seu dicionário pessoal a palavra ‘desistir’. Sublinhe a expressão ‘seguir em frente’. Adicione em seu vocabulário palavras como persistência, decisão, superação.

 Quando a tentação de desistir bater à sua porta, afirme com serenidade e convicção: jamais desistirei. Siga em frente. No decorrer do trajeto, tudo vai se acomodar e se posicionar no seu devido lugar. Se foi possível chegar até aqui, ânimo; não falta muito. A vitória vai sendo vislumbrada, conforme o caminho vai sendo percorrido. Um dia, será possível saborear a alegria de ter continuado a caminhada, apesar da vontade de desistir. Então, olhando para trás, você poderá dizer a você mesmo: valeu a pena.

 Que o vigor de quem sabe que viver é avançar possa inspirar a diversidade de momentos que a vida experimenta. Que a serenidade marque presença, que a paz possa ser a melhor referência. Se foi possível chegar até aqui, será possível também continuar.

 Bênçãos! Paz e Bem! Abraços!






Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap


Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger