segunda-feira, 26 de agosto de 2013

"LI E RECOMENDO" - O Homem e seus símbolos - Por Neo Cirne


Bom dia amigos, começo a semana fazendo duas perguntas pra vocês: Quantas vezes somos surpreendidos por nossos sonhos? Quantas vezes sonhamos sonhos felizes?

Mesmo sonhando o melhor não acordamos muito bem, pois gostaríamos muito de não ter despertado, afinal, o sonho estava delicioso, não é verdade? 






Outras vezes, porém, durante os sonhos, nos debatemos, lutamos, suamos intensamente e até pedimos socorro na madrugada, como se alguém pudesse invadir a nossa consciência e nos salvar de uma situação de perigo que só existe em nossa mente inconsciente, é evidente não podemos ser ajudados e sim despertados.


Existem os sonhos maravilhosos, aqueles que nunca mais esquecemos. Existem os sonhos com familiares ou aqueles que sonhamos com lugares e pessoas estranhas, que nunca existiram de verdade em nossa vida, estas pessoas e lugares só existem no nosso imaginário.

 Vez por outra, acontecem casos interessantes como o de sonhar repetidas vezes com o mesmo lugar, com o mesmo cenário, até que num dia da vida, você fica estaqueado... Parado e Confuso, pois você observa que está diante do lugar que emoldurou seus sonhos.


Comigo não foi diferente. Recordo, que eu sonhava desde criança que passava por um caminho lindo, mágico, que parecia um grande portal, por ele eu chegava a um lugar lindo. Lá encontrava pessoas felizes, alegres, sons e comidas diferentes, deliciosas. Eram sonhos maravilhosos e muito repetidos. Eu só não sabia onde era aquele lugar, sabia que após aquele grande bambuzal morava a felicidade. Ele era imenso, diferente de todos os caminhos e bambuzais que conhecia. Tinha uma extensão de mais ou menos 1 quilômetro... Era lindo! 

Tive este sonho recorrente durante uns 30 anos, depois eles passaram e outros cenários foram surgindo e mobiliando meus sonhos. Por três vezes fui a Salvador-BA de carro, todas em viagem de férias e pela rodovia BR 101. Até que um dia, viajando de avião, ao sair do Aeroporto Internacional de Salvador Deputado Luís Eduardo Magalhães, deparei-me com o cenário que habitou meus sonhos: um lindo e imenso bambuzal



Aquele era o meu portal da felicidade, imediatamente, vi surgir a possibilidade de viver o meu sonho de vida. Assim fiz, mudei-me para Salvador, fui morar na deliciosa praia de Ipitanga, praia de águas quentinhas e de frequentadores felizes. É a primeira praia do Município de Lauro de Freitas, que faz limite com o norte de Salvador. Naquele cenário que passei a viver pude receber meus melhores amigos, minha filha e o amor da minha vida. Fui imensamente feliz durante 05 anos. Tudo foi perfeito, tal qual o meu sonho.  


Quantos de vocês viveram situações como esta? Muitos, talvez, não é verdade? Sonhar é muito bom e não custa nada. Deixe-se levar nas boas ondas de seus pensamentos e seus sonhos serão serenos, de luz, amor e de paz.

Esta narrativa pessoal serve para estimular a leitura de um livro que quero muito indicar a vocês, já que os sonhos tem sido analisados há séculos, chama-se: 
"O Homem e seus Símbolos".







Livro que foi o último escrito pela "Pai da Psicologia Analítica", Carl Gustav Jung, (1875 - 1961), importante psiquiatra e psicoterapeuta suíço. O livro O HOMEM E SEUS SÍMBOLOS, foi editado pela Editora Nova Fronteira, e é um grande sucesso, tendo alcançado dezenas de edições.


Uma leitura interessante para quem gosta e lida com as variações do pensamento universal.



Esta é uma ótima indicação pra vocês. 


Este livro será a nossa premiação principal da 8ª Etapa do Concurso de Frases UBAV-BR






TIM-TIM!

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger