quarta-feira, 5 de março de 2014

"TAL PAI... TAL FILHO" - Educar x Espancar - A Orientação Familiar de SUELI SANTOS -

É sempre motivo de satisfação receber as orientações eficientes de Sueli Santos, nossa grande amiga e tão dedicada à sua especialidade terapêutica. Neste lindo mês de março ela nos brinda com mais uma de suas importantes mensagens. Antes vamos ler a breve apresentação que fez da sua orientação. Boa leitura.- Neo Cirne.




Envio esse mês uma reflexão sobre o abuso de autoridades de alguns pais, permeado com a impaciência e o descontrole que acomete grande numero de pais, que mesmo estando no século XXI, e tendo na Constituição Brasileira Lei de Proteção à Criança, ainda vemos pais que descontrolados tentam corrigir os filhos castigos físicos, desrespeitando-os enquanto indivíduos que são.
Seria interessante que  pais e mães se convencessem de que vale a pena tentar ser compreensivos e afetuosos, estando presentes o maior tempo possível com o filho, acompanhando de perto o seu crescimento e educação. Assim, sabendo dosar a autoridade com a permissividade, procurando acompanhar o desenvolvimento dos mesmos de forma amorosa e compreensiva.
Sueli


Educar X Espancar

Embora proibido  por lei, a aplicação de castigos físicos aos filhos ainda prevalece em amplas camadas da sociedade brasileira, às vezes com resultados dramáticos.

Muitos pais espancam os filhos porque apanharam quando crianças e acreditam que este é o único método educacional que funciona.
Parece  óbvio que educar sem bater ou gritar é mais trabalhoso porque exige autocontrole, tempo e paciência, mas seria interessante que  pais e mães se convençam de que vale a pena tentar ser compreensivos e afetuosos, estando presente o maior tempo possível com os filhos, acompanhando de perto o seu crescimento e sua educação, sabendo dosar a autoridade com a permissividade.

Na verdade o que tira o sono dos pais  e mães, é que ser “permissivo” e compreensivo pode produzir desafios no presente e não garante que você terá um filho saudável e feliz, mas uma coisa é quase certa: quanto mais sofrem castigos físicos e verbais, mais desobedientes e agressivos os filhos se tornam. 


E como o castigo físico se associa, habitualmente, a agressões, seu filho poderá ser um adulto agressivo e desrespeitoso, com você e com outras pessoas.



TIM-TIM!




Sueli Pereira dos Santos
CRT 25.188

Terapeuta Sistêmica (Família, individual e casal) – Psicopedagoga clínica – Letras - Psicomotricidade e Desenvolvimento Humano. 

Distúrbios/Transtornos de Aprendizagem – Aprendizagem e Psicopedagogia - Bioenergia - Dinâmicas de Grupo - Educação e Psicologia Social/clinica – Leitura corporal 

Exerce atividade clínica em Belo Horizonte - MG 

www.terapeutasistemica.blogspot.com



Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger