sábado, 6 de dezembro de 2014

"NEO-DAY" - - "O SONHO QUE VIROU REALIDADE" - - Neo Cirne



“O Sonho que virou realidade”


Por Neo Cirne


Passamos boa parte da vida sonhando e desejando alguma coisa diferente que o nosso dia a dia não nos permitiu possuir. Sonhamos com uma viagem linda, sonhamos com pessoas e com lugares lindos, de forma tão nítida que pode até parecer que já estivemos naquele local. São sonhos gostosos e muitas vezes recorrentes - que voltam a acontecer. Alguns nos acompanham por boa parte da vida e inconscientemente passamos a desejá-los, muito... Imensamente. Tornar um sonho realidade não é uma coisa fácil de acontecer. Há necessidade que outros fatores estejam alinhados, portais se abram permitindo a sua sintonia plena neste grande encontro entre a sua realidade e o seu sonho.

Durante quase toda a minha infância e adolescência eu sonhava com um lindo caminho em volta de um lago, cercado por um majestoso bambuzal. Os bambuzais sempre me fazem lembrar os portais dimensionais, eles possuem uma energia imensa. São espaços que a cultura ocidental desconhece a chave de acesso. O local que eu sonhava era um local silencioso, bonito e tranquilo. Lá, eu caminhava observando a beleza do ambiente, apreciava o lago com suas águas calmas. Eu ia sentindo o ar puro da vegetação e ouvindo uma melodia, que parecia vir dos bambus balançando ao vento leve, que refrescava o meu rosto. O perfume das flores era intenso, delicioso. 

Ao fim do caminho existia uma construção branca, um prédio antigo, com colunas, que mais parecia um hotel. Ouvia, no meu sonho, o som de crianças brincando na piscina e um cheiro delicioso de comida, feita em fogão à lenha, que tomava conta do ar. Sempre que no sonho, me aproximava deste momento, eu acordava. Ao despertar pensava assim: “que lugar bonito, que emoção seria poder estar neste local e viver este momento tão agradável”, e desejava muito. Eu não entendia o porquê da recorrência do mesmo ambiente, todos os dias em meus sonhos. Foram anos sonhando seguidamente, creiam.

O tempo passou. A idade adulta chegou, casei-me e tive duas lindas filhas. Um belo dia, numa viagem que fiz à cidade serrana de Miguel Pereira, no Estado do Rio, fizemos uma reserva num hotel da cidade. Estávamos encantados com a beleza das flores e antes de ir para o hotel, comecei a passear pela cidade. Depois de alguns minutos resolvi, então, ir para o nosso hotel. Por um descuido, errei o caminho e entrei por um portão, que dava num lago cercado por um lindo bambuzal. Sem perceber, meti o pé no freio do carro de maneira brusca e pedi silêncio às crianças que cantavam no banco de trás, encostei o carro, desliguei-o e pedi à minha esposa que aguardasse um pouquinho. 
Saí do carro, fui até o lago, abaixei-me e molhei meu rosto com aquela água fresca e olhando em volta vi que tudo batia com aquele sonho... Sim! Eu estava vivendo aquele sonho de tantos anos. Senti uma paz imensa e um prazer inenarrável. 

Parecendo em transe, comecei a caminhar pela trilha em torno do lago, passando pelo bambuzal.  Podia sentir todos os elementos que acalentaram meu sonho durante décadas; a brisa em meu rosto, o canto dos pássaros e o gemido dos bambus, como se estivessem entoando um cântico. Neste instante, minha mulher, percebendo o meu momento único, assumiu a direção do carro, e disse, lá da estradinha, que me esperaria no fim do lago.

Acenei-lhe com o sinal de positivo e segui vivendo a emoção deste encontro tão desejado. Cada ponto desta caminhada era conhecido por mim. Eu já estivera aqui muitas vezes em sonhos, pensava. Na realidade, eu fui pouquíssimas vezes naquela região serrana e com certeza, nunca fora àquele local. Só em sonhos ou em outra vida, pensei. Pode ser... Na vida tudo é possível.

Só sei é que ao chegar ao fim do caminho, comecei a sentir o perfume das flores, o cheiro da comida gostosa, vi meu carro estacionado na porta do Hotel Summerville. Fui me aproximando e observei a alegria das minhas filhas pequenas, brincando em volta da piscina e minha esposa a me esperar com um lindo sorriso e um drink para brindar a beleza do lugar. Foi um momento mágico eu estava certo que havia sonhado aquele momento e, emocionado, abraçado a ela, chorei muito e agradeci a Deus aquele momento único.

Acabamos desmarcando a reserva do outro hotel e ficamos naquele fim de semana curtindo as delícias daquela cidade serrana, que já não é a mesma. O progresso chegou. O hotel Summerville não existe mais - eu procurei no Google e não encontrei - acredito que realmente não exista mais... Minha esposa e a filha mais nova também já não estão mais neste plano, partiram... Elas vivem na nossa saudade e doce memória.

Acho até que o local, o lago e o bambuzal, não devem existir mais... Coisas da ganância e da modernidade. Infelizmente, tudo se transforma deixando sempre uma emoção, que pode ser boa ou ruim. Neste caso foi uma ótima emoção.

Parece que aquele sonho e aquele local, cumpriram suas missões em minha vida. Pois, a partir deste encontro feliz, nunca mais voltei à cidade de Miguel Pereira, mas guardamos uma grande saudade.

Foi um sonho maravilhoso que se concretizou, tornou-se realidade. Mas, como era apenas um sonho, marcou sua presença e findou. Nunca mais sonhei um sonho tão real e que me fizesse tão feliz.


Acreditem nos seus sonhos. Eles um dia poderão se tornar realidade. Construam caminhos positivos. Quem sabe assim vocês possam ter um Neo-Day (novo dia) bem feliz. 
Desejamos lindos sonhos realizáveis para todos vocês, cheios de Paz, Amor e Luz!


Tim-Tim!

Neo Cirne
Colunista de UBAV-BRASIL




Falando em bambuzal: 


Existe um outro bambuzal que me encantou tremendamente, tanto que, quando eu o vi, em 2006, pensei: ainda vou residir aqui. E, acabei morando por 5 anos, foram anos maravilhosos. 
Refiro-me ao bambuzal que fica no acesso do Aeroporto Internacional de Salvador - Deputado Luís Eduardo Magalhães. É simplesmente fantástico. Um cartão postal que estava correndo risco pelas obras de ampliação do aeroporto. 

Em 2015 quero voltar à Bahia e curtir lugares que eu amava muito. Você já foi à Bahia, nego? Não? Então vá! - Dizia Dorival Caymmi em sua canção Saudades da Bahia. As férias estão chegando e rever os encantos daquela terra maravilhosa será muito bom! 

Tim-Tim!

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger