quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

"Neo-Day" (08) GRATIDÃO... Qualidade essencial da Vida

Tema de hoje: Minha Gratidão ao Recife
Começo esta matéria falando da importância da Cidade de Recife no cenário nacional e particularmente na minha vida. Nas idas e vindas de minha caminhada deparei, em 1993, com esta linda cidade, capital do Estado de Pernambuco, possuidora de um povo bom e pacífico, dotado de boa culinária e muita tradição musical. Minha alegria foi tanta em conhecer Recife que juntei-me ao povo e dancei ciranda na pracinha em frente a Matriz de Boa Viagem. Depois voltei pra morar em 1996 e de 2004 a 2006.
 Em  20 de julho de 2006, foi inaugurado no Recife o Projeto Um Brinde à Vida, fruto da alegria de viver.

No cenário nacional Recife sempre foi considerada a capital do nordeste, terra de grandes poetas, ótimos escritores, líderes e grandes governantes. 

João Maurício de Nassau
O invasor holandês, o Conde João Maurício de Nassau, tornou muito próspera a bela Recife há quase quatro séculos atrás. Decidido a transformar o Recife em uma moderna capital, determinou o projeto da cidade Maurícia (Mauritsstad), responsável pelos atuais traçados urbanísticos dos bairros de Santo Antônio e São José, onde drenou terrenos, construiu canais, diques, pontes, palácios (Palácio de Friburgo e Palácio da Boa Vista), jardins (botânico e zoológico), um museu natural e um observatório astronômico. Organizou serviços públicos essenciais como o de bombeiros e de coleta de lixo. Trouxe a cultura da cana de açúcar que até hoje é uma das principais fontes de renda da região. 


Praia de Boa Viagem
Hoje Recife é uma capital moderna que guarda, porém, grandes diferenças sociais. Núcleos de extrema pobreza e de total abandono. Porém, nos dias de hoje, com a indicação da cidade para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, a cidade começa a transformar-se. A modernizar-se ainda mais. Uma cidade completa, com lindas praias, nas quais se destaca Boa Viagem, de águas quentinhas e grande calor humano. Um colírio para os nossos olhos.



O maracatú
Pernambuco é um estado de múltiplos ritmos uns mais tranquilos como o forró Pé-de-Serra, o xote, o caboclinho, a ciranda e a batida lenta do maracatu (de baque virado ou maracatu nação), porém forte e cadenciada. Empolgante, eu diria. Normalmente as agremiações de maracatús, mais tradicionais, desfilam sua graça, côr e beleza no carnaval do Recife antigo.

Outros são mais alegres como o “manguebeat”, o samba e o forró tradicional, porém existe um ritmo que é elétrico, ele faz a alegria deste povo de coração quente: O frevo. Alegria do carnaval do Galo da Madrugada, mais de um milhão e meio de pessoas desfilam aos sábados de carnaval pelas ruas do centro da cidade; o Frevo faz a empolgação dos blocos de rua, dos clubes de carnaval e dos desfiles pelas ladeiras de Olinda. O frevo foi criado há mais de cem anos este ritmo tornou-se o símbolo da Cidade do Recife. As marchinhas de carnaval também marcam presença nesta festa de alegria e cor. "Sinceramente eu não entendo porque importam os Trios Elétricos baianos para esquentarem a festa de Momo. Os rítmos pernambucanos tem tanta força, graça e beleza que deveria deixar o ritmo baiano para a Bahia".

Neste instante são duas horas da manhã e escrevo este Neo-Day especial para falar de gratidão. Internamente meu coração canta ""Voltei Recife...Foi a saudade que me trouxe pelo braço" (trecho do frevo-canção de autoria de Luiz Bandeira).

Faculdade de Direito

"Sou grato a este povo amigo, ao acolhimento que tive ao retornar aqui, em 2004, vindo de Porto Velho, local onde vivi uma das mais duras páginas de minha vida. Com a saúde debilitada os profissionais desta cidade fizeram-me renascer. Fiquei tão feliz que concluí um livro "Os meninos do Pina" que falava das diferenças sociais do Recife nos anos de 96 e 97. Foi maravilhoso poder caminhar normalmente e ter uma vida mais saudável, por isso sou grato a esta terra, onde hoje estou tendo o prazer de retornar.
Sempre é tempo de agradecer e ter a gratidão no coração nos faz enxergar que não podemos viver sozinhos neste mundo, sempre aparece alguém, que para você é um anjo da guarda que o auxilia a retomar o ritmo da sua história pessoal".
William Shakespeare dizia que “A gratidão é o tesouro dos humildes". É bom ter humildade no coração.
Epicuro, filósofo grego, há 250 anos a.C, dizia que “As pessoas felizes recordam o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo".
Samuel Johnson, dicionarista inglês, dizia em 1750, “A gratidão é um fruto de grande cultura; não se encontra entre gente vulgar”.


Avenida Beira-Rio, as margens do Rio Capeberibe

Assim meus amigos, eu encerro este Neo-Day de hoje, agradecendo aos doutores do Hospital de Guarnição do Recife (Hospital Militar) que trataram de minha saúde; aos inesquecíveis amigos que tive nesta cidade e ao clima amistoso que necessitava para me realizar como ser humano e aperfeiçoar-me espiritualmente. Isto, de certa forma, começou na Cidade do Recife a qual sou imensamente grato e deixo esta mensagem pessoal a todos vocês sobre Gratidão:

“Nunca percam a grandeza de perdoarem e de serem agradecidos, são dois nobres sentimentos. Quanto ao perdão deve ser permanente pois é um atributo da Paz e no que cabe à Gratidão, no mínimo, devemos ser gratos a Deus e aos nossos pais por terem nos proporcionado participar do espetáculo mais fantástico que existe: A Vida”. (Neo Cirne)

(Fotos e alguns tópicos extraídos do site wikipedia - a enciclopédia livre)

Tim-Tim!

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger