quarta-feira, 11 de junho de 2014

FALANDO DE AMOR (VIII) - Pare, Olhe e Escute um bom conselho! - Por Neo Cirne

Pare, Olhe e Escute um bom conselho!


Meus amigos, quantas vezes passamos batidos por uma opinião ou um conselho amigo e tomamos a nossa decisão na base do impulso, da emoção. Isto é muito comum no trabalho e nos casos de amor, principalmente aqueles que envolvem relacionamentos estremecidos ou em dúvida. As pessoas, na maioria das vezes, estão tão ansiosas que agem no calor da emoção, deixando de lado a razão. 

Pessoas próximas, íntimas do casal, familiares e amigos, mesmo com receio de darem seus pitacos em briga de casal, pois sabem da verdade do ditado que "Em briga de marido e mulher não se mate a colher" quebram esta barreira e procuram aconselhar. Nem sempre acertam em seus conselhos, mas demonstram, quase sempre, grande interesse em ajudar os envolvidos na questão discordante. 

Podemos ouvi-los ou não, a decisão é nossa. Porém, devemos pensar assim: se o meu amigo perdeu seu tempo tentando me mostrar a luz para a resolver o meu problema, mesmo que eu discorde, tenho que levar em consideração, pode ser que ele seja muito positivo. Não posso passar batido, tapar meus ouvidos e agir no ímpeto, eu posso estar errado e com as palavras do amigo poderei encontrar a luz que irá amenizar a dor do coração ferido, de qualquer forma é necessário usar a lógica das travessias férreas: Pare, Olhe e Escute com atenção, a resposta da sua dor pode vir perfeitamente de um conselho amigo.


Com a era da globalização, excesso de informações, a nossa mente não tem mais tempo de maturar algumas decisões. Existem pessoas que sofrem diariamente com a ansiedade global. Na rua ou em casa as informações chegam aos borbotões. São torpedos diversos, dos amigos, propagandas, curtidas do Facebook, aviso de mensagens de e-mail, diversos, inclusive um especial que pode ser do(a) namorado(a), mas estes não são lidos com o carinho que necessitam. Isto decorre devido ao excesso de informações. 

Nosso cérebro não tem tempo de programar-se para esta troca de carinho. Há necessidade de reeducar o nosso comportamento face ao desenvolvimento tecnológico.

O querido amigo, médico e escritor, Augusto Cury, disse hoje, 11/06, no Programa da Fátima Bernardes, que o ser humano necessita muito dedicar um tempo limite para manusear seus celulares, smartphones, tablets, internet e TV. 

Devemos reservar um tempinho diariamente para dar oportunidade de descanso para o cérebro e que o excesso de contato com a tecnologia informativa aumenta demais a dose de ansiedade diária a qual somos submetidos. Concordamos plenamente com o dileto amigo. 


Tem gente que vive triste e num nível de estresse insuportável, tratando as pessoas de maneira igual e sem fazer distinção, na maneira em que fala, quando se dirige à pessoa amada. Conheço alguns homens que dizem amar suas esposas, que as chamam de VÉIO - CARA - MÃE - MEU - MEU IRMÃO -, expressões ridículas, ditas na hora de uma conversa do casal ou na rotina da família, às vezes na presença dos filhos. Não chegam a perceber a distância que estas expressões colocam entre os casais. Onde estão as expressões MEU BEM - MEU AMOR - MEU ANJO - DOCINHO - QUERIDA - MEU SONHO - AMORZINHO, que tanto fazem bem ao casal? Parece que estão sumindo, não é verdade? Quem usa estas expressões diz que este jeitão é fruto do excesso de ansiedade, que é romantismo não é coisa atual. Eu discordo e digo que, no mínimo, isto é falta de respeito com o ser amado... Isto não é amor, é falta de educação. A mulher que é chamada esta expressão: "PÔ CARA!" deve fazer ouvido de mercador? Será a solução? Acho que não, é necessário conversar num momento mais calmo e falar da sua insatisfação. 

Conversar é sempre o caminho e a meditação serena sobre os fatos, também nos fará muito bem. O mundo está triste com o excesso de informações sobre violência e falta de valores morais. Principalmente os excessos do noticiário dos tele-jornais.


Meditar é um excelente caminho, nem que seja um minuto por dia, como costuma dizer Prem Baba, um guru brasileiro que goza de fama internacional. Ele faz um desafio para que qualquer um de nós, que queira melhorar sua condição emocional, faça durante sete dias 1 minuto de meditação e neste momento relaxe inteiramente e que, caso se sinta bem ao final dos sete dias, continue por mais 21 dias esta sequência de meditações. Isto lhe fará muito bem. 

Diz Prem Baba - Como fazer a sua meditação:
Escolha um local tranquilo - Feche os olhos - respire suavemente - procure assistir o que se passa dentro de você e seja seu observador e conselheiro - curta o silêncio - você aos poucos encontrará a paz que necessita e começará a viver uma mudança pessoal, onde você despertará o seu Eu interior, promovendo este grande encontro entre você e a sua voz interior.

Pois é meus amigos, para aumentar as suas chances de felicidade plena, deixe de lado o excesso de informações, diminua a sua ansiedade, encontre-se através de uma simples meditação... Não se perca de você. 

Não deixe que conduzam o seu pensamento com facilidade. Assim como nas situações amorosas, devemos guardar um tempinho especial para curtir a emoção deliciosa de amar. Desligue o telefone na hora do grande momento amoroso, não existe coisa pior do que o telefone tocar na hora do rala-e-rola. 

Amanhã, dia 12 de junho, aqueles que tem a sorte de ter um(a) namorado(a) legal, não devem deixar que a emoção da estréia da nossa seleção estrague o seu clima romântico. Sei que a Copa contamina as emoções deste momento, mas o futebol é apenas um instante e o amor deve ser tratado com carinho, ele vale mais que mil conquistas da Copa do Mundo, é um sonho para uma vida inteira.


O grande momento de amanhã deve ser reservado para o seu amor, se tiverem que torcer, torçam juntos... Aproximem-se. É muito triste em datas como esta do Dia dos Namorados, ver um casal vivendo esta situação: ele passar o dia vendo futebol com os amigos e ela nos shoppings ou em casa, pendurada no Face... isto não vai dar certo!



Quem ama, torce junto. Mesmo quando seu amor não está por perto, leva o seu amor no coração. Já quem ama e está perto da pessoa amada tem obrigação de extrair de si o melhor carinho e oferecer ao seu amor neste lindo dia 12 de junho.


Feliz Dia dos Namorados!


Neo Cirne
Fundador e Colunista
e Coordenador de
UBAV-Brasil

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger