quinta-feira, 6 de março de 2014

"MEMÓRIA CURTA?" - Sete exercícios para turbinar a memória - - - Matéria enviada por Sueli Santos

Olá amigos, bom dia! Às vezes, observo as notícias nos telejornais e vejo muitos excessos provocados pelo álcool, atos de vandalismo onde os jovens, bêbados emporcalham as ruas, picham as casas e saqueiam lojas, sem qualquer atitude policial no sentido de impedir estas condutas tão ruins para a sociedade. Quando a polícia chega a prender estes meliantes as nossas frágeis leis os soltam. Fica difícil assim!

Apesar de termos tido um carnaval tranquilo, o que não é normal, a realidade do dia a dia do brasileiro é bem outra, a violência e impunidade continuam acontecendo. Pagamos a maior carga tributária do mundo, temos uma educação deficiente e um dos piores atendimentos de saúde. 

As pessoas parecem que tem memória curta, já que repetem nas urnas os mesmos erros do passado, dando permissão para os mensaleiros, arruaceiros, baderneiros e "novos justiceiros" surjam, mostrando a fragilidade de um Brasil que não queremos. 

Chega de memória curta,  esforcem-se para turbiná-la, aumentando seu alcance.

Recebi um artigo da querida amiga mineira, Sueli Santos, colunista do projeto Um Brinde À Vida, ele fala de sete exercícios muito bons para melhorar a sua memória. É bem interessante e oportuna esta matéria. Vamos ler?






7 exercícios para turbinar a memória

As técnicas para melhorar a atenção e a concentração são eficientes para quem quer memorizar melhor e, depois, resgatar com facilidade o que aprendeu. Confira essas dicas:


1 - Sair do “piloto automático” e fazer coisas diferentes a cada dia, que saiam um pouco da rotina, já ajudam a trabalhar
o que os médicos chamam de atenção ativa. Vale fazer as compras semanais em um supermercado diferente, mudar o
caminho para o trabalho ou tentar um restaurante novo no fim de semana. Novidades em geral fazem bem à memória!


2 - Para melhorar a sua memória visual, auditiva e tátil, observe detalhadamente uma moeda de 25 centavos e outra de 1 real,
estudando bem as semelhanças e diferenças de cada uma. Após um minuto, cubra-as com um papel e tente desenhá-las com o
maior número possível de detalhes. Depois, avalie seu desempenho, comparando seus desenhos e as moedas.
Em seguida, recomece o exercício, colocando as moedas em um saco e tentando descobrir, pelo tato, qual é a de 25 centavos.
Durante o exercício, passe os dedos sobre as moedas e imagine-se olhando para elas.


3 - Para associar nomes e fisionomias de pessoas conhecidas, faça associações verbais.
Se o objetivo é memorizar um nome, como Alcino, por exemplo, ou uma pessoa que tem um bigode marcante, crie uma associação do tipo:
“Ele tem um sino na boca”. Quando o encontrar, você certamente lembrará do sino, e a ligação será quase automática.
E arrisque. Quanto mais inusitada a associação, melhor para sua memória.


4 - A concentração, importantíssima para o processo de memorização, também pode ser trabalhada com exercícios simples,
como a técnica do ponto fixo. Para treinar, fixe um objeto de mais ou menos 5 centímetros de diâmetro à sua frente, na parede.
Deixe todos os outros pensamentos de lado enquanto estiver olhando aquele ponto e volte a seu foco de atenção sempre que necessário.
Repita o exercício por 3 minutos, todos os dias.


5 - A habilidade de resgatar dados também é fundamental para a memória. Para treinar essa capacidade, fale, em voz alta,
durante um minuto, o que você consegue comprar com uma nota de 1 real e com uma nota de 10 reais.
Em seguida, fale, em voz alta, o que poderia comprar com as duas notas juntas por mais um minuto.
Procure lembrar-se de tudo o que falou e escreva.
Repita com outros elementos, colocando obstáculos sempre maiores à sua mente.


6 - Se você sempre se esquece se tomou ou não o seu remédio, acostume-se a conversar consigo mesma, dizendo algo como:
“Missão cumprida, já tomei meu remédio hoje”, logo depois de bebê-lo.
Essa simples frase ajudará a guardar o ato, já automático, na memória.


7 - Essa também melhora a concentração: sem escrever, escolha uma palavra e soletre-a de trás para a frente.
Comece com palavras curtas e que conhece bem e passe gradualmente para palavras mais longas e complicadas.
Continue o exercício até que verifique que ele já não é tão desafiador.

 
 
Fonte: Revista Viva Saúde - 24/02/14.





PRA DESCONTRAIR UM POUCO...



Cuide a sua memória


TIM-TIM!


Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger