sexta-feira, 18 de maio de 2012

TABAGISMO, GRAVIDEZ E OBESIDADE: O que dá esta combinação? Por Drª Silvia Maria Cury Ismael


Olá amigos, lemos esta mensagem e achamos de interesse divulgar aos nossos queridos leitores. A matéria estava publicada na revista da Companhia Aérea GOL, e foi escrita pela Drª Silvia Maria Cury Ismael - Gerente do serviço de psicologia do HCor - Hospital do Coração.

Em 31 de maio, é celebrado anualmente, o Dia Mundial sem tabaco, que foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1987, com o objetivo de atrair a atenção do mundo para a epidemia do tabagismo, que é uma doença que faz com que o indivíduo fique dependente do cigarro do ponto de vista físico e psicológico. Um dos graves problemas ainda observados e difíceis de manejar é o da gestante fumante.


O ideal é que a mulher que deseja engravidar deixe de fumar mesmo antes do início da gravidez, para que seu organismo possa ficar livre dos efeitos da nicotina, pois estes ainda perduram por dois meses após a cessação do cigarro. Mas isto não é o que acontece. Geralmente as mulheres para de fumar quando a gravidez é confirmada, o que é muito bom e importante. Porém, infelizmente, muitas não conseguem abandonar o cigarro. Existem alguns mitos e verdades sobre o ato de fumar durante a gestação.


MITOS

  • PARAR DE FUMAR PODE AUMENTAR A ANSIEDADE E GERAR ESTRESSE.
  • BEBÊS MENORES SÃO MAIS FÁCEIS DE NASCER.
  • EU FUMEI E MEUS FILHOS ESTÃO BEM.
  • VOU ENGORDAR SE EU PARAR.
  • CIGARROS LIGHT SÃO MAIS SEGUROS.
  • SERÁ MAIS FÁCIL PARAR DEPOIS QUE O BEBÊ NASCER.
VERDADES
  • NÃO PARAR E TER UM BEBÊ DOENTE GERA ANSIEDADE E ESTRESSE MUITO MAIOR.
  • BEBÊS MENORES PODEM TER UM RISCO MAIOR DE DOENÇAS.
  • FUMAR SEMPRE TRÁS RISCOS PARA O BEBÊ.
  • SE VOCÊ ENGORDAR E FIZER UMA DIETA SAUDÁVEL COM EXERCÍCIO FÍSICO AJUDARÁ VOCÊ A PERDER PESO
  • NENHUM TIPO DE CIGARRO É SAUDÁVEL OU SEGURO PARA A SAÚDE.

O bebê da mãe tabagista pode nascer abaixo do peso, ter problemas respiratórios e dificuldades motoras. Ainda pode haver o risco de placenta prévia, acarretando o nascimento precoce, o que pode gerar outras consequências.
Um estudo realizado na Holanda, na Universidade de Groningen, relatou que quase 800 bebês e fetos nascidos com problemas cardíacos congênitos, entre 1997 e 2008, demonstrando que eram filhos de mães fumantes e obesas. Isso acontecia em uma probabilidade 2,5 vezses quando comparado as mães que eram somente obesas ou que somente fumavam. Portanto, esta é uma associação que nos faz pensar. 

BENEFÍCIOS PARA A MÃE QUE PARA DE FUMAR NA GRAVIDEZ:

  • Saúde melhor para a mãe e para o bebê.
  • Peso ao nascer mais saudável
  • Chance maior de chegar ao final da gravidez.
  • Reduz o risco de cãncer e doença cardíaca para a mamãe e bebê
  • Menor risco de bronquite, pneumonia, asma, alergias e infecções de ouvido
O Hcor vem trabalhando nesta linha proposta pelo Ministério da Saúde com foco na prevenção de fatores de risco para doenças coronárias como o tabagismo e a obesidade.


Comentário de "Saúde Tim-Tim"

Um dos grandes segredos para a manutenção de uma saúde de qualidade é evitar os vícios do tabagismo, do álcool e da gula (pessoas que comem sem parar ou além do que seus organismos necessitam). Na realidade todos os vícios prejudicam as pessoas fisicamente ou emocionalmente, porém despertando a nossa "força de vontade" conseguimos aplacar o ímpeto viciante e num breve período de tempo, nos livramos dele. Devemos saber que os vícios são cíclicos e quando vivemos um estágio de baixa-estima existe uma tendência ao retorno. É assim com o tabagismo, com o álcool, com a alimentação irregular e compulsiva, com o jogo e até com o sexo. Sim, existem pessoas viciadas em tudo.... Depois de um período perdem sua baixa estima por uma falta absoluta de estima e padrões emocionais, podendo ocasionar, situações gravíssimas.
Nosso interesse com esta coluna Saúde Tim-Tim, é o de alertar as pessoas para terem uma boa qualidade de vida.

Tim-Tim! 

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger