"UBAV-BRASIL"
"Desde 20 de julho de 2006 fazendo o Bem"

FRASE DO DIA

(21/08)

O OLHAR

"Quem olha para fora, sonha. Quem olha pra dentro desperta”

(Carl Jung)

Tim-Tim!

Curiosidades Tim-Tim... Mandala ou Cabala? por Neo Cirne

Você sabe a diferença entre Mandala e Cabala?
Olá amigos, dentro do espaço destinado a tirar pequenas dúvidas, vamos mostrar a diferença entre palavras parecidas. Selecionamos duas que normalmente trazem confusão na hora de serem definidas pela população ocidental, pois a Cabala é de origem hebraica e a Mandala é de origem sânscrita, uma das línguas mais antigas da humanidade. Vamos falar um pouquinho de cada uma delas. Inicialmente falaremos da Mandala.
Mandala (मण्डल) é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo. De fato, toda mandala é a exposição plástica e visual do retorno à unidade pela delimitação de um espaço sagrado e atualização de um tempo divino.
Nas sociedades primitivas, o ciclo cósmico, que tinha a imagem de uma trajetória circular (circunferência), era identificado como o ano. O simbolismo da santidade e eternidade do templo aparece claramente na estrutura mandálica dos santuários de todas as épocas e civilizações. Uma vez que o plano arquitetônico do templo é obra dos deuses e se encontra no centro muito próximo deles, esse lugar sagrado está livre de toda corrupção terrestre. Daí a associação dos templos às montanhas cósmicas e a função que elas exercem de ligação entre a Terra e o Céu. Como exemplo, temos a enorme construção do templo de Borobudur, em Java, na Indonésia. Outros exemplos que podemos citar são as basílicas e catedrais cristãs da Igreja primitiva, concebidas como imitação da de Jerusalém Celeste, representando uma imagem ordenada do cosmos, do mundo.
A mandala como simbolismo do centro do mundo dá forma não apenas as cidades, aos templos e aos palácios reais, mas também a mais modesta habitação humana. A morada das populações primitivas é comumente edificada a partir de um poste central e coloca seus habitantes em contato com os três níveis da existência: inferior, médio e superior. A habitação para ele não é apenas um abrigo, mas a criação do mundo que ele, imitando os gestos divinos, deve manter e renovar. Assim, a mandala representa para o homem o seu abrigo interior onde se permite um reencontro com Deus. Um exemplo bem típico brasileiro de mandala, a partir da arquitetura, é a planta superior da Catedral de Brasília.



O QUE É CABALA?
Já a palavra Cabala é de origem hebraica. Cabala (também Kabbalah, Qabbala, cabbala, cabbalah, kabala, kabalah, kabbala) é uma sabedoria que investiga a natureza divina. Kabbalah (קבלה QBLH) é uma palavra de origem hebraica que significa recepção. A Kabbalah — corpo de sabedoria espiritual mais antigo — contém as chaves, que permaneceram ocultas durante um longo tempo, para os segredos do universo, bem como as chaves para os mistérios do coração e da alma humana. Os ensinamentos cabalísticos explicam as complexidades do universo material e imaterial, bem como a natureza física e metafísica de toda a humanidade. A Kabbalah mostra em detalhes como navegar por este vasto campo, a fim de eliminar toda forma de caos, dor e sofrimento. Vejam na gravura uma representação antiga do que os cabalístas chamavam Árvore ou Portal da Vida.


Durante milhares de anos, os grandes sábios cabalistas têm nos ensinado que cada ser humano nasce com o potencial para ser grande. A Kabbalah é o meio para ativar este potencial.
A Kabbalah sempre teve a intenção de ser usada, e não somente estudada. Seu propósito é trazer clareza, compreensão e liberdade para nossas vidas.
(Pesquisa no site Wikipédia e Revista ISTO É)



Comentário Final de UBAV-BRASIL:
Esperamos ter respondido a curiosidade de algumas pessoas e esclarecer que a mandala é a relação geométrica entre o homem e o cosmos e a Cabala é a filosofia que nos permite encontrar as chaves para os mistérios do coração, da alma humana e do universo.
Artístas e personalidades famosas foram citadas pela Revista ISTO É, ago 2011, nº2177, como adeptos da filosofia cabalística, são eles: Ronaldo “O Fenômeno”, Angélica, Luciano Huck, Glória Maria, Fernanda Souza e Jesus Luz.
É isto aí amigos, se o assunto é duvidoso o Tim-Tim explica.


Bom início de semana!


TIM-TIM!

Curta essa Ideia

Chegamos à curtida número 728 - Valeu gente!
Sorteamos uma camisetinha de UBAV-Brasil - O ganhador foi Othon Marcelo - Parabéns!
A cada 100 curtidas sorteamos um brinde entre os amigos do Facebook -
Rumo às 800 curtidas! Tim-Tim!

Divulgue na Rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More