quarta-feira, 28 de novembro de 2012

"O CANTINHO DAS DEUSAS" HÁTOR - DEUSA EGÍPCIA DO AMOR - Por Odara Braun


Olá amigas e amigos,
No Céu do Zodíaco, reina Sagitário (22 de novembro a 21 de dezembro). E hoje vamos entrar em sintonia com a essência da Deusa Hátor, deusa do Egito Antigo, adorada por mais de 3 mil anos. Na astrologia egípcia, a Deusa Hátor tem analogia com o signo de Sagitário, daí a referência do reinado zodiacal.

Eu, Odélia Odara, como autêntica sagitariana do dia 30 de novembro, faço a minha homenagem e meus agradecimentos à Deusa Hator.
  
HÁTOR
Prazer

“Quando você vem a mim
eu tomo o seu espírito
das estrelas e o visto
num corpo de sensação.
Você está aqui para sentir o deleite,
desfrutar a recompensa,
conhecer a satisfação,
ter prazer em todos os caminhos,
de todas as maneiras,
em todos os aspectos.
O prazer faz seus olhos cintilarem,
anima sua a energia vital.
O requinte da existência é o prazer.
“Prepare-se para sentir-se muitíssimo bem ”.

ESCULTURA DA DEUSA HÁTOR
(Museu do Cairo)
 Embora tenha sido representada de várias formas, Hator foi principalmente associada à vaca alada, com chifres sobre a cabeça, entre os quais um disco solar e duas plumas.
Padroeira dos países estrangeiros, era uma divindade das mais importantes. Venerada tanto pela realeza, quanto pela população comum.
Hator, deusa do nascimento e da morte, auxiliava as mulheres durante o parto e era também considerada a Senhora do Ocidente, a que recebe os mortos na próxima vida.
A Deusa Hator  personificava os princípios do prazer, do toque, do amor, da beleza, da música, da alegria, da vaidade feminina e dos produtos de beleza.
Seu centro de culto era a cidade de Dendera, mas havia templos da Senhora de Dendera por toda parte.
Os nativos de Hator são audaciosos, aventureiros, conquistadores, mas sabem ser diplomáticos nas ocasiões certas. No amor possuem grande sensualidade e criatividade erótica.
Seu dia propício é a quarta-feira; sua flor a rosa amarela e o lírio; seu perfume o sândalo; sua cor, o azul em todos os tons; seu número de sorte 3; sua estrela- guia Antares, que ilumina a cabeça da deusa Hator e faz brilhar seus chifres de ouro e marfim.
Hator informa que o caminho para a totalidade é o prazer. Prazer pela vida, por você mesma, pelo outro.
Para homenagear Hator prepare um altar com incenso, velas perfumadas, flores e fitas. Um espelho também deve fazer parte do altar. Escolha música alegre, use pandeiro, chocalho, e dance, dance muito...
Se estiver desejando atrair um amor para sua vida, redija uma descrição do amor que está buscando e coloque no altar que preparou. Então cante, dance, e se sentir vontade faça a invocação ou  lindo poema que se segue.

CONSIDERAÇÕES DIDÁTICAS
IMHOTEP

Em 2769 a. C., o sábio Imhotep criou um calendário com 365 dias, dividido em doze meses sob a proteção de 12 divindades. O ano egípcio começava no dia 16 de julho, quando a estrela Sírius surgia no horizonte de Mênfis. Para saber qual a divindade que o protege, veja abaixo a tabela relacionada com o dia do seu nascimento. 

16 de julho a 15 de agosto - Rá
16 de agosto a 15 de setembro - Neit
16 de setembro a 15 de outubro - Maat
16 de outubro a 15 de novembro - Osíris
16 de novembro a 15 de dezembro - Hátor
16 de dezembro a 15 de janeiro - Anúbis
16 de janeiro a 15 de fevereiro - Bastet
16 de fevereiro a 15 de março - Taueret
16 de março a 15 de abril - Sekhmet
16 de abril a 15 de maio - Ptah
16 de maio a 15 de junho - Tot
16 de junho a 15 de julho - Isis

Hátor: considerada como uma grande sacerdotisa, ela é a deusa da música, da dança, dos prazeres e do amor. Ela se apresenta nas pinturas como uma vaca sagrada, uma mulher com a cabeça de vaca, uma rainha com orelhas de vaca ou com uma coroa composta de dois grandes chifres e um disco solar ao meio. É considerada também como a deusa da alegria, sendo representada com um chocalho na mão.

Características: altamente amorosa, é sempre alegre e protege seus nascidos contra qualquer tipo de contrariedade. O nascido neste período tem imenso bom humor. Sente-se atraído por grandes ideias, gosta de mudanças e o que o deixa ansioso é a solidão. Ele é feito para o sucesso.

OUTRAS DEFINIÇÕES DA DEUSA HÁTOR
HÁTOR, personificação das forças benéficas do céu, depois de Isis, é a mais venerada das deusas. Distribuidora do amor e da alegria, deusa do céu e protetora das mulheres, nutriz do deus Hórus e do faraó, patrona do amor, da alegria, da dança e da música. Também é a protetora da necrópole de Tebas, que sai da falésia para acolher os mortos e velar os túmulos. Seu centro de culto era a cidade de Dendera, mas havia templos dessa divindade por toda parte. É representada na forma de uma mulher com chifres de vaca e disco solar na cabeça, uma mulher com cabeça de vaca ou por uma vaca que usava um disco solar e duas plumas entre os chifres. Às vezes é retratada por um rosto de mulher visto de frente e provido de orelhas de vaca, a cabeleira separada em duas abas com as extremidades enroladas.

HÁTHOR – DEUSA DO AMOR

“Senhora do céu”, “alma das árvores”, ama-de-leite de Hórus, a vaca Hátor aparece com frequência nos mitos. É uma deusa benevolente, adorada em várias regiões, principalmente em seu templo de Dendera. Vaca tranquila que geralmente personifica o olho de Rá, amamentou Hórus quando nasceu. Uma vaca que usava um disco solar e duas plumas entre os chifres representava Hathor, deusa do céu e das mulheres, nutriz do deus Hórus e do faraó, patrona do amor, da alegria, da dança e da música, mas também das necrópoles. Seu centro de culto era a cidade de Dendera, mas havia templos dessa divindade por toda parte. Também era representada por uma mulher usando na cabeça o disco solar entre chifres de vaca, ou uma mulher com cabeça de vaca.

 

INVOCAÇÃO
“Deusa Hátor, eu entrego a minha decisão a vós, ao Eu Superior, ao Criador, e saio do meu próprio caminho. Obrigada por me ajudar a tomar a melhor decisão possível em favor do mais alto bem de todos os envolvidos. Por favor, me faça ouvir claramente a decisão do meu coração e minha mente, e me dê coragem e a energia para seguir vossa orientação. Que assim seja”.

POEMA PRECE
Senhora do prazer, governadora da alegria,
Rainha da dança, senhora da música,
Senhora do êxtase, rainha do romance,
Tu, Ó Hátor! Inebriação!

Envio minha prece à deusa Hátor.
Peço-lhe que me conceda aquele que desejo.
Quando estivermos juntos, agradecerei a Ela.
Alegremente,  agradecerei a Ela,

E meu amado bradará para mim:
Amada, amada, amada, em todo o vasto mundo,
Pela deusa, sou aquele destinado a tí.

Tu, Ó Hátor! Inebriação!
Inebriação! Ó Hator! Tu!

                                          

Muita Luz e Tim-Tim!
  
Odélia Odara

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger