segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

AÇÃO DE CARNAVAL - RIO... UBAV-BR agradece. Tim-Tim!

Meus amigos, com esta linda imagem da alegria da ação carioca informo que começaremos hoje uma viagem à Cidade do Rio de Janeiro, talvez nossas matérias não sejam postadas com a mesma frequência, mas está garantida a edição das Colunas "O Cantinho Zen", "Tal Pai...Tal Filho" e "Pensando Bem...".

* Continua a nossa promoção "Lira Poética", mande-nos, até terça-feira, o seu comentário sobre a importância do tema poesia em nossa grade noticiosa, aproveite para mandar junto aquela poesia que você gosta mais. Será um prazer premiar o seu gosto literário com um bonito faqueiro Tramontina, através de um sorteio entre os participantes. Aproveitamos para parabenizar os sortudos Iguinho RJ e Dani Carla SC, eles foram premiados neste fim de semana nas promoções CHARADA PREMIADA (destinado aos jovens) e PROMOÇÃO RELÂMPAGO (destinado a todos). Foi um sucesso! Esta semana NÃO teremos estas promoções por motivo de viagem.

Dani RJ - Suely Werneck RL do Rio - Tia Edith

As crianças brincam fantasiadas ao lado da nossa representante da Cidade do Rio de Janeiro



Informamos a todos vocês que a Ação Sócio-Recreativa realizada ontem no Rio de Janeiro foi um sucesso.

Parabéns ao grupo UBAV-RJ, estamos muito felizes com a iniciativa dos nossos irmãos cariocas. Foram ofertados gêneros alimentícios, material de limpeza e higiene e muuuita alegria.



Palavra da Representante Carioca, Suely Werneck:

Oi Neo, tudo bem?
Tivemos uma tarde muito gostosa hoje, viu? A festinha na Tia Edith foi alegre, as crianças fantasiadas, curtiram tudo. Um sucesso!
Simples mas de grande alcance, as pessoas vibraram, participaram, tinha até uma moça vestida de Branca de Neve...rsrs
Fomos ao supermercado antes e fizemos as compras de UBAV-RJ, desde alimentos até material de limpeza, carnes, etc. O material escolar que faltava eu já tinha comprado durante a semana.
Vou escanear as notas e mandar pra vc, tá? Seguem algumas fotos, escolha as que achar melhor para colocar no site. Ficamos muito felizes, emocionadas eu diria, por podermos demonstrar o nosso lado solidário.
Obrigado Neo, obrigado UBAV-BR pela oportunidade de nos integrar mais e mais com a sociedade.
TIM-TIM!


OPINIÃO: O grupo do Rio de Janeiro é um orgulho para UBAV-BRASIL. Agradeço muito as nossas legionárias que participaram do evento, são elas: Alê, Dani, Denise e Suely Werneck. Elas marcarão pontos na promoção "Participante do Ano". Futuramente, com a estruturação da legião social os nossos quadros aumentarão e no Rio também. Parabéns! Foi linda a ação!
Tim-Tim! 
Neo Cirne
Coordenador de UBAV-BRASIL


Contamos com a participação de um grupo de amigos do Lar Tia Edith que ajudou demais na animação do evento, mais de 50 crianças foram beneficiadas com esta ação. Valeu Rio!


A ALEGRIA DE SER SOLIDÁRIO
Perguntamos, você pretende realizar uma pequena ação solidária na sua cidade? Escreva pra nós, converse com a gente. Poderemos orientá-lo direitinho e ajudá-lo na execução. Com um pouquinho de boa vontade, como a destas pessoas do Rio de Janeiro, poderemos realizar dezenas de ações em todos os estados brasileiros.


Bem amigos, quero me despedir de vocês, deixando os meus votos pessoais para que vocês tenham uma linda Semana de Carnaval (para quem gosta), cheia de Paz, Luz, Alegria, Amor e muito carinho.

Um conselho de Carnaval: 


Se você vai pegar estrada e viajar cuide bem do seu carro, tenha atenção na estrada e evite o consumo de bebidas alcoólicas. Lembre-se que seu carro pode transformar-se numa arma que pode ser detonada contra você. Tenha cuidado.
Existia, há anos atrás, uma mensagem do Ministério dos Transportes que dizia:

"Não faça do seu carro uma arma, a vítima pode ser você!" 


"A VIDA É NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO"

Boa segunda-feira, boa semana e um ótimo carnaval!

TIM-TIM!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

"Neo-Day" (08) GRATIDÃO... Qualidade essencial da Vida

Tema de hoje: Minha Gratidão ao Recife
Começo esta matéria falando da importância da Cidade de Recife no cenário nacional e particularmente na minha vida. Nas idas e vindas de minha caminhada deparei, em 1993, com esta linda cidade, capital do Estado de Pernambuco, possuidora de um povo bom e pacífico, dotado de boa culinária e muita tradição musical. Minha alegria foi tanta em conhecer Recife que juntei-me ao povo e dancei ciranda na pracinha em frente a Matriz de Boa Viagem. Depois voltei pra morar em 1996 e de 2004 a 2006.
 Em  20 de julho de 2006, foi inaugurado no Recife o Projeto Um Brinde à Vida, fruto da alegria de viver.

No cenário nacional Recife sempre foi considerada a capital do nordeste, terra de grandes poetas, ótimos escritores, líderes e grandes governantes. 

João Maurício de Nassau
O invasor holandês, o Conde João Maurício de Nassau, tornou muito próspera a bela Recife há quase quatro séculos atrás. Decidido a transformar o Recife em uma moderna capital, determinou o projeto da cidade Maurícia (Mauritsstad), responsável pelos atuais traçados urbanísticos dos bairros de Santo Antônio e São José, onde drenou terrenos, construiu canais, diques, pontes, palácios (Palácio de Friburgo e Palácio da Boa Vista), jardins (botânico e zoológico), um museu natural e um observatório astronômico. Organizou serviços públicos essenciais como o de bombeiros e de coleta de lixo. Trouxe a cultura da cana de açúcar que até hoje é uma das principais fontes de renda da região. 


Praia de Boa Viagem
Hoje Recife é uma capital moderna que guarda, porém, grandes diferenças sociais. Núcleos de extrema pobreza e de total abandono. Porém, nos dias de hoje, com a indicação da cidade para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, a cidade começa a transformar-se. A modernizar-se ainda mais. Uma cidade completa, com lindas praias, nas quais se destaca Boa Viagem, de águas quentinhas e grande calor humano. Um colírio para os nossos olhos.



O maracatú
Pernambuco é um estado de múltiplos ritmos uns mais tranquilos como o forró Pé-de-Serra, o xote, o caboclinho, a ciranda e a batida lenta do maracatu (de baque virado ou maracatu nação), porém forte e cadenciada. Empolgante, eu diria. Normalmente as agremiações de maracatús, mais tradicionais, desfilam sua graça, côr e beleza no carnaval do Recife antigo.

Outros são mais alegres como o “manguebeat”, o samba e o forró tradicional, porém existe um ritmo que é elétrico, ele faz a alegria deste povo de coração quente: O frevo. Alegria do carnaval do Galo da Madrugada, mais de um milhão e meio de pessoas desfilam aos sábados de carnaval pelas ruas do centro da cidade; o Frevo faz a empolgação dos blocos de rua, dos clubes de carnaval e dos desfiles pelas ladeiras de Olinda. O frevo foi criado há mais de cem anos este ritmo tornou-se o símbolo da Cidade do Recife. As marchinhas de carnaval também marcam presença nesta festa de alegria e cor. "Sinceramente eu não entendo porque importam os Trios Elétricos baianos para esquentarem a festa de Momo. Os rítmos pernambucanos tem tanta força, graça e beleza que deveria deixar o ritmo baiano para a Bahia".

Neste instante são duas horas da manhã e escrevo este Neo-Day especial para falar de gratidão. Internamente meu coração canta ""Voltei Recife...Foi a saudade que me trouxe pelo braço" (trecho do frevo-canção de autoria de Luiz Bandeira).

Faculdade de Direito

"Sou grato a este povo amigo, ao acolhimento que tive ao retornar aqui, em 2004, vindo de Porto Velho, local onde vivi uma das mais duras páginas de minha vida. Com a saúde debilitada os profissionais desta cidade fizeram-me renascer. Fiquei tão feliz que concluí um livro "Os meninos do Pina" que falava das diferenças sociais do Recife nos anos de 96 e 97. Foi maravilhoso poder caminhar normalmente e ter uma vida mais saudável, por isso sou grato a esta terra, onde hoje estou tendo o prazer de retornar.
Sempre é tempo de agradecer e ter a gratidão no coração nos faz enxergar que não podemos viver sozinhos neste mundo, sempre aparece alguém, que para você é um anjo da guarda que o auxilia a retomar o ritmo da sua história pessoal".
William Shakespeare dizia que “A gratidão é o tesouro dos humildes". É bom ter humildade no coração.
Epicuro, filósofo grego, há 250 anos a.C, dizia que “As pessoas felizes recordam o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo".
Samuel Johnson, dicionarista inglês, dizia em 1750, “A gratidão é um fruto de grande cultura; não se encontra entre gente vulgar”.


Avenida Beira-Rio, as margens do Rio Capeberibe

Assim meus amigos, eu encerro este Neo-Day de hoje, agradecendo aos doutores do Hospital de Guarnição do Recife (Hospital Militar) que trataram de minha saúde; aos inesquecíveis amigos que tive nesta cidade e ao clima amistoso que necessitava para me realizar como ser humano e aperfeiçoar-me espiritualmente. Isto, de certa forma, começou na Cidade do Recife a qual sou imensamente grato e deixo esta mensagem pessoal a todos vocês sobre Gratidão:

“Nunca percam a grandeza de perdoarem e de serem agradecidos, são dois nobres sentimentos. Quanto ao perdão deve ser permanente pois é um atributo da Paz e no que cabe à Gratidão, no mínimo, devemos ser gratos a Deus e aos nossos pais por terem nos proporcionado participar do espetáculo mais fantástico que existe: A Vida”. (Neo Cirne)

(Fotos e alguns tópicos extraídos do site wikipedia - a enciclopédia livre)

Tim-Tim!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

FRASES PRA NÃO ESQUECER A MICO... by Solange BA

Esta matéria é muito linda e foi nos enviada por Solange BA, (Mico BA),o título dela é apenas uma brincadeira com o apelido de nossa dileta amiga. Faça como a Mico BA, mande a sua mensagem também, será um prazer publicá-la, Tim-Tim! Ela mandou-nos uma sequência de frases muito lindas, vamos ler?
Boa semana pra vocês!

Frases e Pensamentos

Toda alma é enviada a este mundo com uma missão e propósito únicos. Nosso trabalho é perguntar: “Para que eu sou necessário?” e não “Por que não posso ter isso?” pois Deus deu a cada um de nós exatamente o que precisamos para cumprir nossa missão neste mundo. (Yisroel Cotlar)

“Viva a cada dia na sua plenitude, os problemas de ontem estão escritos na areia, varridos fora da existência pela própria mão de Deus. As coisas do futuro que nossos corações possam temer podem ser resolvidas, todas, quando amanhã estiver aqui da nossa vida inteira, apenas estas horas – as horas de hoje – são inteiramente nossas próprias, então a cada por do sol. Há muita razão para dizer:
Obrigado Deus por suas dávidas – Antes de tudo, por este dia.”

“Quem entra para trabalhar sorrindo, cativa
Quem entra de mau humor, espanta
Quem sai de casa sorrindo, fará amigos
Quem sai de casa triste, afasta e enxota."


“Quando compreenderes que a tua vida é o resultado do teu dever, nada fará com que deixes de cumprir com tuas obrigações”
“O trabalho afasta de nós três grandes males: o aborrecimento, o vício e a necessidade.” (Voltaire)
“O caracter de uma pessoa se mede pela capacidade que ela tem de dizer OBRIGADO! “
“O destino não é uma questão de sorte mas uma questão de escolha, não é algo para ser esperado mas sim para ser alcançado”

“Não vale o que temos
Nem o que sabemos
Nem o que fazemos
Vale o que somos.”



TIM-TIM!

domingo, 5 de fevereiro de 2012

ORAÇÃO DOMINICAL... O PAI NOSSO, a oração que Deus nos ensinou ...by Neo

Amigos queridos, neste domingo, que a paz de Deus esteja conosco. Pensei numa foto que pudesse representar a proteção divina desta linda oração e esta que coloquei em destaque me tocou muito, a ave que protege os seus filhotes... é linda.
Repasso a oração do PAI NOSSO, comentada segundo a visão espiritual, é uma linda passagem, que deve ser lida por qualquer religioso, independente da religião que goste mais. Desejo um bom domingo e ótima semana, a todos. Tim-Tim!


O mais perfeito modelo de concisão, no caso da prece, é, sem contradita, a Oração dominical, verdadeira obra prima de sublimidade na simplicidade; sob a mais reduzida forma, ela resume todos os deveres do homem para com Deus, para consigo mesmo e para com o próximo. Contudo, em razão de sua mesma brevidade, o sentido profundo, encerrado nas poucas palavras de que se compõe, escapa à maioria. Eis porque geralmente a dizem sem dirigir o pensamento sobre as aplicações de cada uma de suas partes. Para suprir o vago que a sua concisão deixa no pensamento, aqui acrescentamos a conselho e com a assistência dos bons Espíritos, um desenvolvimento a cada proposição. Abaixo damos a Oração dominical desenvolvida. Se algumas pessoas achassem que não era aqui o lugar para um documento desta natureza, nós lhes lembraríamos que a nossa Revista não é apenas uma coletânea de fatos e que o seu quadro abarca tudo o que pode ajudar o desenvolvimento moral. Houve um tempo em que os casos de manifestações eram os únicos a interessar os leitores; hoje, porém, que o objetivo sério e moralizador do Espiritismo é compreendido e apreciado, a maioria dos adeptos ali procuram mais o que toca o coração do que o que agrada ao espírito. É, pois, a estes que nos dirigimos nesta circunstância. Por esta publicação sabemos ser agradável a um grande número, senão a todos. Só isto nos decidiu, se outras considerações, sobre as quais devemos guardar silêncio, não nos tivessem determinado a fazê-lo neste momento, e não em outro. 
 I.   PAI NOSSO, QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME!
     Cremos em vós, Senhor, porque tudo revela o vosso poder e a vossa bondade. A harmonia do universo testemunha uma sabedoria, uma prudência e uma previdência que ultrapassam todas as faculdades humanas; o nome de um ser soberanamente grande e sábio está inscrito em todas as obras da criação, desde o broto de erva e o menor inseto até os astros que se movem no espaço; por toda a parte vemos a prova de uma solicitude paternal; eis por que é cego aquele que vos não reconhece em vossas obras, orgulhoso aquele que vos não glorifica e ingrato aquele que vos não rende ações de graça. 
II.  VENHA A NÓS O VOSSO REINO!
     Senhor, destes aos homens leis cheias de sabedoria e que fariam a sua felicidade, se as observassem. Com essas leis eles fariam reinar entre si a paz e a justiça; ajudar-se-iam mutuamente, em vez de se prejudicarem, como fazem; o forte ampararia o fraco, em vez de o esmagar; evitariam os males gerados pelos abusos e excessos de todos os gêneros. Todas as misérias daqui de baixo vêm da violação de vossas leis, porque não há uma só infração que não tenha suas conseqüências fatais.
     Destes ao animal o instinto, que lhe traça o limite do necessário e ele se conforma maquinalmente; mas ao homem, além desse instinto, destes a inteligência e a razão; também lhe destes a liberdade de observar ou infringir aquelas de vossas leis que concernem pessoalmente, isto é, de escolher entre o bem e o mal, a fim de que tenha o mérito e a responsabilidade de suas ações.
     Ninguém pode pretextar ignorância de vossas leis, porque, na vossa previdência paternal, quisestes que elas fossem gravada na consciência de cada um, sem distinção de culto nem de nações. Os que as violam é porque vos desconhecem.
     Um dia virá em que, conforme a vossa promessa, todos as praticarão. Então a incredulidade terá desaparecido; todos vos reconhecerão como Soberano Senhor de todas as coisas, e o reino de vossas leis terá o vosso reino na terra.
     Dignai-vos, Senhor, apressar a sua vinda, dando aos homens a luz necessária para os conduzir no caminho da verdade. 
III. SEJA FEITA A VOSSA VONTADE, ASSIM  NA TERRA COMO NO CÉU!
     Se a submissão é um dever do filho para com o pai, do inferior para com o seu superior, quanto maior não deve ser a da criatura para com o seu Criador! Fazer a vossa vontade, Senhor, é observar vossas leis e submeter-se sem murmúrio aos vossos divinos desígnios; o homem a eles submeter-se-á quando compreender que sois a fonte de toda sabedoria e que sem vós nada pode; então fará vossa vontade na terra, como os eleitos no céu. 
IV.  O PÃO DE CADA DIA DAI-NOS HOJE.
     Dai-nos o alimento para manutenção das forças do corpo; dai-nos, também, o alimento espiritual para o desenvolvimento de nosso Espírito.
     O animal encontra sua pastagem; mas o homem a deve à sua própria atividade e aos recursos de sua inteligência, porque a criastes livre.
     Vós lhe dissestes: “Tirarás o teu alimento da terra com o suor de teu rosto”. Por isto, vós lhe tornastes o trabalho uma obrigação, para que ele exercitasse sua inteligência pela procura dos meios de prover às suas necessidades e ao seu bem-estar, uns pelo trabalho material, outros pelo trabalho intelectual; sem o trabalho ficará estacionário e não poderá aspirar à felicidade dos Espíritos superiores.
     Vós ajudais os homens de boa vontade, que se confiam a vós para o necessário, mas não aquele que se compraz na ociosidade e tudo quereria obter sem esforço, nem aquele que busca o supérfluo.
     Quantos não sucumbem por sua própria culpa, por sua incúria, imprevidência ou ambição, e por não ter querido contentar-se com o que lhes haveis dado! Esses são os artistas de seu próprio infortúnio e não têm o direito de lamentar-se, porque são punidos por onde pecaram. Mas esses mesmos vós não os abandonais, porque sois infinitamente misericordioso; vós lhes estendeis a mão socorrista desde que, como o filho pródigo, voltam para vós sinceramente.
     Antes de nos lamentarmos de nossa sorte, perguntemos se não é obra nossa. A cada desgraça que nos chega, perguntemos se de nós não teria dependido evitá-la; mas digamos também que Deus nos deu a inteligência para nos tirar do lodaçal e que de nós depende pô-la em atividade.
     Desde que a lei do trabalho é a condição do homem na terra, dai-nos força e coragem para a cumprir; dai-nos, também, a prudência, a previdência e a moderação, a fim de lhe não perder o fruto.
     Dai-nos pois, Senhor, o pão nosso de cada dia, isto é, os meios de adquirir pelo trabalho as coisas necessárias à vida, pois ninguém tem direito de reclamar o supérfluo.
     Se o trabalho nos for impossível, confiamos em vossa divina Providência.
     Se entrar nos vossos desígnios nos experimentas pelas mais duras provações, mau grado os nossos esforços, nós as aceitamos como uma justa expiação das faltas que podemos ter cometido nesta vida ou em vida precedente, porque sois justo; sabemos que não há penas imerecidas e que jamais castigais sem causa.
     Preservai-nos, ó meu Deus, da inveja contra os que possuem o que não temos, nem mesmo contra os que têm o supérfluo, ainda que nos falte o necessário. Perdoai-lhes se esquecem a lei da caridade e de amor ao próximo, que lhes ensinastes.
     Afastai, também, do nosso Espírito o pensamento de negar vossa justiça, vendo a prosperidade do mau e a infelicidade que, por vezes, acabrunha o homem de bem. Agora sabemos, graças às novas luzes que vos aprouve nos dar, que vossa justiça recebe todo o seu cumprimento e não falta a ninguém; que a prosperidade material do perverso é efêmera como a sua existência corpórea e que terá terríveis retornos, ao passo que será eterna a alegria reservada ao que sofre com resignação. 
V.  PERDOAI AS NOSSAS DÍVIDAS, ASSIM COMO PERDOARMOS AOS NOSSOS DEVEDORES. PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO PERDOARMOS AOS QUE NOS OFENDEM.
     Cada uma de nossas infrações às vossas leis, Senhor, é uma ofensa a vós, e uma dívida contraída que, mais cedo ou mais tarde, teremos que resgatar. Solicitamos de vossa infinita misericórdia a sua remissão, sob promessa de fazer esforços para não contrair novas.
     Fizestes-nos da caridade uma lei expressa. Mas a caridade não consiste apenas em assistir ao semelhante em suas necessidades; também está no esquecimento e no perdão das ofensas. Com que direito reclamaríamos a vossa indulgência, se nós mesmos a ela faltamos para com aqueles de que temos de nos lamentar?
     Dai-nos, ó meu Deus! a força de abafar em nossa alma todo ressentimento, todo ódio, todo rancor; fazei que a morte não nos surpreenda com um desejo de vingança no coração. Se vos aprouver hoje mesmo nos retirar daqui, fazei que nos possamos apresentar a vós puro de animosidades, a exemplo do Cristo, cujas últimas palavras foram para os seus carrascos.
     As perseguições que os maus nos fazem sofrer são parte de nossas provas terrenas; devemos aceitá-las sem murmuração, como a todas as outras, e não maldizer os que, por suas maldades, nos abrem o caminho da felicidade eterna, pois nos dissestes, pela boca de Jesus: “Bem-aventurados os que sofrem por amor da justiça!” Bendigamos, pois, a mão que nos fere e nos humilha, porque as contusões do corpo fortificam-nos a alma e seremos erguidos de nossa humildade. 
     Bendito seja o vosso nome, Senhor, por nos haverdes ensinado que nossa sorte não será irrevogavelmente fixada após a morte; que em outras existências encontraremos os meios de resgatar e reparar nossas faltas passadas, de cumprir em uma vida aquilo que não podemos fazer nesta, para o nosso adiantamento.
     Por aí se explicam, enfim, todas as anomalias aparentes da vida; é a luz lançada sobre o nosso passado e o nosso futuro, o sinal deslumbrante de vossa soberana justiça e de vossa bondade infinita. 
VI.  NÃO NOS DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO, MAS LIVRAI-NOS DO MAL.
     Dai-nos, Senhor, a força de resistir às sugestões dos maus Espíritos que tentem desviar-nos da via do bem, inspirando-nos maus pensamentos.
     Mas nós mesmos somos Espíritos imperfeitos, encarnados nesta Terra para expiar e nos melhorar. A causa primeira do mal está em nós, e os maus Espíritos apenas aproveitam nossas más inclinações viciosas, nas quais nos entretêm, para nos tentar.
     Cada imperfeição é uma porta aberta à sua influência, ao passo que são impotentes e renunciam a toda tentativa contra os seres perfeitos. Tudo quanto poderíamos fazer para os afastar será inútil, se não lhes opusermos uma vontade inquebrantável no bem e uma renúncia absoluta ao mal. É, pois, contra nós mesmos que devemos dirigir nossos esforços e, então, os maus Espíritos afastar-se-ão naturalmente, porque é o mal que os atrai, enquanto o bem os repele.
     Senhor, sustentai-nos em nossa fraqueza; inspirai-nos, pela voz dos anjos da guarda e dos bons Espíritos, a vontade de nos corrigirmos de nossas imperfeições, a fim de fechar aos Espíritos impuros o acesso à nossa alma.
     O mal não é obra vossa, Senhor, porque a fonte de todo o bem não pode engendrar coisas más; é por nós mesmos que o criamos, infringindo as vossas leis e pelo mau uso, que fazemos, da liberdade que nos destes. Quando os homens observarem as vossas leis, o mal desaparecerá da terra, como já desapareceu dos mundos mais adiantados.
     O mal não é uma necessidade fatal para ninguém e só aparece irresistível aos que a ele se abandonam com satisfação. Se tivermos vontade de o fazer, também podemos ter a de fazer o bem. Por isto, ó meu Deus, pedimos a vossa assistência e a dos bons Espíritos, para resistir à tentação. 
VII. ASSIM SEJA.
     Praza-vos, Senhor, que nossos desejos se realizem! Mas nos inclinamos ante a vossa sabedoria infinita. Sobre todas as coisas que não é dado compreender, que se faça segundo a vossa santa vontade e não a nossa, porque não quereis senão o nosso bem e sabeis melhor que nós o que nos é útil.
     Nós vos dirigimos esta prece, ó meu Deus! por nós mesmos, por todas as almas sofredoras, encarnadas e desencarnadas, por nossos amigos e nossos inimigos, por todos os que pedem a nossa assistência.
     Chamamos sobre todos a vossa misericórdia e a vossa bênção.
NOTA: Aqui pode ser formulado que agradecemos a Deus e o que pede para si ou para outrem. (Allan Kardec - R. E. 1864)


Este artigo foi extraído na íntegra do site www.paginaespirita.com.br  a quem parabenizamos pela bela matéria. 

TIM-TIM!

Um Brinde À Vida Copyright © 2011 | Tema Desenhado por: compartidisimo | Distribuído por: Blogger