PALAVRAS ILUMINADAS - (QUINTA-25/08) - A Mensagem positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Acolhendo o novo amanhecer, reavivando a esperança, intensificando a paz, aumentando a fé... Vamos lá para mais um dia! Viver é fantástico!


“Tudo depende da importância que você dá.”


A diversidade de acontecimentos preenche os minutos e segundos. Um dia parece pouco para a enorme quantidade de situações que geram infinitos sentimentos. Dentro de cada pessoa há um mundo em contínuo movimento. As energias não podem ficar espalhadas.

Ter um direcionamento é bem pertinente, condição para aproximar-se da felicidade. Sempre acontece de tudo um pouco. O que é simples para um, é bem complexo para o outro. Sim, tudo depende da importância que você dá. Quem usa de serenidade para encaminhar determinadas soluções, não se ressente e nem se encolhe, mesmo que o problema tenha grandes proporções. Pequenas alegrias poderiam alcançar o infinito, se fosse destinado um pouco mais de importância.

Diariamente há um universo a ser gerenciado. Todos lidam com pesos e medidas. Há quem valoriza mais os fatos negativos, recheando-os de detalhes que aumentam a agonia. Outros já entenderam o essencial: dão mais espaço aos acontecimentos positivos. Tomara que aumente a fila dos que decidiram cultivar a esperança e semear a alegria. Não se trata de uma ilusão ou de uma visão demasiadamente inocente.

A importância destinada a cada fato ampliará a repercussão e provocará a adesão. O otimismo contagia, abre novos caminhos, multiplica oportunidades. A tristeza não tem seguidores. Os meios até podem ajudar, mas tudo depende, em última instância, do que cada um guarda dentro de si.

Que possa sempre existir um significativo espaço à esperança. Pessoas esperançosas espalham brilho, reúnem adeptos, incitam seguidores. Que o bem possa receber a devida importância.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!




Foto : da WEB
Texto: Reprodução da página do Facebook de Frei Jaime Bettega. 
Visite-a diariamente, há sempre uma palavra iluminada pra você.




Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap

FALANDO DE AMOR (XXIII) - - COMO É BOM AMAR! - - Por Neo Cirne

COMO É BOM AMAR!




O sentimento mais especial da Vida é o amor, ele acende as nossas emoções para o dia que nasce. Ele nos reconforta na medida em que percebemos a sua presença rondando a nossa volta. O amor enche o nosso coração de esperança e vontade de viver. Viver sem amor é muito ruim. Sem ele, a vida perde a graça e a beleza.

Tantos poetas, pessoas comuns e pensadores já falaram de sua emoção maior. Tantas palavras falaram profundamente de amor, tantas atitudes bonitas foram realizadas em nome do amor. Com amor tudo pulsa de maneira diferente, os gestos eternizam-se. 

A emoção do amor não é um risco em forma de coração feito na areia do mar a espera da primeira onda. Ao contrário, o amor é o traço brilhante de um grande mestre em pintura, que apaixonado desliza com delicadeza o pincel sobre a tela nua e transforma a tela numa obra maravilhosa. A durabilidade de sua obra dependerá da intensidade da paixão que agregou à sua obra. 


Tanta gente boa deu exemplos perenes do que é o amor colocandondo-o em seus trabalhos. Músicos, compositores, cineastas, líderes sociais como Mahatma Gandhi, Martin Luther King Jr. e tantos outros. Muitos dirão: "Genial!"... "Este é um ser iluminado!". 
Sim, ele estava iluminado pelo amor que dedicava a sua obra. O Amor, é a nossa principal essência.

A vida sem amor não tem significado algum. Uma união sem amor está fadada ao insucesso. Na atualidade, por falta de um amor verdadeiro, é muito comum nos sentirmos desestimulados, tristes e meio perdidos. Um grande vazio invade a nossa alma, mas podemos, mesmo diante a uma perda ou decepção, redirecionar o nosso amor para outros elementos que necessitem imensamente de carinho. Cito como exemplo o amor à vida, ao planeta, à flora e a fauna. O direcionamento amoroso aos nossos animais de estimação. 

  Precisamos reencontrar nossa capacidade de amar as pessoas, a natureza e o mundo. Vemos que a infelicidade e o desânimo tornaram-se coisas comuns, democráticas em sua distribuição, pois muito poucos escapam deles. Tanto para os mais experientes quanto os mais jovens, é comum sentir a perda da empolgação nos detalhes recheados de desamor do cotidiano e da rotina.


Por medo de amar, as pessoas refugiam-se em seus espaços, saem pouco, escondem-se atrás de seus celulares, computadores ou tablets. Mandam mensagens mais curtas, simplificadas, falam de acontecimentos imediatos, fatos políticos, notícias de primeira necessidade (recheadas de 'emotions sem graça') e, assim, o Amor vai ficando de lado. E como o Amor é a chama que acende a vida, seu pavio vai se acabando, minguando, diminuindo sua intensidade, força e luz, até quase apagar. 

Porém, percebam que no fundo de nosso coração, há uma memória do amor, um resíduo sobrevivente e eterno. Ele não morre nunca e ainda é capaz de renascer das cinzas, como Fênix (pássaro lendário da mitologia grega que morria e depois de um tempo renascia de sua própria cinza). O Amor é uma sensação incrível, por isso, às vezes, mesmo desprezado, eu amo tanto.

Assim é o amor, quando é eterno não morre nunca, mesmo tendo seu lume enfraquecido ele é capaz de atravessar o tempo... Infindável tempo. O Amor é uma centelha divina que ilumina nossa caminhada durante a existência.
    
Quando o amor se esvai, percebemos que a Vida perde o sentido. Tem gente que não acredita mais em desejo, nem em prazer de viver a vida e muito menos no amor, tão necessário: são ateus do amor. Não acreditam mais no amor e vivem paralisadas ao sabor das possibilidades imediatas. 

Conheço pessoas que eram positivas, animadas, alegres e que, por qualquer motivo, tornaram-se chatas, desanimadas e tristes. Normalmente, há um forte motivo por traz dessa modificação de personalidade, como a perda de um ente querido, da saúde, de um bom emprego ou de um grande amor.

Só para vocês terem uma ideia, aqui em UBAV-BRASIL, no tempo em que possuíamos o Grupo de Oração, postamos duas matérias parecidas, mas com destinação diferente. A primeira chama-se ‘Oração para Conquistar um Grande Amor’ (com 10.000 visualizações) e, a segunda, ‘Oração para Esquecer um Grande Amor’ (com 150 mil visualizações - recorde do site). Viram a diferença? 

É, parece que o Amor perdeu o espaço nos dias atuais e não há mais interesse em encontrar um grande amor, a maioria reza para esquecer. Os dias de hoje não dão mais espaço para o romantismo. O romântico é visto como 'careta', 'ultrapassado' em virtude de conceitos impostos pela mídia. Precisamos ser mais fortes que a mídia, que as novas tendências sociais que nos afastam do Amor. 

Mude essa história de desamor, faça um gesto de carinho a quem você gosta. Abrace seus pais, seus filhos ou seu namorado, talvez eles se assustem, pois, atualmente até o carinho é coisa incomum. Ligue pra um amigo(a) que você queira bem e anda esquecido.


Um ‘Grande Amor’ e o ‘Prazer de Viver’ não são mercadorias baratas que se encontram em qualquer lugar, é necessário que haja paixão, este é o preço. Paixão tanto para desejo de Amar, quanto para o desejo de Viver.
  
 Com muito Amor no coração, neste lindo mês de Agosto, desejo um fim de mês bem feliz pra você e que, quando entrar Setembro, quando a Primavera abrir em flor, você abrace a possibilidade de resgatar o seu amor, que é lindo, assim como o meu e exclame: 
- Como é bom amar!



Tim-Tim!



Neo Cirne
Coordenador em ação social de UBAV-Brasil


PALAVRAS ILUMINADAS - (TERÇA-23/08) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
São tantas coisas ao mesmo tempo... Mas se não fosse assim, talvez, não seria tão empolgante e divertido. No final, tudo acaba dando certo. Força e vontade não pode faltar. Vida!


“Sem pressa, sem vírgulas, sem ponto final. Sem mágoa.”

O melhor jeito de viver não deixa de ser uma incógnita. Muitos gostariam de ter acesso a essa senha. Mas ninguém recebeu a vida para amargar sofrimentos. Em alguns momentos, prova-se o amargo dos fardos, a dureza dos imprevistos. Imediatamente é necessário refazer-se e dar continuidade aos passos. Entre um acontecimento e outro, há intervalos interessantes. Nada que se possa mensurar pela quantidade: são instantes com sabor de eternidade. Há dias de inundações: avalanches de fatos impedem o tato, mesclam o olfato. Nada de medo ou de fatalismo. Tudo passa.

A vida seria diferente se o desenrolar dos dias fosse sem pressa, sem vírgulas, sem ponto. Mais ainda: sem mágoas. Ao invés de ir acumulado dissabores, desfazer-se do que pesa, de tudo o que provocou amargor. A opção deveria ser unicamente pelo amor. Quem ama é capaz de incríveis soluções. É evidente que alguns acontecimentos são exigentes. Se não fosse a decepção não haveria tantos espaçamentos. A capacidade de amar se faz visível nas expressões de superação. É possível virar a página, fazer as pazes com o ontem, contabilizar o que ficou assinalado. O que marcou pode durar para sempre. Se não for na visibilidade, certamente será na intimidade. Talvez seja urgente contentar-se com o pouco.

Nem tudo precisa durar muito ou estender-se infinitamente. O grau de exigência aguarda por revisão. Só assim o pouco poderá se converter em muito. A única pressa aceitável é quanto às mágoas: nada de acúmulo, evitar a tentação de estar sempre remexendo, remoendo. Por uns instantes, sem vírgula, sem ponto. O amanhã vai chegar. Então, sem pressa.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!



Foto : da WEB
Texto: Reprodução da página do Facebook de Frei Jaime Bettega. 
Visite-a diariamente, há sempre uma palavra iluminada pra você.




Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap

E AGORA BRASIL? A FESTA ACABOU - - A Primeira mensagem da semana - - Neo Cirne

E AGORA BRASIL? A FESTA ACABOU.



Amigos, bom dia!

Hoje acordei fora do meu ritmo normal, não por motivo de dor ou insônia, e sim, porque fui dormir mais tarde com a alma lavada e plena de satisfação, pois tive o prazer de assistir a olimpíada mais linda das edições que acompanhei durante minha vida, e foram muitas. Observei com tristeza o apagar da chama olímpica, que passeou por todo país mostrando a importância de estarmos unidos e confiantes num futuro melhor. Valeu a pena!

Com meu corpo cansado e os olhos ardendo de tanta emoção, pois durante 17 dias observei quase todas as modalidades esportivas numa cobertura televisiva espetacular, recheadas de lindas imagens. Assim, busquei dormir.

Ao recolher- me queria conseguir conciliar meu sono com a excitação do momento, mas a tentativa foi em vão. Minha alma, incrédula pelo encerramento das competições, me perguntava: - Qual seria a programação de amanhã e, sem ter uma resposta que a satisfizesse, ela não me permitia dormir.

Queria ver novamente aqueles atletas maravilhosos rompendo seus limites e batendo recordes. Queria mais uma vez apreciar o salto com vara, a canoagem triplamente vencedora, a valentia dos atletas em geral, a garra do Vôlei e do Futebol. Sem esquecer aquele tiro medalha de prata, o sucesso nas lutas e a velejada emocionante, todos jovens campeões.
 Em meus olhos ficaram gravados o jogo de luzes da cerimônia e da disputa leal das competições com a consagração brasileira de ter conseguido realizar seu melhor desempenho olímpico. Foram 19 medalhas, todas lindas e com grandes histórias de superação. 
O Brasil mostrou que, mesmo em tempos difíceis, ele é capaz de se superar e seus filhos competindo lealmente não fugiram à luta. 


A grande festa de encerramento terminou ao som de lindos sambas de enredo e empolgantes marchinhas carnavalescas, aumentando ainda mais a intensidade da alegria e da saudade.

Após o encerramento das Olimpíadas Rio 2016, que foi um marco brasileiro na história do esporte mundial, para poder descansar procurei alguma coisa para ler e mudar o foco da festa que acabara... Tentei escrever algo... e Nada! Fui encontrar na poesia ‘José’, de Carlos Drummond de Andrade, mineiro de Itabira e carioca apaixonado, a solução para resgatar meu sono e acalmar minha alma com a finitude de tudo. 
Com as minhas desculpas ao querido poeta, procurei adaptar a poesia para responder à ‘minha alma’ que era hora de deixar meu corpo dormir e sonhar com dias melhores, esperançosos, alegres e justos, tal qual aos sonhos de uma quarta-feira de cinzas. Afinal, a festa tinha acabado. 


Envolvido nesse sentimento de vazio pelo fim da competição olímpica, escrevi:

E AGORA BRASIL?

A FESTA ACABOU,
A LUZ APAGOU,
O ATLETA PARTIU.
FICARAM EXEMPLOS,
FICARAM MEDALHAS,
FICOU A SAUDADE,
FICOU A ESPERANÇA
DE UM NOVO PAÍS.

E AGORA BRASIL?


Com esses versos adaptados à primeira estrofe do questionamento poético de Drummond acalmei a excitação da minha alma e, desejando um futuro melhor para todos os brasileiros e para o novo governo do país que está prestes a ser reconhecido internacionalmente. Assim podermos sonhar com um futuro melhor.


Não bastam medalhas no peito do povo brasileiro. O orgulho de cantar o Hino Nacional e de ver tremular nossa bandeira, que não é amarela e vermelha, como, num ato falho, disse em inglês o Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman. Nossa bandeira é VERDE E AMARELA, senhor 'Nuzman' e sempre será.  


Mais calmo, às quatro horas da manhã, e com minha alma em paz, me abracei ao travesseiro e sonhei um lindo sonho de amor ao meu país. A Morfeu, deus do sono, que já começava a embalar meu sonho, adormeci declarando:

- Eu sou brasileiro, com muito orgulho e com muito amor.

Parabéns Brasil, pela linda festa. Daqui a quatro anos, se Deus nos permitir, iremos a Tóquio, pois é lá que a vai rolar a festa!


Tim-Tim!

Neo Cirne

Colunista de UBAV-Brasil

PALAVRAS ILUMINADAS - (DOMINGO-21/08) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Não sei como está a temperatura lá fora... Mas sei que é um novo dia. Mais ainda: é domingo! Não importa como será, por si só é um dia diferente. Como é bom saber que a vida se encontra com os dias... Nenhum dia é igual ao outro! Vamos lá!


“Querido Deus, desta vez não quero pedir. Quero somente agradecer.”


O amor provoca um profundo sentimento de liberdade. Sentir-se livre é condição para provar o sentido da vida. Quando há espontaneidade, fica mais fácil expressar as necessidades e agradecer as oportunidades.
Num determinado momento da vida, como expressão de crescimento na fé, é necessário dar um passo definitivo: antes de pedir qualquer coisa, agradecer o que já foi recebido. Não são poucos os que se esquecem de agradecer, mas não se esquecem de pedir mais do que necessitam. A gratidão é uma manifestação de amor.

Deus é amor que ama, doação total, opção radical. A verdadeira espiritualidade acontece quase à margem do entendimento: é experiência profunda de amor. A falta de amor pode ser interpretada como falta de fé. Quem ‘prova’ o amor de Deus, torna-se incapaz de odiar. Impossível acreditar no Amor e viver diferentemente desse sentimento inspirador.

A existência humana alcança a plenitude na medida em que há o encontro da criatura com o Criador. Viver em Deus é simplesmente maravilhoso. Mesmo que alguns imprevistos tentem abalar o equilíbrio interior, há tanto para agradecer.

Verdadeiras maravilhas continuam acontecendo, perto ou longe, confirmando que não há distância entre o céu e a terra. Cada detalhe, pequenas e grandes manifestações: quantos motivos para agradecer. A maturidade da fé supõe ter sempre mais motivos para agradecer e poucos pedidos para apresentar. Afinal, Deus se ocupa em abençoar. Ele sabe o que falta, entende todas as necessidades, não deixa faltar o essencial.

Quem tem fé, agradece, enaltece, reconhece. É complicado viver um dia sem Deus. Por TUDO, obrigado, Senhor!

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!


Foto : da WEB
Texto: Reprodução da página do Facebook de Frei Jaime Bettega. 
Visite-a diariamente, há sempre uma palavra iluminada pra você.




Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap


QUAL É A COR DA SUA MEDALHA? - - O Comentário semanal de Neo Cirne

QUAL É A COR DA SUA MEDALHA?




Essa madrugada, para minha imensa satisfação, pude assistir a conquista de mais uma medalha de ouro para o Brasil, dessa vez ela chegou no peito dos meninos do voleibol de praia Bruno e Alison após conquistar uma vitória maiúscula de 2 sets a zero sobre uma valorosa dupla italiana. Para os incrédulos no desempenho de nossos atletas a vitória foi a constatação que a olimpíada do Rio de Janeiro foi a melhor da delegação brasileira, em todos os tempos. Detalhe, ainda temos chance de conquistar mais algumas medalhas.

Após o jogo de vôlei, ainda emocionado com a vitória, me perguntei: Qual seria a cor da medalha de cada um de nós? Qual seria a cor da medalha da organização da olimpíada Rio 2016? Qual seria a cor da mentira de atletas americanos, que alcoolizados denegriram o nosso país declarando publicamente aos grandes jornais do mundo que haviam sido ‘assaltados’ no Rio de Janeiro? Por outro lado, saindo da esfera olímpica, fui mais longe e pensei: Qual seria a cor de um partido político que abriga corruptos e malfeitores em seu quadro? Qual seria a cor da guerra na Síria? Qual seria a cor da discriminação racial? E mais: Qual seria a cor da transparência eleitoral e da Lei da Ficha Limpa? Respostas que não posso dar, pois são muitas as alternativas e gostos, há quem goste de um item ruim e por ele acene bandeiras, outros não. 


Não basta dizer que a cor é ouro, prata ou bronze, pois muitos, por terem como preferência a cor da mentira, da covardia, da corrupção, da injustiça e da desfaçatez, certamente, não seriam capazes de subirem ao pódio.

Não há mais lugar no Brasil para esses itens ruins, o povo brasileiro está ávido por mudanças que beneficiem a todos e não a interesses pessoais ou corporativos de uma bandeira qualquer. A bandeira que saudamos é a Brasileira. Bandeira de um país belo, alegre e gentil, ela deve ser respeitada, assim como o hino nacional. 
Não há mais espaço para mentiras e nem para mal intencionados, que buscam nas inverdades denegrir o nosso país ou a conquistar o poder aliciando a miséria. Quem vota, aprecia ou bate palma para político 'ficha suja' também não merece classificação que os condecore ao pódio.


Agora, no campo pessoal, faça uma reflexão mais profunda, a mais verdadeira possível e responda só pra você, após analisar a trajetória de sua vida: Você se consideraria um medalhista na Vida? Estaria apto a subir ao pódio? Seus exemplos os classificariam como aptos? Qual a cor da sua medalha?

Não importa se após a sua análise você não se considerou capaz, assim como eu, de subir ao pódio, se não senti o prazer de ‘medalhar’ ainda tenho tempo para mudar e buscar meu índice, assim como você. Na realidade, não importa a cor da medalha de sua vida, importa, somente, a sua participação e a capacidade de entender que temos a necessidade de respeitar todos os concorrentes, pois somos mais de sete bilhões de participantes na maratona da vida. No fundo, todos possuem a mesma intenção, de chegar ao fim do percurso com a satisfação de poder ter feito o bem e ter sido sincero com seus ideais.


Finalizo minha mensagem avisando aos oportunistas do voto, aos atletas mal intencionados e aos pessimistas de plantão: “Mais respeito com o nosso país, pois somos filhos de um país cansado de ser explorado e mal afamado na imprensa internacional pelas trapalhadas políticas”.

Vivemos atualmente uma era de esperança, de reconstrução nacional e de justiça. Isso merece nos levar ao pódio e alcançar a linda medalha de ouro, tão desejada por todos os cidadãos brasileiros.


Parabéns Brasil, pela melhor participação olímpica de todos os tempos e pela elaboração da mais bonita festa olímpica já realizada.

Tim-Tim!

Um Brinde aos Atletas Olímpicos!



Neo Cirne
COLUNISTA DE UBAV-BRASIL

PALAVRAS ILUMINADAS - (QUINTA-18/08) - A Mensagem Positiva de Frei Jaime Bettega


Bom Dia!
Reunindo mais um pouquinho de esperança, acreditando que tudo vale a pena, consciente de que a alma não pode jamais ser pequena. Vida: esse é o segredo a ser desvendado!



“Antigamente diziam: cuidado, as paredes têm ouvidos. Então, falávamos baixo. Hoje, as coisas mudaram: os ouvidos têm paredes. De nada adianta gritar.”



A vida acontece num novo cenário: o mundo está em movimento. Claro, sempre esteve em constante mutação. Porém, a velocidade parece ser mais evidente. As transformações acenam para indicativos que vão necessitar um pouco mais de atenção e interpretação. Os valores que garantem dignidade e humanismo, não deveriam ser tratados com indiferença. Os meios aperfeiçoaram e qualificaram a existência. No entanto, a vida deixa a desejar: o vazio não pode simplesmente roubar o brilho característico de quem encontrou significado, enquanto peregrino neste mundo.

Há um grito ensurdecedor apontando para o insistente desejo de paz. As evidências emanam sons: é possível, sim, ser feliz. No entanto, os ouvidos continuam com paredes que impedem a auscultação do que é simplesmente profundo e inspirador. Por mais que as vozes se levantem, somente a acolhida fará a diferença. Não importa se os tempos são outros. Há muito a ser ouvido e assimilado.

Um dia, talvez, a humanidade aprenderá a escutar a vida. Tomara que esse dia não tarde para chegar. Enquanto isso, alguns ensaios são possíveis. Um detalhe que pode render resultados é a opção por um ritmo mais compassado, sem aquela pressão e sensação de estar sempre atrasado. Respirar fundo não deveria ser algo mecânico. Alguns até nem lembram que estão respirando. Uma vida mais simples aguarda por todos. É um direito indelegável. Os passos poderiam ser mais lentos, os sorrisos mais extensos. Por que querer tantas coisas, quando se necessita de tão pouco?

Convém tirar as paredes dos ouvidos, para escutar o que poderá amenizar as exigências e exaltar a convivência.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!



Foto : da WEB
Texto: Reprodução da página do Facebook de Frei Jaime Bettega. 
Visite-a diariamente, há sempre uma palavra iluminada pra você.




Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMCap