terça-feira, 11 de agosto de 2015

A VIDA ME ENSINOU - - Um agradecimento pelo aprendizado de viver - Autor Desconhecido

Olá amigos, na web, texto bonito tem muitos pais, o difícil é constatar a autenticidade de cada um deles. As mensagens que escrevemos e que levam o nosso nome, são autênticas. Não nos permitimos ‘colar’ nada de outros autores. Outro dia, até vi uma das matérias que escrevi, sendo habilmente copiada. Minha reação foi de alegria, sabem. Pois, em matéria de artigos publicados, acho que só copiam aquilo que possui valor. Não me causaria estranheza ver matérias nossas recordistas, como a “Oração Para Esquecer Um Grande Amor”, que contabiliza quase 100 mil visualizações, aparecesse assinada por um 'colante qualquer'. Coincidências no mundo literário podem até acontecer sem se caracterizarem plágios, com tanta gente escrevendo é quase impossível escrever sobre um tema inédito. 

A matéria que selecionei hoje, “A Vida me ensinou” é uma destas que possui muitos autores. Na minha busca destacou-se o nome de Charles Chaplin, mas prefiro dizer que o autor é desconhecido. Porém, por sua beleza, republicarei pra vocês este agradecimento à Vida, feito com sabedoria e amor por seu autor, seja lá quem for.
Tenham um dia lindo!
Tim-Tim!
Neo Cirne





A vida me ensinou...

A dizer adeus às pessoas que amo,
Sem tirá-las do meu coração;

Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam;

Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade,
Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;

Calar-me para ouvir;
Aprender com meus erros .
Afinal eu posso ser sempre melhor.

A lutar contra as injustiças;
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,

A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;

Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente,
Pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente,
Pois também preciso desse amor;

A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;

A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas", embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;

A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;

A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;

Me ensinou e esta me ensinando a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.


(Autor desconhecido)

P.S: Por favor, caso você tenha provas da autoria deste texto ajude-nos enviando o nome do autor que prazerosamente publicaremos. Grato

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger