sábado, 29 de março de 2014

"O ENCONTRO COM A FELICIDADE" (II) - UM FIM DE SEMANA CHEIO DE FELICIDADE. HOJE: A FELICIDADE PODE DEMORAR - Luiz Fernando Veríssimo

Apresentamos a segunda mensagem da série “O ENCONTRO COM A FELICIDADE”, hoje nós apresentaremos a crônica de Luiz Fernando Veríssimo, a Felicidade Pode Demorar, é mais uma leitura bem gostosa e que dedico a uma pessoa muito legal que aguarda o tempo passar para a felicidade chegar, mas...




A FELICIDADE PODE DEMORAR

- Luiz Fernando Veríssimo

Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado. Às vezes nos falta esperança. Às vezes o amor nos machuca profundamente e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa. ...

Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar... É nossa razão de existir.

Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino.

Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta o nosso coração pela falta de uma única pessoa.

Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver, até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto. É a força da natureza nos chamando para a vida. Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade.

Você entende que o que para você era amizade outros era apenas conveniência, oportunismo.

Você descobre que algumas pessoas nunca disseram... Eu te amo, e por isso nunca fizeram amor, apenas transaram... Descobre também, que outras disseram, eu te amo uma única vez. E agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-las a reconstruir um coração quebrado.

Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores importantes: a relação com a família, as condições econômicas nas quais se desenvolveu (dificuldades extremas ou facilidades excessivas formam um caráter), os relacionamentos anteriores e as razões do rompimento, seus sonhos, ideais e objetivos.

Não deixe de acreditar no amor. Mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá. Manifeste suas ideias e planos, para saber se vocês combinam. E certifique-se de que quando estão juntos, aquele abraço vale mais que qualquer palavra.

Esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa te deixar, então nada irá lhe restar. Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento, manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco. Pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda mais intenso, do que teria sido no passado.

Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário. Existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo. A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna.



A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não esteja apenas de passagem...



Luiz Fernando Veríssimo



Tim-Tim!

"CURIOSIDADE TIM-TIM!" - Por que algumas pessoas são mais picadas por mosquito do que outras? - Comentários Neo Cirne

CURIOSIDADE TIM-TIM!
Por que algumas pessoas são mais picadas por mosquito do que outras?
CURIOSIDADE TIM-TIM vai mostrar hoje a explicação deste mistério. Eu recordo que na juventude eu tinha o hábito de acampar nas praias do litoral do Rio de Janeiro, às vezes eu e meus amigos, normalmente mais uns cinco pescadores, íamos para as praias de Angra dos Reis, Parati e locais próximos destas duas cidades. Acampávamos com um velho paraquedas, a noite após um dia cansativo de pescaria e banhos de mar, acendíamos uma fogueira em local seguro e íamos dormir. Era nesta hora que os mosquitos “borrachudos” atacavam e o mais interessante é que não atacavam a todos, igualmente, parece que eles selecionavam alguns “otários”, dentre esses eu me incluía, e sugavam o nosso sangue, era quase uma transfusão. Eu nunca soube o motivo desta seleção famigerada dos mosquitos: Por que eles escolhiam a mim?
Agora surge uma matéria publicada pela International Business Times explicando o por que. Eu possuo o sangue 0+ e adorava tomar uma cervejinha gelada enquanto pescava. Vejam a matéria: 
Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock
Por que algumas pessoas são mais picadas por mosquito do que outras?
Você já deve ter reparado que algumas pessoas conseguem passar no meio de uma nuvem de insetos e sair ilesas, sem qualquer arranhão, enquanto outras parecem que atraem mosquitos e são picadas nas situações mais inusitadas.
Pois saiba que a ciência tem uma explicação para esse fenômeno e ele está diretamente ligado ao seu tipo sanguíneo e à quantidade de cervejas que você anda tomando. Em outras palavras, os cientistas descobriram que pessoas com sangue tipo O ou pessoas que ingerem cerveja costumam ser os alvos preferidos de pernilongos e outros tipos de insetos que se alimentam de sangue.

Tipo sanguíneo
Em 1972, as cientistas britânicas Corinne Wood e Caroline Dore publicaram um estudo no periódico Nature e foram as primeiras a sugerir que os mosquitos da espécie Anopheles gambiae eram especialmente atraídos por sangue do tipo O. Para chegar a essa conclusão, as pesquisadoras expuseram pares de voluntários com tipos sanguíneos diferentes a 20 mosquitos fêmeas (afinal, os machos não se alimentam de sangue). Elas notaram que, na grande maioria das vezes, os mosquitos se direcionavam as pessoas de sangue tipo O.

Já em 2004, um estudo desenvolvido por uma equipe de pesquisadores japoneses e publicado no Journal of Medical Entomology buscou examinar mais a fundo a preferência dos mosquitos por diferentes tipos de sangue. Ao todo, 64 participantes se expuseram voluntariamente a uma série de mosquitos fêmea.
Para garantir a segurança das pessoas, os mosquitos tiveram suas trombas extraídas. Mais uma vez, os voluntários de sangue tipo O foram os mais atacados. Entre eles, a maior parte dos insetos buscava as pessoas que secretavam sacarídeos – ou seja, açúcar – pela pele.


Cerveja

Independente do tipo de sangue que você possui você ainda tem chances de atrair alguns mosquitos. Um estudo realizado em 2002 na Toyama Medical and Pharmaceutical University, no Japão, mostrou que consumir uma simples lata de cerveja pode fazer com que uma pessoa pareça mais apetitosa para os insetos.
No entanto, o que acontece no nosso organismo para que a cerveja deixe o sangue mais adocicado de acordo com o gosto dos mosquitos continua sendo um mistério. Os pesquisadores cogitaram que a quantidade de álcool no suor de uma pessoa ou o aumento da temperatura devido à ingestão da bebida pudessem servir como explicação, mas os testes provaram que esses fatores não influenciam na escolha dos insetos.
E você deve estar se perguntando se os mosquitos ficam embriagados após sugar o sangue de alguém que bebeu cerveja e a resposta é não. Os entomologistas sabem que os insetos podem ficar inebriados, mas a quantidade de álcool presente na porção de sangue consumida pelo mosquito é pequena demais para surtir efeito.



Tenham todos um lindo fim de semana e de preferência sem mosquitos.


Tim-Tim!

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger