domingo, 9 de agosto de 2015

RELEMBRANDO MEU PAI - SAUDADE.COM - Reapresentação de matéria escrita por Neo Cirne

- Apresentação da matéria -

Olá meus amigos, vamos seguindo a reapresentação de algumas matérias publicadas por nós onde lembramos com carinho a presença cuidadora e amiga de nossos pais. Escrevi esta matéria no dia 08/08/14, personificando na importância de meu pai a importância de todos os pais do mundo. Meu pai, como os seus, tinha muitas virtudes. Era um homem conselheiro, honesto, bom pai, alegre e amante da vida. É uma forma de agradecê-lo pela minha vida.

Esta mensagem e as outras que forem apresentadas neste dia feliz servem para enaltecer a figura maravilhosa do pai na estrutura familiar.

Tenham um lindo dia.

Neo Cirne




Matéria Original

Olá amigos, nesta sexta-feira que antecede o Dia dos Pais a emoção começa a tomar conta do meu coração e lembrar com saudade do meu maior amigo, meu herói, o anjo enviado por Deus que colaborou na concepção da minha vida. Meu pai amado, que partiu deste plano em 1991, deixando muitos amigos e imensa saudade.

Meu pai não era um super-homem e nem um homem qualquer. Ele era a minha referência de honestidade, amizade e zelo. É muito natural que nesta época do ano quando lembramos os nossos pais queridos, fiquemos emocionados. Somos tomados por uma emoção doce que faz parte da nossa essência. 

Muitos dos ensinamentos de meu pai foram transmitidos às minhas filhas, alguns afilhados e amigos. É a perpetuação dos gestos positivos e formadores do caráter. Nós, filhos, sempre agradecemos a orientação, a influência positiva dos pais em nossas vidas. Orientações que transmitimos aos nossos filhos e netos.




O tempo passou, tornei-me pai e avô ainda novo pela precocidade de minha filha em ser mãe. Tenho uma linda neta que deverá me brindar, um dia, com a condição de ser bisavô, já pensaram? A vida segue e minha neta fará 18 anos em setembro e está de namoro sério... Vida! Doce Vida! Vida Breve! Que pena que valores e pessoas que tanto amamos não sejam eterno(a)s. A única coisa que fica de nossa passagem terrena é o bem que a gente faz.


Thaís - fará 18 anos dia 11/09/14
Que bom que a vida permite a quase todos atingir todas estas etapas, na realidade muitas pessoas, mesmo reclamando um pouco de uma dorzinha aqui ou ali, uma ruguinha a mais, um fio de cabelo branco, desejam imensamente atingir a 3ª idade. Aos poucos, vamos entendendo uma nova forma de ver a vida e amando-a cada vez mais. Tenho muito orgulho de minhas filhas e netos, da mesma forma que meu pai se orgulhava de mim.

Brindar um momento como este, de lembrar os nossos pais, é muito bom. Sempre lembrarei de meu pai, pois numa singela homenagem de minha mãe, ela colocou em mim o seu nome: Nélio. Papai para diferençar os chamamentos de mamãe, apelidou-me de Neo. Quando a mamãe chamava, os dois corriam para atendê-la... Era muito engraçado! Eu poderia falar muito do meu paizão querido, falaria das suas piadas engraçadíssimas, dos seus bons exemplos, da sua grande dignidade, mas prefiro deixar somente uma das últimas mensagens que me enviou, uma carta escrita meses antes de partir deste plano. Vejam-na na íntegra:

Dizia ela: 



Neo Cirne e família - Cauan não havia nascido (2011)

Data: Agosto de 1990


Neo, meu filho

Espero que você esteja bem aí no Mato Grosso do Sul. Sua carreira militar tem este lado positivo de propiciar o conhecimento de muitas culturas e valorizar cada vez mais o nosso lindo povo brasileiro, tenho muito orgulho de você, pois além de ser bom filho é bom pai e meu grande amigo. 



Sempre que você é transferido para uma cidade, eu, mesmo distante, corro pra enciclopédia e procuro ler sobre o lugar que você vai morar. Você, sua esposa e filhas viajam fisicamente e eu, viajo espiritualmente, me inteirando sobre as características do local que morarão. Assim, eu me sinto pertinho de vocês, diminuindo um pouco a minha saudade.



Pai é assim mesmo, às vezes parecem distantes, mas não estão. Sabem que seus filhos seguiram seus destinos e que, assim que puderem, retornarão com novas notícias e relatando grandes experiências. Como suas filhas estão com 10 e 07 anos, estou enviando um texto pequeno que servirá para dar um polimento na educação das gatinhas. Não repare, sei que você é um excelente filho, tem dado provas disso e, também é um grande pai, mas achei interessante o envio. Feliz dia dos pais!


Não se esqueça que aqui em Nova Friburgo, teu pai ora por você e sua linda família. Meu filho, você e sua irmã, são o meu orgulho. São partes de uma obra que escrevi com muito carinho ao lado de sua mãe, uma grande mulher.

Que Deus o abençoe, sempre.

Teu Pai

Veja, meu filho, o texto que separei pra você:

Tudo o que hoje preciso realmente saber sobre como viver, o que fazer, como ser, eu aprendi no jardim de infância. A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia. 

Estas são as coisas que aprendi lá: 

1. Compartilhe tudo. 
2. Jogue dentro das regras. 
3. Não bata nos outros. 
4. Coloque as coisas de volta onde pegou. 
5. Arrume a sua bagunça. 
6. Não pegue as coisas dos outros. 
7. Peça desculpas quando machucar alguém. 
8. Lave as mãos antes de comer e reze antes de deitar. 
9. Dê descarga.
10.Biscoitos quentinhos e leite fazem bem para você.
11.Respeite o outro. 
12.Leve uma vida equilibrada: aprenda um pouco, pense um pouco... e desenhe.. e pinte... e cante... e dance... e brinque... e trabalhe um pouco  todos os dias. 
13. Tire uma soneca às tardes. 
14.Quando sair, cuidado com os carros. 
15.Dê a mão e fique junto. 
16.Repare nas maravilhas da vida. 
17.O peixinho dourado, o hamster, o camundongo branco e até mesmo a sementinha no copinho plástico, até os curiós que criei, todos morrem... nós também.

18.Ame o próximo e agradeça a Deus pela Vida, todos os dias! 

Pegue qualquer um desses itens, coloque-os em termos mais adultos e sofisticados e aplique-os à sua vida familiar, ao seu trabalho, ao seu governo ou ao seu mundo, e verá como ele é verdadeiro, claro e firme.

Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos e leite todos os dias por volta das três da tarde e pudéssemos nos deitar com um cobertorzinho bem macio para uma soneca. Ou se todos tivessem como regra básica devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a bagunça ao sair. 
Estas são verdades, não importa a idade. Ao sair para o mundo, é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos.

Teu pai




Saudades de meu pai...


(Neo - Nélio Cirne e seu pai - Nélio Bastos, em 1973)
De Nélio para Nélio o meu brinde:

Um brinde à sua vida eterna, meu amado pai!


Tim-Tim!

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger