quinta-feira, 18 de julho de 2013

"VISÃO POSITIVA" - Estoques estratégicos vão agilizar a assistência às vítimas de desastres - Por Agência Brasil

Estoques estratégicos vão agilizar assistência às vítimas de desastres



Marcelo Brandão
Repórter da Agência Brasil
Brasília - O secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, e o presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Wagner Pinheiro de Oliveira, assinaram hoje (17) contrato para a criação de estoques estratégicos de assistência humanitária. Serão adquiridos kits com itens de limpeza e higiene pessoal, alimentos, água mineral e dormitórios, com capacidade para até cinco pessoas.
O material ficará em centros de distribuição em Manaus, Porto Alegre, no Rio de Janeiro, Recife e em Brasília. Assim, cada região do país contará com um centro para agilizar o atendimento às pessoas atingidas por desastres.
Viana destacou a importância de contar com centros de apoio próximos às vítimas. “Os implementos que a gente adota nas primeiras 48 horas do desastre, como alimentos, remédios e kits de higiene, dependendo das circunstâncias, a gente poderia levar até dez dias para entregar. Em dez dias as pessoas já estão fora da emergência. Com este novo modelo de distribuição, dependendo do lugar, nós podemos enviar em até 24 horas”.

Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

"MATÉRIA REFLEXIVA" - - RETORNO AO FEMININO - - Por Ruth Fairfield



RETORNO AO FEMININO.

Por Ruth Fairfield


Tudo no Universo é energia...
Esta se polariza pela tensão de opostos...
O Ser Humano tem em si as duas polaridades...
Yin e Yang... São dois polos contrários e que geram tensão.


Quando irradiamos só a partir do Yang, projetamos força para o exterior e abdicamos da interiorização do recolhimento interior (yin), para usufruir da reflexão e recolher o aprendizado da experiência, da sabedoria do Ser feminino em Nós.

Ao longo de milênios tem sido manifestada esta tensão por alternância, por ciclos cósmicos... A memória destas experiências manifesta-se dentro de todos Nós... Um novo ciclo... Uma nova aurora está emergindo para a humanidade e cada ser humano. Para que possamos integrar uma nova realidade nesta polaridade.

A receptividade interiorizada acordará o Homem para uma nova sensibilidade, manifestando-se dentro e irradiando fora. Tornando-nos mais amorosos e compreensivos para fora, acordando o cardíaco.


Ao nível da concepção mentalista que se subjuga pela evidente aparência, a confusão está a instalar-se dentro de muitos seres Humanos trazendo à superfície seus vícios Kármicos e redutores, manifestando seus velhos padrões de se relacionar com estas duas fontes em Si...


Atualmente vivemos numa sociedade masculina / Yang onde se valoriza o poder, a afirmação, a conquista, o sucesso. A perda progressiva com o polo Yin, com o lado feminino, interiorizado, com o sentir que nasce do silêncio, da visão interna como fonte de inspiração, com o saber da dimensão da Vida na sua profundidade, gerou uma falsa imagem da verdadeira essência do Ser Humano, que tem sido personificada pela constante alternância de poder entre Homens e Mulheres. 

A Matriz feminina é regida pelo coração, ai reside a força que se conquista pela vulnerabilidade... Pelo sentir.
A perda da interioridade seca a vida interna o sentir profundo... Onde recolhemos e tomamos consciência do que em nós habita. Onde nos propomos à mudança pela reflexão das experiências com o outro.


Neste novo ciclo iremos gerar a Ascensão, a Harmonização dos Polos ou perpetuar o conflito.
A nossa evolução através da Vida é processada na vivência e interação com o mundo exterior é com os outros lá fora e com a dinâmica relacional que poderemos crescer escolher mudar ao nível do yang, da projeção de nossas convicções e crenças, ficamos numa esfera egóica, apenas nos vemos a nós e desenvolvemos padrões inconscientes de reatividade conflituosa. O mais interessante é que depois criamos o sentimento vitimizante, de que o outro não nos vê. Assim vamos perpetuando e recriando relações de "vampirização", de dependência e de uma profunda ausência da verdadeira essência espiritual, que as relações nos proporcionam.

É importante aceitar o fato que todos os relacionamentos não nascem de uma osmose perfeita, pelo contrário eles proporcionam a experiência de crescer em conjunto, trazendo assim a oportunidade para o desenvolvimento evolutivo pessoal. Eles oferecem obstáculos, recompensas e a possibilidade de crescer através da experiência vivida a dois.
Todos os relacionamentos contêm um potencial para o desenvolvimento espiritual.

A Humanidade... O Ser Humano no seu processo de ascensão irá reencontrar a fusão energética destes polos em Si, para que assim possa ascender á energia da Unidade.
É uma ilusão e utopia querer fundir- me em unidade com o coletivo enquanto não tiver integrado o movimento inteligente da Matriz de união na esfera relacional... Tudo tem a sua ordem e o Universo é inteligente e sistêmico.

No Universo interior do ser Humano, por propagação de poder energético e livre arbítrio, manifestando fora o que integrou dentro e a forma como o fez, irão homens e mulheres acentuar a sua divisão, conflito ou harmonizar acordando para a Matriz da sensibilidade, consciência amorosa do outro e da oportunidade inteligente de crescimento individual, sem projeção, mas sim recriar-me através da vivência com o outro, conhecer-me, dar-me e receber.
Cabe a Mulheres e homens acordarem para este novo ciclo com outro estado de consciência a assim criarem uma dinâmica criativa da realidade individual num contexto relacional. Por isso a era de Aquário tem a tônica de aprendizado das corretas relações humanas.


Estaremos dois mil anos integrando esta nova matriz. Tudo tem o seu tempo e querer integrar a consciência de unidade no coletivo planetário sem a experiência e interação relacional, quer seja de for intimo, familiar, social, profissional, é um equivoco.
Se não sei coabitar harmonicamente com os seres íntimos da minha esfera quotidiana, como integrar o amor ao coletivo. Tudo tem uma ordem e um crescendo na inteligência da Vida em Nós. Em profundo Crescimento e comunhão.



Ruth Fairfield

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger