sexta-feira, 6 de setembro de 2013

"Bom Dia Tim-Tim! - O comentário da semana e um conto motivacional... Os lobos internos - Por Neo Cirne

Queridos amigos, bom dia! Chegamos a mais um fim de semana e rapidamente alcançaremos o fim do ano, se Deus permitir, ano que vem teremos um novo ciclo esperançoso. 
Compreendo que vivemos dias difíceis, onde a ameaça internacional de uma nova guerra na Síria, aponta de maneira bem incisiva para uma 3ª Guerra Mundial. Por aqui, no Brasil, sofremos com o aumento do vandalismo e da baderna, onde o desrespeito às Leis e às Autoridades aumentam tremendamente. 
Este é um tema muito vasto e de opiniões múltiplas, porém, cabe-nos enfatizar que se não estamos satisfeitos com uma situação incômoda devemos nos mobilizar para mudá-la. 

No caso da situação política atual, devemos promover a transformação democraticamente, através do nosso voto consciente. Só assim poderemos alterar este cenário de abandono que vivemos, onde políticos oportunistas são flagrados em atividades ilegais. A classe política comprometida com a ilegalidade tenta proteger os seus companheiros, como no caso do Deputado Natan Donadon, preso e condenado em última instância, a pena de regime fechado. Seus companheiros, em sessão secreta, votaram pela permanência de seu "mandato político"... O mau exemplo político reflete-se nas ruas e a impunidade estimula nossos jovens a extrapolarem suas atitudes. Nesta luta do bem contra o mal, podemos afirmar que ninguém é santo. Atirar pedras, expor a sociedade ao convívio com a violência não é saudável para ninguém, muito menos para o nosso país.

Amanhã, será comemorada uma das datas mais importantes do calendário cívico brasileiro, o Dia da Independência do Brasil. Durante estes 191 anos que sucederam ao momento, onde D.Pedro I, às margens do Rio Ipiranga, rompeu os laços de submissão política com o governo português, até os dias atuais, muita coisa mudou... Na época, o imperador do nosso jovem país, agora independente, observava que a missão seria árdua por vários motivos, destacava-se a educação e a territorialidade. Durante o Império Brasileiro, aconteceram atos de revolta, lutas internas e a Guerra do Paraguai, momentos duros para a jovem nação na afirmação da sua nacionalidade. 

O reconhecimento da independência brasileira veio através dos seguintes países, Estados Unidos e México. Já Portugal, que passava por grave momento econômico, fruto da Guerra Napoleônica e do fim da exploração das riquezas minerais brasileiras, aproveitou para exigir o pagamento de dois milhões de libras esterlinas para reconhecer o Brasil como independente... 
O império, sem ter dinheiro, recorreu a um empréstimo da Inglaterra. Apesar de ter grande valor este fato provocou rupturas sociais no país. O povo mais pobre e desinformado sequer acompanhou ou entendeu o significado da independência. A estrutura agrária permaneceu a mesma, a escravidão foi mantida e a distribuição de renda continuou desigual, até os dias de hoje.     


Apesar de tudo, eu acredito que temos muito para comemorar no dia de amanhã. Aos poucos, não tenho dúvida, conseguiremos aperfeiçoar a sociedade e seu regime político. Porém, neste "Bom Dia Tim-Tim", deixo claro que nenhuma conquista será eficaz e permanente se não olharmos com carinho a Educação, melhorando a sua qualidade e alcance. Bem como, o apoio à Justiça, aperfeiçoando a qualidade de nossas leis, da formação de nossos advogados e no aprimoramento dos nossos magistrados. 




Parabéns brasileiros! Parabéns Brasil, pelos 191 anos da sua independência. Continuo afirmando que a nossa nação, apesar de suas enormes diferenças sociais, é um dos países mais livres, mais ricos em cultura, mais lindos pelo povo que tem e pela geografia privilegiada. Tenho muito orgulho em ser brasileiro!


Vamos fazer da data que nos lembra a Independência do brasil um momento de reflexão e de paz. 

Tim-Tim! 

Neo Cirne 






OS LOBOS INTERNOS




Um velho avô disse a seu neto, que veio a ele com raiva de um amigo que lhe havia feito uma injustiça:

- Deixe-me contar-lhe uma história. Eu mesmo, algumas vezes, senti grande ódio daqueles que aprontaram tanto, sem qualquer arrependimento daquilo que fizeram. Todavia, o ódio corrói você, mas não fere seu inimigo. É o mesmo que tomar veneno, desejando que seu inimigo morra. Lutei muitas vezes contra estes sentimentos.

E ele continuou: 

- É como se existissem dois lobos dentro de mim. Um deles é bom e não magoa. Ele vive em harmonia com todos ao redor dele e não se ofende quando não se teve intenção de ofender. Ele só lutará quando for certo fazer isto, e da maneira correta. Mas o outro lobo, este é cheio de raiva. Mesmo as pequeninas coisas o lançam num ataque de ira! Ele briga com todos, o tempo todo, sem qualquer motivo. Ele não pode pensar porque sua raiva e seu ódio são muito grandes. É uma raiva inútil, pois não irá mudar coisa nenhuma. Algumas vezes é difícil de conviver com estes dois lobos dentro de mim, pois ambos tentam dominar meu espírito.

O garoto olhou intensamente nos olhos de seu avô e perguntou:

- Qual deles vence, vovô?

O avô sorriu e respondeu baixinho:

- Aquele que eu alimento mais freqüentemente. 

(Autor Anônimo)




Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger