quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Está chegando o Natal - - - Por Neo Cirne

Está chegando o Natal

- Por Neo Cirne -


Vivemos dias difíceis com o excesso de desamor e de falta de entendimento entre as pessoas. Cada um tenta fazer valer a sua verdade e a sua necessidade material, o materialismo tomou conta do mundo e, com isso, caminhamos sem sentido, sem alegria e sem inspiração. Precisamos colocar em nossas vidas um pouco mais dos fundamentos da espiritualidade. Você pode até professar uma outra religião, que não seja cristã, mas sempre desejará viver esse momento de paz.    

A sociedade perfeita é um sonho, uma utopia. Já que não conseguimos separar o joio do trigo e muitas vezes, aproveitando-se dessa incapacidade, grupos de malfeitores assumem o poder em alguns lugares impondo suas regras. Isto vale para o poder dos milicianos, predominante em algumas comunidades carentes até para os governos de alguns países. Eu não queria, em dias que antecedem a uma data tão importante, falar dessas coisas que nos atormentam diariamente, mas como deixar de falar, se o fim delas faz parte do meu presente natalino? É difícil, não?  

Jesus, o símbolo máximo da bondade e da justiça, nasceu no dia 25 de dezembro a 2015 anos atrás, após 33 anos de peregrinação de amor e entrega foi crucificado perante a população que ele tanto amou e ajudou. Era gente pobre, analfabeta e miseráveis que vivia explorada pelos dominadores e que foi muito protegida por Jesus. Pois, este mesmo povo preferiu dar a liberdade a Barrabás, um ladrão, isentando-o da morte na cruz, do que libertar o ‘Filho de Deus’, Jesus. Um homem bom que tantos ensinamentos e milagres realizou. E, assim, de erro em erro, caminhou a humanidade durantes mais de 2 milênios. Por vezes, valorizando pessoas sem qualidade necessária para representa-la, com isso muitas nações deixaram de existir.

Neste período natalino, falo de Jesus, o ‘Rei dos reis’, para lembrar que sem uma educação de qualidade, saúde e uma justiça imparcial nunca chegaremos a bom termo no campo social. Continuaremos sofrendo nas mãos de maus governantes, oportunistas da hora, que utilizam a mansidão de um povo gentil para enriquecerem-se e destruírem tudo que é lógico e saudável à evolução do povo. Precisamos nos libertar desses malfeitores que professam a bandidagem e o desrespeito às leis. São esses maus brasileiros que desejam rasgar a Constituição Brasileira, para ajeitá-la de acordo com seus interesses. Este será o golpe fatal na liberdade do nosso povo, precisamos ficar atentos.


MEU PRESENTE

Eu quero pedir um presente de natal que seja permanente, por isso, pediria o fim dos falsos socialistas, transvestidos de democratas, que emperram e arruínam qualquer nação. Não pediria nunca meu presente ao “Papai Noel”, pois a cor de sua roupa põe a sua personalidade em dúvida. Na realidade este negócio de partidos vermelhos, rosas e azuis é uma coisa tão sem nexo que não cabe mais nos dias atuais. 

Não é a cor da bandeira que dita o caráter de seus adeptos, é a transparência de suas virtudes e as suas origens. Quadrilheiros, bandidos e assaltantes a banco, jamais serão bons representantes de uma sociedade. Por isso, quero pedir a Deus, diretamente a Ele, que meu coração fique menos angustiado com tanta corrupção e notícias ruins que há 13 anos inundam o cenário político brasileiro. Chegamos ao fundo do poço e a paciência do povo esgota-se.

Peço, também, que o povo tenha inteligência necessária para não se deixar seduzir por esmolas, que, pelo andar da carruagem, serão retiradas em breve, por total inconsistência econômica. Talvez, assim, possamos começar a sonhar com um ano novo um pouco melhor do que este trágico 2015. Um ano que pode ter sido bom para alguns, mas que foi péssimo para milhões de brasileiros. Por isso, 2015 deve ser esquecido, uma página virada. 

Estamos enterrando nossos filhos, quase diariamente, frutos da violência. Isto já aconteceu comigo, mas nunca perdi a Fé em Deus e nos ensinamentos de Jesus Cristo que me confortam e fazem acreditar que até o impossível é possível ser realizado.

Está chegando o natal, é hora de agradecer a Deus, por ter nos enviado Seu Filho, Jesus, para nos salvar e mostrar caminhos de justiça, paz e amor. Cabe a nós todos seguirmos seus ensinamentos e nos aproximarmos mais de sua obra. 

Falar dos homens sempre gera desentendimento e conflito, mas, falar de Deus e de Seu filho, Jesus, sempre nos faz muito bem. Que no dia 25 de dezembro, Jesus Cristo, possa renascer em nossos corações e nos ajude a construir uma sociedade melhor, mais justa, amorosa e solidária. A verdadeira paz não virá através do cano de uma arma. Ela virá no dia em que as pessoas forem mais tolerantes e reconhecerem que cada um de nós possui direitos inalienáveis e esses direitos devem ser respeitados. Todos nós somos filhos de Deus e iguais perante a Lei Maior, a Constituição.

Venha Senhor Jesus, alegrar nossas vidas e traga de volta a felicidade e a esperança, tão enfraquecida pelo descrédito. Sei que será necessário que todos nós façamos a nossa parte para restaurar tudo que foi perdido em 2015. 

"O mundo exterior é só um reflexo do mundo que existe dentro de nós e que anda em guerra diariamente com o excesso de notícia ruim. Desligue-se. Faça as pazes com você e com o seu mundo interior. Ore diariamente e aperfeiçoe-se. Invocando a Deus, poderemos promover a conexão com a paz e a harmonia necessária ao progresso e evolução da humanidade. A religião é um caminho positivo, importante para a mudança do comportamento humano".






Amor, Tolerância, Justiça, Luz, Solidariedade, Saúde e Paz: este é o presente que peço para mim e para todos em 2016.

Chegou o Natal... Obrigado Senhor!

Tim-Tim!


Neo Cirne
COLUNISTA DE UBAV-BRASIL

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger