"UBAV-BRASIL"

Um Brinde À Vida!

Uma Nova Forma de Amor-Solidário


FRASE DO DIA

(25/10)

MEUS PENSAMENTOS

"Tenho pensamentos que, se pudesse revela-los e fazê-los viver, acrescentariam

nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens”

(Fernando Pessoa)

Tim-Tim!

SÉRIE NOVA VIDA - "Alma e Matéria" por Ken O'Donnell - (PARTE 2/3) -

Alma e Matéria
por Ken O'Donnell
PARTE 2/3
Redescubra a base para a transformação: 
a diferença essencial entre o corpo físico e o espírito não físico



A ALMA NÃO É MASCULINA NEM FEMININA
Como uma energia, a alma tem dentro de si qualidades que são tanto masculinas quanto femininas. Apesar de a alma ser, sem dúvida, afetada pelo sexo de seu corpo na forma de condicionamentos e influências sociais, esses aspectos são relativamente superficiais. O eu verdadeiro não tem gênero.
Os egípcios da Antiguidade tinham arraigada consciência dessa verdade profunda, mostrada no seguinte trecho de uma conversa encontrada no Livro Egípcio dos Mortos, entre Ísis e seu filho Hórus:
Hórus: Como as almas nascem, masculinas ou femininas?
Ísis: As almas, meu filho Hórus, são iguais por natureza... Não existe ninguém entre elas, seja homem, seja mulher. Essa distinção só existe entre os corpos, e não entre os seres incorpóreos.


SINÔNIMOS DE ALMA

As seguintes palavras e expressões são essencialmente sinônimos da palavra “alma”: Espírito – Ser – Consciência - Anima/animus - Energia vital – Essência – Eu


DIFERENÇAS ENTRE “EU” E “MEU”

As duas palavras mais comuns na maioria das línguas são, provavelmente, eu e meu. Nossos mundos pessoais giram quase exclusivamente ao redor delas. É preciso entender suas implicações mais profundas se quisermos delinear novamente nossos limites.
Normalmente, uso a palavra meu para referir-me a todas as coisas que não são eu — minha mão, meu rosto, minha perna ou até meu cérebro, minha mente, minha personalidade, e assim por diante. Da próxima vez que eu disser minha alma, talvez me lembre de que realmente não posso dizer minha alma, pois eu sou uma alma.
A diferença entre eu e meu é a mesma que entre alma e corpo. O exemplo de uma faca ilustra isso. Posso usá-la para cortar um tomate ou para apunhalar alguém. A faca nem decide nem experimenta, mas pode ser lavada facilmente debaixo de uma torneira. É fácil perceber que a faca é um instrumento, mas é mais difícil perceber que os dedos são um instrumento também, e não apenas os dedos como também os braços. As pernas são instrumentos para andar, os olhos para ver, os ouvidos para ouvir, a boca para falar, respirar e saborear, o coração, para bombear alimento e oxigênio para o corpo, e assim por diante. Mesmo o cérebro é como um computador usado para expressar todos os programas de pensamentos, palavras e ações pelo corpo e para experimentar os resultados. Se cada parte física do corpo é um instrumento, quem ou o que o está usando?
Muito simples: sou eu para si e a palavra meu para se referir ao corpo: minha mão, minha boca, meu cérebro. Eu sou diferente de meu corpo.
Por meio da consciência de meu, expandi-me muito longe — não apenas com relação ao corpo e às faculdades internas, mas com relação às posses e relacionamentos: minha casa, meu carro, meu filho etc.
Com o tempo, todos, todos esses meus que tento agarrar escapam de meus dedos. Percebo sua natureza efêmera e, por falta de alternativas disponíveis, tento me agarrar a elas ainda mais e, assim, desenvolvo apegos e dependências. Enquanto essa identificação persiste, minhas qualidades inatas (isto é, o que é realmente meu) estão fora de alcance. Quando assumo minha verdadeira identidade como um ser espiritual, imediatamente recebo também acesso ao amor, à paz, à felicidade e ao poder que são partes de mim.
Uma lista de todos os fatores que me criam limites provavelmente incluiria itens como idade, sexo, saúde, família, profissão, defeitos e fraquezas. Ao reivindicar direito de posse de tudo isso, por meio da palavra meu, estabeleço os limites dentro dos quais tento operar minha vida. Tendo estabelecido minhas próprias cercas, sempre que a tristeza aparece, um desses fatores torna-se automaticamente o bode expiatório.
Em vez de apontar o dedo numa forma de acusação ou queixa, posso adotar uma abordagem mais positiva. Posso ser mais realista e aceitá-los não como fatores limitantes, mas como instrumentos que podem ajudar-me a melhorar minha experiência de vida. Essa mesma lista pode ser o trampolim de minha transformação e liberdade.
Posso fazer uso total do estado ou da energia da juventude, de acordo com o caso. Posso tirar vantagem das características positivas de meu sexo, mesmo apreciando as características do sexo oposto. Minha família e vida profissional podem ser experimentadas num outro nível mais elevado. Posso descobrir por meio de fraquezas e defeitos o quanto tenho de aprender sobre mim mesmo. O problema não está na lista de fatores, mas na consciência que tenho deles. É uma questão de duas palavras: eu e meu.
(Fim da parte II)

Parte Final na terça-feira, dia 28/10
Extraído de Caminhos para uma Consciência mais Elevada, de Ken O’Donnell, publicado pela Brahma Kumaris Information Services Ltd, (www.bkpublications.com) e pela Editora Brahma Kumaris (http://www.editorabk.org.br).


Apresentação do site da 
ORGANIZAÇÃO BRAHMA KUMARIS
Nós, da Organização Brahma Kumaris, 
reconhecemos a bondade intrínseca de todas as pessoas. Ensinamos um método prático de meditação que ajuda cada um a compreender e a expressar sua força e valores interiores.

Como uma família mundial de indivíduos de todos
os cantos, estamos comprometidos com o crescimento espiritual e a transformação pessoal, acreditando que eles sejam essenciais na criação 
de um mundo pacífico e justo.


Comentário 
UBAV-Brasil
A filosofia Brahma Kumaris integra o corpo e a alma, tornando-nos seres em perfeita sintonia com o meio em que vivemos. O exercício da meditação faz com que seus seguidores sejam pessoas de luz , capazes de transmitir a paz em suas atitudes. É sempre um grande prazer falar de uma organização espiritual com a qualidade da Brahma Kumaris.
"Ano que vem, com a ajuda de Deus, irei à Índia e terei o prazer de conhecer a sede da Organização Brahma Kumaris, em Madhuban."

(imagem do site www.viagensculturais.wordpress.com)

Madhuban é um local onde milhares de estudantes BKs, de mais de 100 países, se reúnem para aprofundar a sua prática de meditação. A espiritualidade da atmosfera sutil e limpa de Madhuban inspira as pessoas a terem experiências profundas. Um praticante de Meditação Raja Yoga não necessita de fazer mudanças radicais no seu estilo de vida ou de deixar a sua casa e a família. Contudo, o desfrutar de algumas semanas em Madhuban, longe das responsabilidades mundanas, ajuda muito no crescimento espiritual dos praticantes.
  (Comentário de Neo Cirne)

Tim-Tim!

CONFÚCIO... DE CONFUSO ELE NÃO TINHA NADA - Curiosidade - Por Neo Cirne

Olá amigos, hoje falaremos de um grande mestre chinês que criou uma escola filosófica cujos conceitos atravessaram mais de 25 séculos e continuam atuais. Falo de Confúcio, um homem que de confuso não tinha nada. Por que uso esta expressão? Porque ouvi uma pessoa dizendo que o organizador do Campeonato Brasileiro de Futebol era um cara muito confúcio!!! 
Ao contrário do Mestre Confúcio, que era um grande homem, equilibrado e conselheiro dos reis, por isso ele é o nosso homenageado do dia. 

Vamos mostrar uma síntese biográfica do grande pensador do oriente. Complementaremos a matéria do dia com duas pequenas histórias atribuídas a Confúcio, escritas por Paulo Coelho no UOL.
Hoje, inclusive, a frase do dia, pertence ao nosso homenageado: 

“A preguiça anda tão devagar que a pobreza facilmente a encontra”.

Confúcio, um grande mestre... Vamos conhecê-lo?


Confúcio (Kung-fu-tzu)

SÍNTESE BIOGRÁFICA

Pouco se sabe acerca de Confúcio (Kung-fu-tzu). O sábio terá nascido em 551 a.C., no antigo principado de Lu, na moderna Xantum, descendente do clã dos Kong. Sabe-se que a família era de origem nobre, mas por circunstâncias desconhecidas a sua família era bastante humilde. Nessa época o regime imperial entrava em decadência.

Conhecido como um jovem educado, cortês e justo. Viajou muito e estudou durante vários anos na capital imperial de Zhou, onde teve oportunidade de conhecer Lao Zi, o fundador do Daoismo.

Casou-se aos 19 anos e ainda jovem, entrou para a administração estatal de Lu, alcançando o cargo de ministro da justiça. Deixou o cargo por não concordar com algumas das práticas, pois estava cansado das intrigas da Corte. Confúcio troca a vida política pelo ensino, tornou-se famoso como professor. Com a idade de 35 anos, viu a sua carreira de professor interrompida por uma prolongada e sangrenta guerra, conduzida pelo Duque Chao do estado de Lu. Terá sido durante esse período que Confúcio foi chamado a exercer funções políticas, por um breve período, como conselheiro político do Duque Chao. 

Confúcio começou a divulgar seus ensinamentos com a idade de 50 anos. Empreendeu longas viagens. Viajando e conversando, atraiu muitos discípulos, impressionados com sua sabedoria e a elevação de seu caráter. Suas ideias expandiram-se pelo país e logo por toda a China. Durante as suas viagens é preso e vê-se envolvido em lutas de senhores da guerra rivais. Viajou mais de dez anos por vários estados da China Imperial, servindo como conselheiro político. Após longa peregrinação, aos 69 anos, Confúcio retornou a sua terra natal, Lu, passando o resto dos seus dias a ensinar e a escrever.

A partir da dinastia Han (206 a.C. - 220 d.C.), diversos governantes passaram a se inspirar nas ideias de Confúcio, para a organização da sociedade. O filósofo, porém, não deixou uma obra escrita sua: através de seus discípulos suas meditações foram recolhidas.

Durante a dinastia Han foram compilados os chamados clássicos de Confúcio. Entre eles estão vários livros importantes da tradição cultural da China, como o "I-King" ou "I-Ching", "O Livro das Mutações", o "Chu-King", "O Cânone da História", o "Chi-King", "O Livro das Canções" e o "Li-King", "O Livro dos Rituais".


O Templo de Confúcio, na cidade de Qufu, atual província de Xantung, tornou-se, através dos séculos, local de veneração. Sua filosofia ainda exerce imensa influência sobre o pensamento e a mentalidade chinesa nos dias de hoje. Confúcio é, ainda hoje, o mais influente filósofo chinês. Os adeptos de Confúcio estão espalhados por Taiwan, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Malásia e República Popular da China. Estima-se em mais de 400 milhões o número dos seus seguidores.
Confúcio nasceu em 551 a.C. e terá morrido em 479 a.C. Viveu, portanto, 72 anos.


Duas histórias de Confúcio

Por Paulo Coelho 

Como nivelar o mundo

Confúcio viajava com seus discípulos quando soube que, numa aldeia, vivia um menino muito inteligente. Confúcio foi até lá conversar com ele e, brincando, perguntou:
Que tal se você me ajudasse a acabar com as desigualdades? Por que acabar com as desigualdades? Disse o menino. E completou: Se achatarmos as montanhas, os pássaros não terão mais abrigo. Se acabarmos com a profundidade dos rios e dos mares, todos os peixes morrerão. Se o chefe da aldeia tiver a mesma autoridade que o louco, ninguém se entenderá direito. O mundo é muito vasto, deixe-o com suas diferenças.

Os discípulos saíram de lá impressionados com a sabedoria do menino. Quando já se encaminhavam para outra cidade, um deles comentou que todas as crianças deveriam ser assim.

Conheci muitas crianças que, em vez de estar brincando e fazendo coisas de sua idade, procuravam entender o mundo, disse Confúcio. E nenhuma dessas crianças precoces conseguiu fazer algo importante mais tarde, porque jamais experimentaram a inocência e a sadia irresponsabilidade da infância.


Outra história...

A importância de saber os nomes

Perguntaram a Confúcio: Se o Rei Wen o chamasse para governar o país, qual seria a primeira providência? Aprender os nomes de meus assessores, respondeu.
- Que bobagem. Isso é a grande preocupação de um primeiro-ministro?
- Um homem nunca pode receber ajuda do que não conhece, respondeu Confúcio. E completou: se ele não entender a natureza, não compreenderá Deus. Da mesma maneira, se não sabe quem está do seu lado, não terá amigos. Sem amigos, não pode estabelecer um plano. Sem um plano, não consegue dirigir ninguém. Sem direção, o país mergulha no escuro, e nem os dançarinos sabem decidir com que pé eles devem dar o próximo passo.
Então, uma providência aparentemente banal - saber o nome de quem vai estar do seu lado - pode fazer uma diferença gigantesca. O mal do nosso tempo é que todo mundo quer consertar tudo de uma vez só, e ninguém se lembra de que precisa de muita gente para fazer isso.




CINCO CONSELHOS DE CONFÚCIO

  • Se não sabes, aprende; se já sabes, ensina.
  • O mestre disse: Por natureza, os homens são próximos; a educação é que os afasta.
  • Aprender sem pensar é tempo perdido.
  • Para onde quer que vá, vai todo, leva junto teu coração.
  • Mil dias não bastam para aprender o bem; mas para aprender o mal, uma hora é demais.


Tim-Tim!


Fonte de consulta: 
http://www1.folha.uol.com.br/
http://www.pensador.uol.com.br


Imagens da Web
templo: wikipédia.org

"ALÔ BRASIL!... AQUELE ABRAÇO!" - Comentário de Neo Cirne

Alô Brasil! Vivemos um momento muito especial e de grande expectativa. O momento de elegermos o futuro presidente do país. Uma coisa importante tem "saltado aos olhos" dos eleitores é a total incoerência das previsões dos institutos de pesquisa. Além de serem "obscuros indicativos", pois são sempre "contratados" por um veículo de comunicação ou uma associação que, pode ter ou não, a intenção de favorecer um dos candidatos. Vale tudo nesta hora, até mentir. Não se deixe iludir com números que não merecem crédito. Deveria ser proibido qualquer tipo de pesquisa no período eleitoral.



O povo é induzido a exercer o voto útil, acreditando que votando em que estiver na frente da pesquisa faz com que ele também se sinta um vencedor, uma bobagem! Não pertencemos a uma torcida e sim a uma nação linda e que precisa de pessoas sérias no seu comando. Nada assegura que este ou aquele candidato que esteja na frente seja o mais bem intencionado ou o dono da verdade. 

Sei que durante toda a minha vida, eu nunca fui procurado por um instituto de pesquisa para dar a minha opinião de voto com relação a qualquer uma das mais de 20 eleições que votei. Interessante é que os meus amigos dizem a mesma coisa. Fico até pensando: "Baseado em que uma pesquisa de 2 mil pessoas estes institutos podem avaliar a tendência de quase 200 milhões de pessoas? É muito difícil.

A verdade é que eles, mais uma vez, erraram feio no 1º Turno para presidente e em muitas disputas para governador. Acertar o resultado de uma eleição passa a ser tão difícil quanto uma loteria. Volto a dizer que eu não acredito em pesquisa de eleições. Votem de acordo com seus desejos e esqueçam estas pesquisas que atrapalham mais do que ajudam. 


Aqueles candidatos que já estão no poder e que pretendem se reeleger para presidente ou para governador, nós já conhecemos bem. Sabemos de suas falhas, origem, qualidades, características e tendências. Os outros, mais novatos, que aspiram ganhar uma eleição, nós os conhecemos também através de seus programas partidários, atuação social e atividades legislativas anteriores, caso tenham. 

Assim, só me cabe pedir aos meus amigos que votem com o coração, pensando no país e respeitando o resultado das urnas de maneira democrática, pois a voz do povo é a voz de Deus. 

Eu discordo um pouco desta afirmativa de que "A voz do povo é a voz de Deus", acho que ela só vale quando todos têm emprego e salário justo. Para um povo carente precisamos fazer com que ele se sinta útil e não um dependente de esmolas. A base da pirâmide social, é composta pela classe mais pobre, esta porém necessita sentir que é capaz de subir na vida de maneira honrada, sendo capaz de conquistar uma situação melhor na manutenção de sua família.

As pessoas que compõem a base social não podem ficar inertes e acostumados com as esmolas que recebem, assim teremos um país de miseráveis e ao invés de crescermos, caminharemos em sentido contrário, no caminho da pobreza disfarçada. 

Ricos e pobres existem em qualquer tipo de regime, em qualquer parte do mundo, faz parte de uma pirâmide social. Melhorar o "Índice de Progresso Social" (IPS), que na última avaliação mostrou o Brasil em 46º lugar entre 132 países, deve ser o interesse de todo governante. Ainda bem, que os dois candidatos à presidência do país, têm dito que possuem os olhos voltados para a melhoria da educação e da qualidade de vida da população brasileira. Vamos ver! 


Será uma bonita disputa eleitoral, que poderemos comparar a um grande clássico de futebol, onde as torcidas apaixonadas tremularão suas bandeiras e saberão ganhar ou perder. Sem perderem a classe e evitando hostilidade com os adversários. Respeitar o resultado das urnas, este é o lema democrático. Este é um jogo não se pode ganhar no "tapetão" ou "no grito".



O resultado definirá se chegou a hora de mudar o rumo desta nação ou se desejamos que ela permaneça da forma que está. Será que ela está bem? Nos itens segurança, educação, saúde, transparência, corrupção, cidadania e justiça... Está tudo bem? O governo atual merece continuar? Como você o classifica? Se você, meu amigo leitor, não tem uma boquinha no governo atual, não é um dos milhares de funcionários comissionados e mesmo assim, acha que ele merece continuar, no domingo, dia 26/10, você poderá votar nele, tranquilamente e manifestando a sua vontade. Isto é democracia!

Caso você pense ao contrário e não está satisfeito com o que tem visto por aí, dê uma chance para a mudança. Uma transição, quem sabe, poderá ser melhor para o país. O resultado desta eleição será decidida por você! 



Boa votação e que o Brasil saia vencedor e que, seja qual for o resultado, preservemos a Constituição Brasileira, ela é a garantia do nosso povo e precisa ser respeitada. 

Neo Cirne

Alô Brasil! ... Aquele abraço!


Tim-Tim!

"TAL PAI... TAL FILHO" - O Jeito errado de Educar - O comentário mensal de Sueli Santos


- O Jeito errado de Educar -

Olá meus queridos, bom dia! Para vocês que apreciam a nossa coluna “Tal Pai ... Tal Filho”, um super- Bom dia! 

Recebi este texto de uma amiga e achei excelente compartilhar com vocês. Como os pais, em nome do amor, às vezes, cometem falhas na educação dos filhos, Sherrie Campbell, PhD em Psicologia Clínica, criou uma lista de 8 (oito) coisas que os pais fazem para seus filhos (mesmo que sem maldade) e que podem influenciar e estimular o aparecimento de sérios problemas emocionais no futuro da criança. Leiam e vejam se concordam.
Bom dia a todos!
Sueli Santos
O Jeito errado de Educar


OITO ATITUDES QUE INFLUENCIAM NO FUTURO DAS CRIANÇAS

1 – “Ignore e/ou minimize os sentimentos dos seus filhos” (errado).
Se o seu filho estiver triste, ou com raiva, ou com medo, não tire sarro dele, não o humilhe, não minimize o que ele está sentindo, não diga apenas que o que ele está sentindo é errado. Quando os pais fazem isso sem dar amor, eles perdem a oportunidade de se conectar emocionalmente com seus filhos mostrando que os amam incondicionalmente.


2 – “Crie regras inconsistentes”. (errado)

Se você nunca falar para seus filhos o que você espera que eles façam, eles nunca saberão como devem se comportar. As crianças vivem tentando corresponder as expectativas dos pais. Regras são úteis para que as crianças tenham algo para se basear na vida quanto ao comportamento. Se você deixar seus filhos sem o mínimo de regras, ou der regras inconsistentes e variáveis, eles terão que descobrir sozinhos, ou acabarão perdendo o valor das regras e terão problemas de comportamento.


3 – “Faça do seu filho o seu amigo”. (errado)

Nunca compartilhe todos seus problemas, se você agir como como indefeso ou derrotado eles nunca aprenderão a te respeitar e te tratarão como iguais ou inferiores. Você pode compartilhar seus problemas, mas deve mostrar que mesmo caindo você consegue se levantar e resolver tudo, que tem coragem de encarar os problemas, e que consegue resolvê-los sem pedir ajuda para eles.


4 – “Humilhe o seu parceiro” (errado)

Se você humilhar e nunca mostrar afeição ou amor ao seu parceiro diante do seu filho, ele nunca saberá bem o que é amor. Se você está sempre colocando-o pra baixo e está o rejeitando, ameaçando divórcio, você está criando um ambiente de estado crônico de ansiedade. Mesmo se você já estiver divorciado, não trate o ex-parceiro de forma fria, distante, ou tensa, se fizer isso você manda ao seu filho uma mensagem confusa e ele não confiará em ambos. Isso se chama alienação parental.


5 – “Puna a independência e o distanciamento” (errado)

Quando você pune seus filhos por eles crescerem, você faz com que eles se sintam culpados por algo que é natural, como crescer, ter vontades, desejos. Isso pode fazer com que eles cresçam sem ter abertura com os pais e sem saber como eles realmente são e o que os fazem felizes.


6 – “Trate os seus filhos como uma extensão de você” (errado)

Se você, pai ou mãe, liga sua imagem a do seu filho, por exemplo, se você sente sua imagem afetada por algo que seu filho fez, quanto a aparência dele, a personalidade, a performance em algo, ao comportamento, você demonstrará que o amor que você sente não é por ele, mas pelo o que ele faz que melhora sua imagem como pai (ou mãe). Assim ele nunca saberá o que realmente gosta, e acabará pensando que tudo o que ele fizer não foi bom o suficiente.


7 – “Interfira nos relacionamentos do seu filho” (errado)

Se você direcionar toda atenção que tem a sua criança para seus relacionamentos – sejam esses amigos ou até mesmo professores – você estará inibindo a maturidade dela. Por exemplo, se seu filho tiver algum problema na escola com algum colega ou com algum professor, não corra para resolver isso e tentar livrar seu filho do problema, ele precisa enfrentar isso para saber como se comportar e como se relacionar. Não diga para o seu filho como ser um bom amigo, como ser um bom aluno, como ser um bom namorado. Ele precisa aprender por si só, o que você deve fazer é orientá-lo quando ele pedir ajuda, mas não viva por ele.


8 – “Super-proteja”(errado)

Quando protegemos nossos filhos de todos os problemas e sentimentos, isso infla a autoestima tornando-os narcisistas. Eles esperarão que a vida seja fácil, pensarão que o mundo gira em torno deles. Esperarão que tudo seja feito pra eles independente de como se comportam. Até que, quando crescerem, eles se tornarão confusos e deprimidos por descobrirem o mundo não é como parecia quando tinham os pais ao seu redor.


Fonte da Matéria: 
Pepperoni – Inspirando conhecimento! Tradutor e responsável pela matéria original Lúcio Flávio



Vamos repensar a forma com que estamos educando nossos filhos?



Tim-Tim! Um Brinde À Vida!


Sueli Pereira dos Santos CRT 25.188

Terapeuta Sistêmica (Familia, individual e casal) – Psicopedagoga clínica – Letras - Psicomotricidade e Desenvolvimento Humano – Distúrbios/Transtornos de Aprendizagem – Aprendizagem e Psicopedagogia - Bioenergia - Dinâmicas de Grupo - Educação e Psicologia Social/clinica – Leitura corporal  -  - Belo Horizonte - 





"PALAVRAS ILUMINADAS" - (QUINTA-23/10) - A Mensagem positiva de Frei Jaime Bettega OFMcap


Bom Dia!

O caminho é longo... Vamos em frente! Não está só quem tem fé!
“Foca no lado bom e rema”



A vida tem muitos lados. É possível captar a existência, a partir de outros pontos de vista. Nada é estanque. Pelo contrário, tudo é muito dinâmico.

Num determinado momento, apesar de muitas alternativas, é necessário focar. Feliz de quem foca no lado bom e rema. As lamentações podem ocupar o imaginário. Mas não ajudam em nada.

Mesmo que algumas alterações estejam causando desconforto emocional, há muita coisa positiva acontecendo. Descobrir o lado bom de tudo o que se sucede é questão de inteligência. Elencar somente o negativo, nos seus mínimos detalhes, em nada ajuda. Há tempo, a humanidade tem focado somente as tragédias e desencontros.

A linguagem de muitas pessoas é apenas sobre o que não deu certo. Relatos e mais relatos, com temáticas repetitivas. Evidente que muita coisa não está bem. Mas tem o lado bom.

É necessário captar com o olhar da esperança. O lado bom pode não ser volumoso, mas é o suficiente para fazer a vida valer a pena. Interessante: quem se acostuma ver o lado bom de cada acontecimento e fato, imprime um outro ritmo à vida.

A esperança começa a impactar, o sorriso retorna, o amor se concretiza. A liberdade é para todos. As escolhas não são imposições. Não abrir mão do lado bom e remar, é quase um privilégio.

É uma atitude criativa. Remar, remar. Um dia se chega lá.

Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraços!




Frei Jaime Bettega é o pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Caxias do Sul, linda cidade da serra gaúcha. Vale a pena vocês conhecerem esta joia do belo Estado do Rio Grande do Sul. Aproveitem para visitar a Paróquia Imaculada Conceição e receberem as bênçãos de Deus, através de Frei Jaime Bettega.

Sua palavra vai ao ar diariamente no seu Facebook e está presente na grade de nossa programação, sempre as terças, quintas, sábados e domingos. É um prazer retransmitir as palavras de Frei Jaime Bettega. Bom Dia!

Frei Jaime Bettega OFMcap

Curta essa Ideia

~~~0~~~
Chegamos à curtida número 800 - Valeu gente!
Sortearemos uma camisetinha de UBAV-Brasil e uma Caixa de Som AM/FM com entrada USB para reproduzir suas músicas - Quem será o ganhador? Estes são os 10 amigos selecionados em sorteio prévio para concorrerem à premiação de UBAV.
O sorteio da Loteria Federal, de hoje, dia 18, definiu a ganhadora da premiação.

(Será ganhador aquele cujo seu número corresponder à unidade simples do 1º prêmio)

RESULTADO DO 1ºPRÊMIO DA FEDERAL: 21244

1 - GABRIELA BASE
2 - ERINALDA MARIA DO CARMO
3 - ELIANE LILI
4 - MARIELE ANDRIOLI - * GANHADORA
5 - AMANDA MAITO LONGO
6 - FERNANDA KNOTH WEBER
7 - DANIEL ROSSO
8 - MARCELA MIRANDA
9 - ROBERTA GNATTA
0 - ÂNGELA HENZ

* A GANHADORA DEVERÁ MANDAR UM E-MAIL PARA UBAV-BRASIL INFORMANDO ENDEREÇO PARA A COORDENAÇÃO ENVIAR SEU PRÊMIO.

PARABÉNS! MARIELE ANDRIOLI

A cada 100 curtidas sorteamos um brinde entre os amigos do Facebook - Fique de olho!
Novo rumo: Agora às 900 curtidas! Tim-Tim!

Divulgue na Rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More